Câmara de Viana vai tansformar praça de touros em pavilhão desportivo

José Natal

-

A antiga praça de touros de Viana do Castelo vai ser transformada em pavilhão desportivo, seis anos depois de ter sido desactivada quando a cidade se declarou anti-touradas.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o socialista José Maria Costa, o objectivo da autarquia passa por transformar a antiga arena num espaço polivalente para a prática de várias modalidades, em simultâneo, como ginástica, esgrima, patinagem artística e hóquei em patins e basquetebol.

A praça foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espectáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d’Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008.

A praça está encerrada desde 2009, ano em que Viana se declarou cidade anti-touradas.

Chegaram a ser avançadas várias hipóteses para o imóvel, como um centro de Ciência Viva, um Centro de Mar – entretanto instalado a bordo do antigo navio hospital Gil Eannes – e um espaço de restauração e actividades náuticas. Até hoje não foi dada qualquer utilização pública ao equipamento.

Agora, a “vontade clara” da autarquia de dar resposta à “falta de condições físicas com que se debate a Escola Desportiva de Viana” está na origem da transformar o espaço num pavilhão desportivo.

“Conversámos com os dirigentes da EDV e estudámos várias alternativas. Pareceu-nos que a antiga praça de touros é um espaço interessante para estas funções”, sustentou.

Questionado pela Lusa, o autarca afirmou ser prematuro falar do montante do investimento, adiantando apenas que será um projecto a candidatar ao novo Quadro Comunitário de Apoio (QCA).

Contactado pela agência Lusa, o presidente da EDV, Rui Jorge Silva, manifestou “satisfação”, sublinhando que, “pela primeira vez em 39 anos de existência, o clube começa a ver alguma luz ao fundo do túnel”, no que diz respeito a instalações próprias.

Actualmente, acrescentou Rui Jorge Silva, o clube, com 1.300 atletas, “cresceu até ao limite”, pelo que defendeu a necessidade do espaço da antiga arena da praça de touros, com uma área de 3.800 metros quadrados e cerca de 65 metros de diâmetro, “ser rentabilizada, permitindo a prática de várias modalidades em simultâneo”.

Para o exterior do edifício, situado no parque da cidade, é proposta a criação de estruturas que permitam a prática desportiva ao ar livre.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vigarisse do pseudo representante do povo de Viana, porque razão não realiza um referendo perguntando á população de Viana o que pretende para aquele local incluindo continuar como praça de touros?

  2. Referendo? Essa teve muita piada! Quando tivemos o referendo sobre o aborto, 60% dos Vianenses não quiseram saber vão mesmo sair de casa para votar sobre o destino da Praça de Touros!
    Finalmente vão dar uso a um espaço que neste momento não serve para rigorosamente nada. Estava na altura de aproveitarem aquelas instalações para algo que efectivamente útil para a sociedade Vianense.

  3. Eu adoro ler estes comentários que não são nada tendenciosos; transpiram democracia e respeito pela opinião alheia……Assim não admira termos os governantes que temos;….Afinal eles emergem do povo e são feitos da mesma massa do povo que somos.
    Sugestão: – Porquê não convidarmos uns Marcianitos ou outros de outro planeta para nos governar. É que se não for assim gastamos uma pipa de massa em eleições para nada, pois estamos condenados a continuarmos sempre na mesma.

  4. Os meus mais sinceros parabéns, à cidade e ao movimento.
    Não é que seja propriamente anti-touradas, mas sou contra os maus tratos dos touros. Se fossem só “trabalhados”, sem agressões físicas, somente pela arte da dupla, cavaleiro/cavalo, do toureiro apeado, não só pela arte pela arte como também pela valentia, bem como pelos “forcados” com a sua valentia. Assim eu seria a favor da touradas, agora tal como se pratica, NÃO.
    A crueldade é muita e apesar de se invocar a tradição, não é razão para que se não entenda que já não estamos na pré-história..
    Parabéns Viana do Castelo
    .

  5. Os animais necessitam de ser protegidos, visto existirem alguns facínoras que pensando serem racionais, são piores que “alguns” bichos. Quanto ás touradas, acho que já existe uma perseguição e não uma contestação. Mas na minha mais sincera opinião, enquanto houverem seres humanos a serem pior tratados que animais, temos antes de tudo e mais nada, protege-los. Depois disso, então iremos aos animais. Conheço algumas pessoas que se dizem “protetoras” de animais, e são intragáveis, quer pessoalmente quer para com os outros, ou sejam, fingidas.

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …

Erro no IRS de 2015. Contribuintes podem contestar nova liquidação

O novo apuramento do imposto abrange cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 milhões de euros. A Autoridade Tributária e Aduaneira já enviou uma carta aos contribuintes cuja liquidação do IRS relativo a 2015 …

Jesus vai receber título de cidadão honorário do Rio de Janeiro

O técnico português do Flamengo será condecorado, na próxima segunda-feira, com o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. A distinção a ser entregue pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro foi anunciada num cartaz …

Governo compromete-se a concluir processo de regularização dos precários

O Governo comprometeu-se com a conclusão, no início da legislatura, do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), mas sem avançar uma data concreta. O debate temático sobre o PREVPAP, que decorreu …

Camboja acaba com passeios turísticos de elefante em Angkor

Os passeios de elefante, que são umas das principais atrações turísticas pelas áreas dos templos de Angkor, no Camboja, deixarão de o ser em 2020. Em 2016, uma elefante fêmea morreu por insuficiência cardíaca depois de …

MPLA afasta "Tchizé" dos Santos do comité central e suspende-a por dois anos

O Bureau Político do MPLA aprovou, esta quinta-feira, o afastamento de Welwitschia 'Tchizé' dos Santos de membro do comité central do partido no poder em Angola e a suspensão por dois anos da condição de …

Coldplay adiam divulgação de álbum. Querem uma digressão mais "respeitadora do ambiente"

O líder dos Coldplay anunciou na quinta-feira que o grupo musical britânico adiou a digressão de apresentação do seu novo álbum, que é publicado esta sexta-feira, para ser o mais limpa possível e ter um …

Vila Galé já estuda novo resort na região do Brasil onde abandonou projeto

O Vila Galé vai mesmo avançar com uma nova unidade hoteleira na mesma região do Brasil onde decidiu abandonar o projeto que tinha, depois das críticas de que ia investir em potencial zona de reserva …

França ultrapassa Alemanha. É o pais europeu com mais pedidos de asilo

França tornou-se no país europeu com mais pedidos de asilo, pela primeira vez desde o início da crise migratória em 2015, afirmou esta quinta-feira em Paris o ministro do Interior. “A França tornou-se desde 20 de …

Procurador-geral admite que suicídio de Epstein foi resultado de vários erros

O procurador-geral dos EUA disse, esta sexta-feira, que a morte de Jeffrey Epstein, que se suicidou atrás das grades, foi o resultado de "uma tempestade perfeita de asneiras". Em entrevista à Associated Press, William Barr confessou …