A Califórnia poderá partir-se em 3 (e vai a votos para o decidir)

sasha / Unsplash

O norte da Califórnia poderá tornar-se na Califórnia do Norte

Em novembro, os eleitores da Califórnia vão ser chamados às urnas para decidir se o Estado se deve dividir em 3. Uma iniciativa popular garantiu o número de assinaturas necessárias para tornar a proposta elegível.

Se os eleitores assim decidirem, em alguns anos, a Califórnia poderá dividir-se em 3 estados: Califórnia, Califórnia do Norte e Califórnia do Sul.

A proposta apresentada em setembro do ano passado através do sistema radical da democracia direta californiana, argumenta que o Estado tem seis vezes mais população que a média dos EUA (39 milhões de habitantes), sendo também duas vezes maior que a média (um pouco menos que o território da Espanha), segundo o El País.

Acrescentando que o Estado é dotado de “enormes e diversificadas economias que incluem agricultura, energia, tecnologia e entretenimento”. A atual representação política não é suficiente para responder a esta população e economia e, por isso, o Estado da Califórnia é “ingovernável“.

De acordo com a BBC, a proposta partiu do multimilionário Timothy Draper, que terá conseguido reunir mais de 400 mil assinaturas, tornando-a elegível.

Já em 2014, o investidor de capitais de risco de Silicon Valley tinha apresentado sem sucesso uma proposta para dividir a Califórnia em 6 estados. Na época, Draper não terá conseguido o número de assinaturas necessárias. Para levar uma proposta a votação é necessário recolher um número de assinaturas equivalantes a 5% dos votos conseguidos pelo governador na última eleição.

Caso a iniciativa seja aprovada, o executivo solicitará ao Congresso dos EUA que divida a Califórnia em 3 estados. O estado chamado de “Califórnia” compreenderia 6 condados entre a costa de Los Angeles e Monterrey. Já a “Califórnia do Norte” abrangeria San José, San Francisco e toda a região que resta a norte, com 40 condados. Por último, a “Califórnia do Sul” estenderia-se a todo o interior, de Fresno a San Diego, contabilizando 12 condados.

Após a divisão, os “novos” estados seriam o oitavo, o quinto e o quarto com mais população, respetivamente, tendo entre 12 a 14 milhões de habitantes cada.

O documento apresentado assinala ainda que os cidadãos de um estado tão grande ficariam melhor servidos por três governos estatais mais pequenos, que preservariam as fronteiras das cidades e das vilas.

Esta proposta pode ainda coincidir como uma outra apresentada que pede a realização de um referendo para a independência da Califórnia.

Dividir a Califórnia significa dividir a sexta maior economia do mundo que, caso fosse um país independente, ultrapassaria o produto interno bruto da França, Índia, Itália e Brasil, nota o Merca 2.0.

A última vez que uma proposta deste género chegou às urnas nos EUA foi há 150 anos e, caso seja aprovada, será a primeira divisão estadual desde 1863, quando a Virgínia Ocidental se separou da Virgínia.

A divisão da Califórnia depende da aprovação do Congresso para passar de apenas um sonho. No entanto, os cidadãos da Califórnia terão que considerar uma série de decisões difíceis consequentes da divisão, como a separação da Universidade da Califórnia ou os diretos sobre o The California Raisins.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Morreu o homem que impediu os nazis de desenvolver bomba atómica

Joachim Ronneberg, o norueguês que liderou a missão de sabotagem que impediu o desenvolvimento de armas nucleares pelos nazis durante a 2ª Guerra Mundial, morreu na segunda-feira, aos 99 anos. Nascido em 1919, na cidade de …

Vieira da Silva garante que "não há retirada de direitos" mas não esclarece reformas

Ministro do Trabalho e da Segurança Social garantiu que quem começou a trabalhar aos 20 anos vai poder reformar-se sem dupla penalização e os restantes serão abrangidos por um regime transitório que ficou por explicar. Numa …

Costa "é um artista", Passos inexperiente e demissão de Portas foi "inaceitável"

No segundo volume de memórias sobre os anos passados no Palácio de Belém, Cavaco Silva revela os bastidores da formação do Governo de "geringonça". Quinta-feira e outros dias será apresentado na quarta-feira, em Lisboa, pela …

CR7 quebra silêncio sobre caso de violação. É um "homem feliz"

O português Cristiano Ronaldo, futebolista da Juventus, disse nesta segunda-feira estar “feliz” e não quis responder a perguntas sobre o caso de alegada violação de Kathryn Mayorga, no qual afirmou que os advogados “estão confiantes”. “Estou …

OE2019. Governo diz a Bruxelas que está a aplicar a mesma política elogiada na UE

O Governo português respondeu esta segunda-feira à Comissão Europeia que a sua proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) segue a mesma política que é reconhecida como um sucesso pelas próprias instituições europeias, mercados …

PS adia pela 3.ª vez novas regras da habitação. Roseta demite-se em protesto

A coordenadora do grupo de trabalho parlamentar sobre a habitação, Helena Roseta, demitiu-se esta segunda-feira do cargo depois de as votações indiciárias sobre as novas regras da habitação terem sido adiadas pela terceira vez, a …

Presidente do Braga sem dinheiro para dívidas. Até a moradia onde vive é de ex-empregada

O presidente do Sporting de Braga, António Salvador, também empresário da construção civil, não tem bens no seu nome, nem dinheiro, para saldar uma dívida de mais de 400 mil euros. Até a moradia onde …

Exílio ou prisão. Bolsonaro promete “limpeza nunca antes vista” dos opositores

A poucos dias de uma vitória que parece quase garantida, o candidato da extrema-direita Jair Bolsonaro promete "limpar" o país dos "marginais vermelhos". O favorito na segunda volta das presidenciais, Jair Bolsonaro, fez afirmações incendiárias sobre …

Restos mortais de Khashoggi encontrados no jardim da casa do cônsul da Arábia Saudita

Os restos mortais do jornalista saudita Jamal Khashoggi terão sido encontrados esta terça-feira, avança a Sky News, no jardim da casa do cônsul da Arábia Saudita em Istambul. Partes do corpo do jornalista saudita Jamal Khashoggi …

Crowdfunding para financiar greve prolongada. Enfermeiros pedem 300 mil euros

Um grupo de cinco enfermeiros lançou uma campanha de angariação de fundos para apoiar os profissionais de enfermagem que adiram a uma greve prolongada nos blocos operatórios de três hospitais públicos. Os enfermeiros querem juntar 300 …