Brasil autoriza ensaio clínico de vacinas desenvolvidas pela Pfizer e BioNTech

Sanofi Pasteur / Flickr

O Governo brasileiro autorizou, esta terça-feira, um ensaio clínico no país para o desenvolvimento de duas vacinas contra a covid-19, criadas pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pela empresa alemã BioNTech.

A autorização foi concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão de controlo tutelado pelo Governo brasileiro, e divulgada no Diário Oficial da União.

Em comunicado, a Anvisa refere que as vacinas em estudo, designadas BNT162b1 e BNT162b2, “são baseadas em ácido ribonucleico (RNA), que codifica um antígeno específico do vírus Sars-CoV-2”. O RNA “é traduzido pelo organismo humano em proteínas que irão então induzir uma resposta imunológica”, adianta.

Os testes das vacinas da Pfizer e BioNTech preveem a inclusão de cerca de 29 mil voluntários, sendo mil no Brasil, distribuídos pelos estados de São Paulo e Bahia. O recrutamento dos voluntários é de responsabilidade dos centros que vão desenvolver a investigação.

O ensaio clínico aprovado é composto por três fases e o Brasil participará na terceira.

Os testes aos medicamentos desenvolvidos pelo consórcio da Pfizer com a BioNTech farão parte do terceiro estudo para vacinas contra a covid-19 em desenvolvimento no Brasil, que também está a ajudar a testar um imunizante produzido pela Universidade de Oxford e a empresa farmacêutica AstraZeneca, e outra vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac.

Os testes do medicamento desenvolvido pelos cientistas de Oxford começaram em junho no país sul-americano, que deverá realizar cinco mil testes em voluntários, numa parceria que envolve a organização brasileira Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A vacina da Sinovac, que será aplicada em nove mil voluntários, começou a ser testada, esta terça-feira, em São Paulo. Os testes são coordenados pelo Instituto Butantan, uma instituição científica que produz vacinas há mais de um século.

Metade dos voluntários desta vacina, chamada CoronaVac, receberão duas doses do imunizante a partir desta semana, a outra metade receberá um placebo.

Esta quarta-feira, o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que está infetado com o novo coronavírus, deverá saber o resultado do seu terceiro teste.

O Brasil é um dos países mais afetados pela pandemia de covid-19, depois dos Estados Unidos. Nas últimas 24 horas, registou 41 mil casos e 1367 mortes. No total, o país sul-americano acumula 2.159.654 casos e 81.487 óbitos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Orbán vai rejeitar dinheiro do fundo de recuperação se tiver de revogar lei anti-LGBTQI

O primeiro-ministro húngaro assegurou, este sábado, que o país não vai aceitar o dinheiro do fundo de recuperação se tiver de ceder perante Bruxelas e revogar a lei anti-LGBTQI. Segundo a agência Europa Press, Viktor Orbán …

Avaria em rede europeia causou "apagão" parcial em Portugal e falhas no 112

O incêndio que queimou, este sábado, 500 hectares de vegetação no sudoeste de França esteve na origem dos cortes de energia em Espanha e Portugal, segundo a agência francesa Rede de Transmissão de Energia Elétrica …

Um tumor e duas fraturas nas vértebras dificultaram a vida deste dinossauro (mas não o mataram)

Quando foi descoberto na década de 1980, na Argentina, este hadrossauro foi diagnosticado com uma fratura no pé. Porém, uma nova análise agora mostra que este tinha um tumor, bem como duas fraturas nas vértebras …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, capitão de Abril

O capitão de Abril morreu, este domingo, aos 84 anos, no Hospital Militar, confirmou o presidente da Associação 25 de Abril. A notícia foi confirmada ao jornal online Observador pelo presidente da Associação 25 de Abril, …

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …