Cafeína e Xanax. Sacos com sangue doado estão cheios de drogas

Afinal, o sangue dos doadores pode não ser tão puro como se pensava. Cientistas estudaram 18 lotes de sangue e descobriram cafeína em todas as amostras, além de vestígios de remédios para tosse e medicamentos para a ansiedade.

A análise foi feita como parte de um estudo sobre a forma como os suplementos alimentares botânicos e outras drogas podem interagir no corpo, usando espectrometria de massa para identificar a composição química das moléculas nas amostras de sangue.

Os cientistas propuseram-se a identificar os efeitos adversos que os suplementos alimentares podem ter quando se misturam com prescrições existentes. A equipa também descobriu que o estilo de vida causa mudanças que ficam nas amostras quando doamos fluidos corporais.

De acordo com a investigação, cujos resultados foram publicados este mês na revista científica Journal of Pharmaceutical and Biomedical Analysis, gostamos tanto de café, chá, chocolate, refrigerantes e bebidas energéticas que a cafeína está literalmente a correr nas nossas veias.

Porém, isto não é tão problemático como parece. “Do ponto de vista da contaminação, a cafeína não é uma grande preocupação para os pacientes”, disse Luying Chen, farmacologista da Oregon State University, em comunicado. “Mas os outros medicamentos podem ser um problema para os pacientes, além de representar um problema para aqueles como nós que fazem este tipo de pesquisa, porque é difícil obter amostras de sangue limpas”.

Além da cafeína, que apareceu em todas as amostras, 13 das amostras mostraram a presença de alprazolam, o medicamento para a ansiedade vendido sob o nome Xanax. Enquanto isso, oito das amostras tinham traços do medicamento sem prescrição médica para tosse, dextrometorfano.

O número de amostras neste caso não era muito grande, portanto não é uma prova abrangente de que a cafeína se esteja a proliferar através de sacos de sangue doado em todo o mundo. Porém, coloca uma questão interessante sobre o que exatamente pode estar presente no sangue doado.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Isso é na America do capitaliamo selvagem onde a “doação” de sangue é feita por empresas privadas manhosas e é paga!
    Há gente para quem isso é o ganha pão e portanto, vale tudo!…

    • LOL.
      Resposta tão idiota e enviezada. Aqui , por acaso é diferente? Aqui fzem-te um pequeno questionário e pouco mais. Se quiseres mentir vai tudo.

      • Idiota e completamente apalermado é o teu comentário!!
        E nem sequer sabes ler…
        Não sei como é por aí, mas em Portugal a recolha não é feita por empresas privadas manhosas e muito menos é paga!!
        Se não percebes a diferença ainda és mais lerdo…

        • O facto de ser feito por empresas e ser pago não altera em nada o que o David Santos disse. A diferença relevante entre Portugal e os EUA, é que nos EUA fazem-se estes estudos e estas coisas sabem-se. Quem não sabe é como quem não vê.

          E já agora, não é em todos os Estados que a recolha de sangue é paga e feita por empresas. E também não esquecer que há na Europa falta de sangue e compra-se sangue aos EUA. Será que este tipo de exames é feito quando o sangue chega à Europa?

  2. Perdoem a minha ignorância mas se quanto à cafeína diz o estudo que não faz mal, se os tais outros componentes, como o Xanax e derivados e o xarope p/a tosse são VESTÍGIOS, fará assim TANTO MAL?! Se a pessoa precisa da transfusão de sangue, não será pior não a receber, do que ter lá os tais vestígios?! Enfim…

  3. Importa divulgar que a quantidade de cafeína no corpo humano (naturalmente difiunundida por todos tecidos, é eliminada em 50% de 2 em 2 horas*. Portanto se o dador tiver respeitado um período de 8 horas de jejum no que respeita a café, coca-cola ou outras bebidas “energéticas”, ao fim desse tempo terá uma concentração de cafeína de 1/8 da inicial, perfeitamente tolerável para efeitos de transfusão, e ao fim de 10 horas essa concentração será só de 1/16avos da inicial.
    *chama-se a este período “tempo de semi-vida”.
    Mas com os “ansiolíticos” (como o referido alprazolam) é muito diferente (para pior…)!
    O alprazolam tem uma semi-vida de 12 horas, isto só ao fim desse tempo é que o organismo conseguiu eliminar 50% e ao fim de 24 horas o consumidor aida tem 25%! Se tomar um comprimido de 24/24 horas vai aumentando sempre o grau de intoxicação!
    Resta acrescentar que o efeito da intoxicação por estas drogas é tão nocivo e perigoso para a condução como o álcool!
    Há legislação internacional e nacional para regulamentar estes riscos que é ignorada ou negligenciada descaradamente!

  4. Drogas farmacêuticas, na água, no ar, nos alimentos, nos esgotos, na chuva e também claro está no sangue.
    Portugal no bom caminho da extinção.

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …