Burnley quase perdeu antes de jogar (o adversário evitou derrota administrativa)

(dr) Burnley Football Club

O treinador do Burnley, Sean Dyche

Pela segunda vez em toda a sua história, o Bournemouth vai estar nos quartos de final da Taça de Inglaterra. Mas há um episódio invulgar para relatar, que aconteceu ainda antes do jogo com o Burnley.

Nesta terça-feira disputaram-se dois jogos dos oitavos de final da Taça de Inglaterra. O Manchester United, com Bruno Fernandes a entrar aos 72 minutos, precisou do prolongamento para derrotar em casa o West Ham por 1-0. O golo foi apontado por Scott McTominay.

Antes, houve um duelo com duas surpresas para contar: uma antes do jogo e outra relacionada diretamente com o jogo. A surpresa maior foi o resultado – o Burnley, equipa da Premier League (embora a lutar para não descer), perdeu em casa por 0-2 contra o Bournemouth, equipa do Championship (a lutar para subir). Sam Surridge marcou na primeira parte e Junior Stanislas fechou o resultado perto de final, numa grande penalidade.

O episódio mais insólito em Turf Moor aconteceu ainda antes de a partida começar. O Bournemouth ganhou no relvado mas poderia ter ganhado sem precisar de jogar: o Burnley iria ter em campo um futebolista que não podia jogar, segundo as regras da competição.

Apesar das várias mudanças que o treinador Sean Dyche realizou na equipa inicial do Burnley, o lateral-esquerdo eleito foi Erik Pieters, titular habitual no Burnley. O problema é que, nas duas eliminatórias anteriores, diante de MK Dons e Fulham, Pieters viu o cartão amarelo. Com dois amarelos no currículo, ficou suspenso e não poderia jogar na ronda seguinte da Taça.

Sean Dyche explicou o que aconteceu: “As regras mudaram nesta época, em relação aos cartões e ao número de jogos na Taça de Inglaterra. Não foi propositado. Foi um simples erro administrativo. Temos pessoas responsáveis por estar de olho nestas situações, mas infelizmente esta escapou-nos, até que alguém descobriu”.

O jornal Daily Mirror relata que esse “alguém” foi… o adversário. Antes do início do jogo, o diretor de comunicação do Bournemouth, Anthony Marshall, avisou os responsáveis do Burnley que Erik Pieters não tinha autorização para jogar.

“Temos que ser justos com o Bournemouth, foram eles que avisaram e mencionaram a situação. Palmas para eles, pelo seu comportamento de cavalheiros“, continuou o treinador do Burnley, que acabou por colocar em campo Anthony Glennon.

A vitória surgiu mesmo dentro de campo e o Bournemouth, apenas pela segunda vez no seu historial, vai estar nos quartos de final da competição.

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

TC recusa impugnação pedida pelo PSD sobre candidato de Castelo Branco. Direção avalia recurso

O Tribunal Constitucional (TC) decidiu que o PSD não tem legitimidade no pedido de anulação de uma deliberação do Conselho de Jurisdição Nacional do partido sobre o candidato autárquico em Castelo Branco, recusando admitir uma …

Orbán vai rejeitar dinheiro do fundo de recuperação se tiver de revogar lei anti-LGBTQI

O primeiro-ministro húngaro assegurou, este sábado, que o país não vai aceitar o dinheiro do fundo de recuperação se tiver de ceder perante Bruxelas e revogar a lei anti-LGBTQI. Segundo a agência Europa Press, Viktor Orbán …

Avaria em rede europeia causou "apagão" parcial em Portugal e falhas no 112

O incêndio que queimou, este sábado, 500 hectares de vegetação no sudoeste de França esteve na origem dos cortes de energia em Espanha e Portugal, segundo a agência francesa Rede de Transmissão de Energia Elétrica …

Um tumor e duas fraturas nas vértebras dificultaram a vida deste dinossauro (mas não o mataram)

Quando foi descoberto na década de 1980, na Argentina, este hadrossauro foi diagnosticado com uma fratura no pé. Porém, uma nova análise agora mostra que este tinha um tumor, bem como duas fraturas nas vértebras …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, capitão de Abril

O capitão de Abril morreu, este domingo, aos 84 anos, no Hospital Militar, confirmou o presidente da Associação 25 de Abril. A notícia foi confirmada ao jornal online Observador pelo presidente da Associação 25 de Abril, …

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …