Buracos negros podem ser “janelas para o futuro”

A matéria que cai no buraco negro pode não desaparecer sem deixar rasto, mas sim ser transportada para o futuro distante do Universo.

“A maior parte dos cientistas acredita que os buracos negros se tornarão janelas para o mundo da física além dos limites das teorias de Einstein. Apesar disso, ainda não sabemos o que está dentro deles e se é possível descrevê-lo num princípio”, escreveram os físicos no artigo publicado na revista Physical Review Letters a 10 de dezembro.

A teoria da relatividade prognostica que, no Universo, podem existir as assim chamadas singularidades — pontos que têm densidade infinitamente alta e qualquer massa. Um caso particular de singularidade são os bem conhecidos buracos negros.

Tais objetos, em conformidade com o princípio da “censura cósmica” de Roger Penrose e Stephen Hawking, não poderão ser vistos, pois serão separados do resto do Universo pelo horizonte de eventos ou ponto de não-retorno. A singularidade está dentro da esfera imaginária de que nem a luz pode sair por causa da gravidade fortíssima do buraco negro.

Este princípio é importante na física, porque a descoberta da “singularidade nua”, mesmo sob forma teórica, significaria que a ciência física atual está incorreta.

Há relativamente pouco tempo, os cientistas descobriram que os buracos negros devem ser obrigatoriamente uma singularidade. No ponto onde deve estar a singularidade pode haver um objeto extremamente denso, não isolado do Universo, mas invisível – um túnel que junta dois espaços diferentes.

Essa ideia incita grandes disputas entre os cientistas, já que não há provas da sua existência. A ausência de uma única teoria da gravidade quântica impede a verificação.

Javier Olmedo, da Universidade da Pensilvânia, EUA, e os seus colegas propuseram mais uma explicação interessante do que pode estar a acontecer dentro de um buraco negro.

Usando uma teoria incomum que descreve o comportamento da matéria ao nível dos quanta – gravidade quântica em loop (LQG) – os cientistas tentaram avaliar a estrutura dos buracos negros e descobriram que a parte central não estaria nem no presente nem no passado, em comparação com o resto do Universo, mas num futuro remoto. Além disso, por dentro, a estrutura parecia um outro objeto exótico — um “buraco branco”.

Os buracos brancos são considerados objetos contrários aos buracos negros clássicos. Não devoram a matéria, mas expelem-na. É impossível penetrar dentro deles, mesmo com movimentos à velocidade da luz.

Segundo os cálculos de Olmedo, os buracos brancos devem representar túneis quânticos que juntam os centros dos buracos negros no passado distante do Universo com o seu futuro. Assim, a matéria que se encontra no buraco negro e atravessa o horizonte de eventos ver-se-á no futuro quase imediatamente graças ao retardamento do tempo.

Os vestígios desse processo podem ser os relâmpagos de ondas de rádio misteriosos descobertos há dez anos, bem como os raios cósmicos de energias extremamente altas que ainda não foram explicados, opinou o cientista Carlo Rovelli.

Segundo os investigadores, isto resolveria o paradoxo de Hawking que fala sobre a perda irrecuperável da informação, segundo o qual os buracos negros podem desaparecer.

ZAP // Sputnik

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Um dia ainda vão descobrir que afinal ressuscitar é possível, enquanto não for cientificamente comprovado ninguém ou poucos acreditam.

  2. Os buracos negros tem outra característica que vai muito além do que estão narrando ele não passa apenas de um falha de percurso que em vez de se tornar estrelas faltou elementos para sua ignição inicial para arder como as estrelas, assim dizendo resumindo eles não deixam de serem estrelas que já nasceram mortas.

  3. Buracos negros, assim como todos os demais elementos espaciais que compõem o mosaico do multiverso, são na sua essência supersimétricos, mantendo este equilíbrio dinâmico, constante e sempre em evolução, observado.

RESPONDER

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …