Bruno de Carvalho perde advogado e enfrenta Cândida em tribunal

Tiago Petinga / Lusa

Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting

O advogado de Bruno de Carvalho, José Preto, abandonou a defesa do ex-presidente leonino. Esta quarta-feira, o mais carismático arguido da invasão à academia de Alcochete será ouvido em tribunal pela procuradora Cândida Vilar, com a qual já teve atritos no passado.

A relação entre Bruno de Carvalho e Cândida Vilar não começou da melhor maneira. A procuradora, ainda sem provas concretas, acusou o antigo presidente leonino de ter orquestrado o ataque à academia do clube, em Alcochete. Cândida pediu mesmo a prisão preventiva, mas o juiz Carlos Delca entendeu que não havia indícios suficientes.

As tensões imediatamente escalaram entre os dois e o ex-presidente acusou Cândida Vilar de ou “ter uma agenda” ou “um distúrbio“. Esta quarta-feira, encontram-se pela primeira vez em tribunal, onde Bruno de Carvalho deverá ser ouvido no Campus da Justiça.

O processo ainda está na fase de instrução fundamentalmente devido a quatro pedidos de recusa feitos ao juiz Carlos Delca. Apesar de tudo, o juiz já revelou o que pensa em relação ao envolvimento de Bruno de Carvalho neste caso, considerando que há indícios, mas que simplesmente não são muito fortes.

De acordo com o Tribuna Expresso, durante os seis meses que Cândida Vilar esteve a investigar o caso, não conseguiu encontrar nenhuma prova direta que associasse Bruno de Carvalho aos crimes cometidos na academia de Alcochete.

Os indícios que restam são relativos a uma suposta alegação do líder da claque leonina, “Mustafá”, que terá dito que havia luz verde do presidente para o ataque à academia. Esta informação foi dada por Bruno Jacinto, oficial de ligação entre os adeptos e o clube, mas foi negada em tribunal pelo próprio “Mustafá”.

Cândida Vilar realçou que a investigação não estava terminada e que ainda haviam arestas por limar. Nomeadamente, falta recuperar mensagens apagadas do telemóvel do antigo manager do clube, André Geraldes. Bruno Jacinto terá avisado-o do ataque que iria acontecer.

A situação de Bruno de Carvalho também não está nas melhores condições, já que o antigo presidente leonino ficou recentemente sem o seu advogado, José Preto.

O afastamento foi justificado por um requerimento enviado ao juiz Carlos Decla, no qual é explicado que foi entregue um parecer assinado por José Manuel Anes, ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, que alega que a acusação de terrorismo aos 44 arguidos deste caso é infundada e não tem cabimento.

Em declarações ao Diário de Notícias, José Preto disse “estar em divergência com algumas coisas”, mas que o motivo principal é o documento que chegou ao processo por outro elemento da equipa jurídica, Roberto Silva Carvalho.

Acho grotesco que se entregue um parecer de uma pessoa que não é jurista. Em matéria de direito, um parecer de um não jurista é proibido. Acho imperdoável que o meu ilustre constituinte se tenha deixado manipular desta maneira”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Bruninho, o teu problema é falares muito… A coca tem dessas coisas!
    Fosses mais calmo e desses menos na branca e tinha tido outra sorte…

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …

Rússia vai permitir que astronautas levem armas em viagens espaciais

Os astronautas russos vão começar a levar consigo uma arma de fogo durante as suas viagens espaciais. O objetivo é poderem afastar animais selvagens quando aterrarem em áreas remotas na Terra. A Rússia começou a armar …

Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da …

No Museu do Louvre, os guias turísticos vão ser refugiados sírios e iraquianos

O Museu do Louvre, em Paris, vai treinar refugiados sírios e iraquianos como guias turísticos para os visitantes que solicitam um tour em árabe. Para os refugiados e requerentes de asilo, é agora gratuito entrar no …

Casal inglês tem um bebé com 17 meses (mas recusa-se a dizer se é menino ou menina)

Há casais que não querem saber o sexo do filho antes do momento do parto. Mas para um casal inglês, o parto da criança não acabou com o mistério em relação ao género. Decididos a proteger …

Costinha obrigou Maniche a corrigir livro por causa da história da camisola rasgada

O ex-internacional português Costinha processou o amigo e ex-colega de equipa no FC Porto Maniche por causa do livro "MANICHE 18, As Histórias (ainda) não contadas". Nele, Maniche conta que foi Costinha quem rasgou a …