Alcochete. Bruno de Carvalho está na lista internacional de terroristas

Carlos Santos / Lusa

Juntamente com os outros 43 arguidos do processo do ataque à Academia de Alcochete, Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting CP, está na lista internacional de terroristas.

A advogada de Fernando Mendes, antigo líder da claque sportinguista, disse que todos os arguidos do processo do ataque à Academia de Alcochete estão referenciados na lista internacional de terroristas. “Se quiserem viajar para os Estados Unidos, vão parar a uma prisão de Guantánamo“, disse durante a fase de instrução, esta terça-feira.

Bruno de Carvalho já tinha confidenciado semanas antes esta informação ao Expresso, sem que até agora tivesse sido confirmada a sua veracidade. “Têm a noção de que o meu nome, como acusado de terrorismo, está nas listas de terroristas dos Estados Unidos?”, perguntou retoricamente o antigo presidente leonino.

“Se houvesse uma imagem minha a rir-me como Varandas naquela altura em Alcochete, já estava preso em Guantánamo. Porquê em Guantánamo? Porque é onde se metem os terroristas”, reiterou Bruno de Carvalho.

E não é preciso tão longe. Até em Espanha, “se por algum motivo algum destes 44 arguidos se vir envolvido num momento de confusão (…), não levam com uma bala de borracha, levam sim com uma bala a sério“, explicou Sandra Martins, a advogada de Fernando Mendes, citada pelo Correio da Manhã.

Novas provas do processo apontam Bruno e Mustafá, o cabecilha da Juventude Leonina, como autores morais do ataque a Alcochete. Em causa estão algumas mensagens trocadas num grupo de WhatsApp que parecem incriminar os dois arguidos.

Numa das mensagens de André Geraldes para o então presidente Bruno de Carvalho, o seu antigo braço direito pergunta: “Queres que vá para cima deles?”. A resposta de Bruno não foi dada por escrito, não havendo registo da mesma. No entanto, a procuradora responsável pela acusação, Cândida Vilar, alega que a ordem foi direcionada para avançar com o ataque.

Ainda na fase de instrução do processo, os advogados dos arguidos consideram que as acusações são infundadas e apresentam “grandes falhas”.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Isto é surreal. Os verdadeiros terroristas estão dentro do Sporting e a justiça tramou um inocente por causa dos interesses instalados que tem com a máfia deste país. Escandaloso. Espero que a indminizaçāo seja a maior de sempre e que fique para a história de Portugal. Escandaloso

  2. Só em Portugal é que uma porcaria destas é terrorismo. Mas isso é porque não temos terrorismo a sério com bombas, ataques com armas de fogo ou brancas, a provocar a morte de pessoas que estão no local atacado por mero acaso. Enfim, cambada de retardados! Aviso já que não sou sportinguista, nem benfiquista, nem portista, nem sequer gosto do mundo do futebol que é para não virem para aqui, os maluquinhos fanáticos da bola, começarem a mandar bocas estúpidas. Aliás, se algo pode ser considerado terrorismo em Portugal, são os fogos postos. Mas os tribunais costumam soltar os suspeitos (muitas vezes apanhados em flagrante delito!) que a polícia prende. Revoltante.

    • Ui.. coitadinhos dos meninos!…
      Tudo gente de bem!…
      Enfim…
      É claro é terrorismo e acho muito bem que sejam severamente punidos!
      Na bola vale tudo e já é mais do que tempo de por esses bandidos na linha!!

      • Isso é uma resposta ao meu comentário? Mas leste-o? Não vejo onde diz que são gente de bem. Talvez te tenhas enganado. De qualquer modo, o meu comentário já estava preparado para gente como tu.

        • Sim, é e sim, li!
          Desculpar ou minimizar uma situação como a provocada por este “anjinho”, só porque não houve bombas ou mortos é o quê?
          Mas quando alguém começa com “só em Portugal…” já se sabe que vem aí asneira!…
          E, devias ter percebido logo que eu não ligo nada ao futebol profisional, que pelo mundo fora, é um antro de mafiosos, bandidos e até terroristas!…

          • Podes ler aqui; https://www.direitosedeveres.pt/q/constituicao-politica-e-sociedade/liberdade-e-seguranca/o-que-se-considera-terrorismo-e-como-e-prevenido-e-punido
            O “só em Portugal” é porque cá, o único crime de terrorismo com homicídio que é praticado [“crimes que provoquem incêndio” e “se o acto for julgado em Portugal, é punível com pena de prisão de 2 a 10 anos ou com a pena correspondente ao crime praticado (por ex., homicídio), eventualmente agravada de um terço”] nunca é julgado, nem como terrorismo, nem como homicídio. Os incendiários vão para os tribunais a fazerem-se de maluquinhos, os juízes caem na esparrela de que eles são pirómanos (coitadinhos) e põem-nos em liberdade para, no ano seguinte, repetirem a porcaria que gostam de fazer ou pela qual recebem dinheiro de mandantes que nunca são identificados.
            Para esses idiotas do Sporting que invadiram a academia há outras leis.

            • Basta ler a primeira frase do link que colocaste: “É considerado terrorista o agrupamento de duas ou mais pessoas que, em actuação concertada…” para que, tendo em conta que os incendiários normalmente agem sozinhos, se perceber porque o terrorismo não se aplica!…
              Já neste caso do Sporting aplica-se perfeitamente!

  3. Eu! 21 Julho, 2019 at 16:04; Tens razão, mas, em grande parte dos casos há mandantes. Ainda hoje ouvi um autarca de uma zona incendiada afirmar que são interesses (económicos) por trás dos fogos. Mas é preciso, em primeiro lugar apanhá-los, e depois, julgá-los convenientemente.
    A pessoa que vai sozinha carregada com bombas e faz-se explodir num lugar público cheio de pessoas é terrorista. Ou será que a nossa lei não a considera como tal apenas porque foi sozinha?

Responder a Eu! Cancelar resposta

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …