Câmara de Lisboa perdoa 1,8 milhões de euros ao Benfica

Celine Aussourd / Flickr

-

A Câmara de Lisboa aprovou esta quinta-feira a isenção do pagamento de taxas urbanísticas de cerca de 1,8 milhões de euros por intervenções a realizar junto ao Estádio da Luz, o que gerou críticas da oposição.

A proposta, que prevê a isenção em obras de ampliação a realizar no lote 14 da Avenida General Norton de Matos, por parte da Benfica Estádio-Construção e Gestão de Estádios, SA, foi aprovada com os votos contra da oposição no executivo municipal (de maioria socialista) – PSD, CDS-PP e PCP – e de uma vereadora do movimento Cidadãos por Lisboa (eleita nas listas do PS).

O vereador António Prôa, do PSD, explicou à Lusa que o valor das isenções (de cerca de 1,8 milhões) diz respeito a intervenções em áreas desportivas e em áreas complementares à atividade desportiva, como é o caso das instalações da Benfica TV e de restaurantes que existem no estádio.

“No presente momento, os lisboetas e os portugueses não compreendem que se isente o pagamento de taxas para atividades que não são de interesse público e que não têm a ver com a vocação da instituição”, sustentou.

Já o vereador centrista, João Gonçalves Pereira, referiu que estas isenções “não fazem sentido”. Isto porque, a seu ver, seria compreensível “isentar [o clube] para fazer o edifício do museu, mas quando se trata de atividades que são comerciais isso não deve acontecer”.

De acordo com a proposta assinada pelo vereador do Urbanismo, Manuel Salgado, a empresa Benfica Estádio-Construção e Gestão de Estádios, S.A submeteu, em abril do ano passado, um pedido de alteração da licença da operação de loteamento do Estádio da Luz, que visa “a ampliação/regularização de um conjunto de construções e respetivos usos e dos espaços exteriores de uso público na envolvente do estádio, nomeadamente do estacionamento de superfície”.

Por isso, a empresa solicitou a isenção do pagamento da Taxa Municipal pela Realização de Infraestruturas Urbanísticas (TRIU) nas obras de ampliação, como aconteceu com a “isenção de taxas no âmbito do loteamento inicial”, ao abrigo do protocolo existente entre ambas as entidades.

Esta intervenção implica um aumento da superfície de pavimento em 38.393 metros quadrados, dos quais 34.940 metros quadrados se destinam ao uso de equipamento desportivo e 3.453 metros quadrados ao uso de comércio, lê-se no documento.

O vereador António Prôa esclareceu que, deste valor total, cerca de 27.500 metros quadrados são para licenciar e perto de 10.700 metros quadrados são construção nova.

O Departamento de Planeamento e Reabilitação Urbana (DPRU) do município – que apreciou o pedido – considerou que “os usos propostos a legalizar de terciário/comércio são complementares ao uso de equipamento do complexo desportivo do Estádio da Luz”.

A parte da proposta que se refere à regularização de obras já feitas teve o voto favorável de todas as forças políticas, à exceção do PCP.

O vereador comunista Carlos Moura indicou à Lusa que o objetivo é legalizar “construções contíguas ao estádio do Benfica que foram realizadas sem licenciamento e sem fiscalização da Câmara”.

Porém, para o vereador, “não devem existir obras que não são licenciadas”, situação que classificou como “muito bizarra”.

ZAP / Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. É vergonhoso que também esta câmara municipal esteja a despedir funcionários e alimente estas instituições que pouca utilidade têm e por vezes pouca honestidade tributária, perdoando-lhes impostos. Deveras lamentável e os responsáveis devriam ser investigados pela PGR.

    • António Costa, com esta gestão, repete os passos dos demagogos, dos corruptos, das negociatas, do modus operandi de todos aqueles que transformam a política num pântano. Este é o negócio do ano de eleições. Não há decência neste país?

      • Há decência sim, mas a decência não ganha eleições nem convive com o futebol…
        Manuela Ferreira Leite já deveria ter uma estátua fora do estádio depois de em 2002 ter perdoado o incumprimento e não ter fechado a porta daquela instituição.
        Na altura, Manuel Vilarinho andava aos abraços com o Durão Barroso que mais tarde foi ao galinheiro para agradecer a eleição e como adepto e PM receber uma ovação… mas foi vaiado!!!
        Agora, A. Costa estudante da mesma cartilha, usa a receita para comprar o voto aos incontáveis alienados e ignorantes que desfilam entre os 6 M(?) de adeptos SLB
        Povo manso é povo escravo e “este” só é bravo para matar os adeptos adversários, orgulhando-se de lhes lançar very-lights, sem que alguém ou alguma voz responsável se faça ouvir a reprovar tais condutas…. bem pelo contrário!
        Perante tais factos e de forma incompreensível catalogam a indignação alheia como “folclore”.
        Ora quando um clube toma uma posição destas, é natural que os profissionais da política venham imediatamente a seguir colher dividendos da acefalia que grassa entre as legiões de seguidores.
        Um povo reles, tal como um povo evoluído, têm uma coisa em comum – tem políticos que são o reflexo da sua mentalidade e carácter

  2. Pergunto:
    É legal?????
    Parte deste imposto vai para o estado, certo, já não é 100%camarário? Ou é??
    É que como por 100 euros/ano, ultrapasso o valor dado pelo estado eu tenho de pagar o IMI da minha casa e estes senhores são perdoados?????!!!!

    Assim realmente anda o Povo a sustentar uns 20 administradores.

  3. Esta gente tem sacado, ao longo dos anos, milhões do erário público em casos já tornados públicos, muitos milhões de forma pouco clara, os quais deviam ser investigados por quem de direito porque, se calhar, muitos enchem os bolsos à custa do contribuinte.

RESPONDER

"Os pássaros não são estúpidos". Secretário de Estado desvaloriza críticas a aeroporto do Montijo

Os ambientalistas têm alertado que dezenas de milhares de aves de médio e grande porte cruzam-se na zona de proteção especial do estuário do Tejo, junto ao local onde será construído o novo aeroporto do …

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …