O seu cão afinal não é “excecionalmente inteligente”

Os cães são frequentemente retratados como animais extremamente inteligentes e capazes, em comparação com outros animais domésticos. Mas será totalmente verdade?

Uma equipa de investigadores da Universidade de Exeter e da Canterbury Christ Church University analisaram mais de 300 estudos científicos sobre as habilidades cognitivas dos cães e de outros animais e descobriram que, em muitos casos, a inteligência dos nossos amigos caninos havia sido retratada de forma exagerada.

“Durante a nossa investigação, pareceu-nos que muitos estudos sobre a cognição canina se destinavam a ‘provar’ o quão inteligentes são os cães”, disse o professor Stephen Lea, da Universidade de Exeter. “Estes animais são frequentemente comparados a chimpazés e sempre que os cães ‘ganham’, essa vitória é adicionada à sua reputação como algo excecional”, explicou.

No entanto, em muitos os casos, a equipa encontrou outras espécies que fazem o mesmo que os cães em determinadas tarefas – e “tão bem quanto eles“, sustentaram os investigadores, citados pelo EurekAlert. O estudo foi recentemente publicado na Learning & Behaviour.

Esta revisão centrou-se na cognição sensorial, cognição física, cognição espacial, cognição social e autoconsciência dos nossos melhores amigos. “Considerando os três grupos (animais domésticos, caçadores sociais e carnívoros), a cognição canina não parece excecional”, disse Britta Osthaus, da Universidade Christ Church de Canterbury.

Os investigadores argumentaram que, para avaliar a cognição do cão, era necessário considerá-lo de três perspetivas diferentes: como carnívoros (uma ordem que inclui animais como cães, lobos, ursos, leões e hienas), como caçadores sociais e como animais domésticos.

Assim, a equipa contrastou vários aspetos da inteligência canina com outras espécies que se encaixavam nestas três categorias. Sim, os cães são especiais, “na medida em que ocupam a interseção entre animais domésticos, caçadores sociais e carnívoros”, afirmou Osthaus.

Contudo, “a sua cognição não é fundamentalmente diferente da das espécies de comparação. Os cães não apresentam qualquer habilidade cognitiva que não possa ser esperada de nenhuma outra espécie.”

O Newsweek destaca que, em relação à aprendizagem associativa – o processo pelo qual as ideias se reforçam mutuamente, podendo ser ligadas umas às outras – a equipa não encontrou provas de que os cães são particularmente especiais.

De igual forma, no que toca à cognição física – a capacidade de um animal operar no mundo dos objetos – os cães não se destacam. O seu desempenho foi considerado equivalente a outros animais de todos os três grupos de comparação.

Todavia, quando se trata de habilidades percetivas, ou cognição sensorial, os cães têm um excelente senso de olfato, mas habilidades semelhantes foram encontradas em alguns outros carnívoros e animais domésticos.

A cognição social, a forma como um animal aprende e interage com os outros, é o domínio em que os cientistas têm mais informações sobre os cães. Embora esteja claro que eles têm uma capacidade impressionante de usar o comportamento de outros animais (em especial humanos) como um sinal, outros carnívoros são ainda melhores nessas tarefas.

“É preciso aceitar que os cães são cães – especiais, mas não excecionais”, apontou Osthaus. “E, portanto, não devemos esperar muito deles ao treiná-los e ao compartilhar as nossas casas com estes animais.”

“Eles são caçadores sociais domesticados e carnívoros, e devemos fornecer-lhes estímulos mentais, exercícios e dietas apropriadas para garantir o seu bem-estar”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Já suspeitava. Há dias esqueci de comprar a ração para o meu cão, e como não tinha tempo, estava de saída para o trabalho, dei-lhe 5 euros para o bicho ir almoçar fora. Qual não foi o meu espanto quando, ao fim do dia, encontrei o animal à porta de casa, com os 5 euros na boca, e nitidamente faminto. Fiquei aflito e entãp verifiquei que o restaurante da frente fechava nesse dia. Conclusão, é muito inteligente, mas não foi capaz de encontrar sozinho outro restaurante, que ficava apenas ao fundo quarteirão.

  2. Creio que as frases estão tiradas do contexto e as interpretações são digamos, distorcidas. Desde logo, conhecem-se poucos animais em que se tenha demonstrado sentimentos de empatia, além dos humanos. Os cães estão entre eles. Já são mais comuns os casos de auto-reconhecimento (teste do espelho), abrangendo antropoides, elefantes, golfinhos e cães, entre alguns outros. Mesmo assim, nenhum canídeo passou o teste, que se saiba. Duas singularidades para os cães!

  3. Estas notícias são claramente encomendadas pelo lobby dos gatos e o ZAP deveria abster-se de ser caixa de ressonância desse grupo de interesses que só quer mal ao mundo.

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …