Buracos negros podem ser “janelas para o futuro”

A matéria que cai no buraco negro pode não desaparecer sem deixar rasto, mas sim ser transportada para o futuro distante do Universo.

“A maior parte dos cientistas acredita que os buracos negros se tornarão janelas para o mundo da física além dos limites das teorias de Einstein. Apesar disso, ainda não sabemos o que está dentro deles e se é possível descrevê-lo num princípio”, escreveram os físicos no artigo publicado na revista Physical Review Letters a 10 de dezembro.

A teoria da relatividade prognostica que, no Universo, podem existir as assim chamadas singularidades — pontos que têm densidade infinitamente alta e qualquer massa. Um caso particular de singularidade são os bem conhecidos buracos negros.

Tais objetos, em conformidade com o princípio da “censura cósmica” de Roger Penrose e Stephen Hawking, não poderão ser vistos, pois serão separados do resto do Universo pelo horizonte de eventos ou ponto de não-retorno. A singularidade está dentro da esfera imaginária de que nem a luz pode sair por causa da gravidade fortíssima do buraco negro.

Este princípio é importante na física, porque a descoberta da “singularidade nua”, mesmo sob forma teórica, significaria que a ciência física atual está incorreta.

Há relativamente pouco tempo, os cientistas descobriram que os buracos negros devem ser obrigatoriamente uma singularidade. No ponto onde deve estar a singularidade pode haver um objeto extremamente denso, não isolado do Universo, mas invisível – um túnel que junta dois espaços diferentes.

Essa ideia incita grandes disputas entre os cientistas, já que não há provas da sua existência. A ausência de uma única teoria da gravidade quântica impede a verificação.

Javier Olmedo, da Universidade da Pensilvânia, EUA, e os seus colegas propuseram mais uma explicação interessante do que pode estar a acontecer dentro de um buraco negro.

Usando uma teoria incomum que descreve o comportamento da matéria ao nível dos quanta – gravidade quântica em loop (LQG) – os cientistas tentaram avaliar a estrutura dos buracos negros e descobriram que a parte central não estaria nem no presente nem no passado, em comparação com o resto do Universo, mas num futuro remoto. Além disso, por dentro, a estrutura parecia um outro objeto exótico — um “buraco branco”.

Os buracos brancos são considerados objetos contrários aos buracos negros clássicos. Não devoram a matéria, mas expelem-na. É impossível penetrar dentro deles, mesmo com movimentos à velocidade da luz.

Segundo os cálculos de Olmedo, os buracos brancos devem representar túneis quânticos que juntam os centros dos buracos negros no passado distante do Universo com o seu futuro. Assim, a matéria que se encontra no buraco negro e atravessa o horizonte de eventos ver-se-á no futuro quase imediatamente graças ao retardamento do tempo.

Os vestígios desse processo podem ser os relâmpagos de ondas de rádio misteriosos descobertos há dez anos, bem como os raios cósmicos de energias extremamente altas que ainda não foram explicados, opinou o cientista Carlo Rovelli.

Segundo os investigadores, isto resolveria o paradoxo de Hawking que fala sobre a perda irrecuperável da informação, segundo o qual os buracos negros podem desaparecer.

ZAP // Sputnik

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Um dia ainda vão descobrir que afinal ressuscitar é possível, enquanto não for cientificamente comprovado ninguém ou poucos acreditam.

  2. Os buracos negros tem outra característica que vai muito além do que estão narrando ele não passa apenas de um falha de percurso que em vez de se tornar estrelas faltou elementos para sua ignição inicial para arder como as estrelas, assim dizendo resumindo eles não deixam de serem estrelas que já nasceram mortas.

  3. Buracos negros, assim como todos os demais elementos espaciais que compõem o mosaico do multiverso, são na sua essência supersimétricos, mantendo este equilíbrio dinâmico, constante e sempre em evolução, observado.

RESPONDER

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …