Brasil é o 4.º país do mundo com mais mulheres que se casaram antes dos 15 anos

Pedro França / MinC / Wikipedia

Indígena Ashaninka Aldeia Apiwtxa /Ashaninka Acre, Brasil

Indígena Ashaninka Aldeia Apiwtxa /Ashaninka Acre, Brasil

O Brasil é o quarto país do mundo com mais casamentos de crianças e adolescentes até aos 15 anos, com 877 mil jovens entre 20 e 24 anos casadas antes dessa idade, segundo um estudo do Instituto Promundo.

O país também é o quarto da lista, em números absolutos, com mais raparigas casadas antes dos 18 anos: cerca de três milhões com idades 20 e 24 anos, ou 36%, afirmou ter contraído matrimónio antes de alcançar a maioridade legal, segundo o Instituto, que utilizou estatísticas da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher, de 2006.

O relatório, divulgado na quarta-feira em Brasília, com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Fundação Ford, também demonstra que mais de 88 mil jovens entre os 10 e os 14 anos vivem em uniões consensuais no país, tanto civis como religiosas, segundo dados do censo de 2010.

O estudo, pioneiro no país na área de casamentos infantis, analisou especificamente os dois estados brasileiros com mas incidência da prática: o Pará, no norte do país, e o Maranhão, no nordeste.

O Instituto Promundo divulgou que os principais fatores detetados que levam ao casamento antes dos 18 anos são a vontade de um membro da família devido a uma gravidez indesejada, ou para proteger a reputação da adolescente, o desejo de controlar a sexualidade das meninas, a busca por segurança financeira e a vontade da adolescente de sair da casa dos pais, além do desejo dos futuros maridos de se casarem com meninas mais jovens.

O casamento na infância e na adolescência traz consequências para a vida dos jovens, segundo o relatório, incluindo gravidez precoce, atrasos e desafios educacionais, limitações à mobilidade e à construção de redes sociais e exposição à violência do parceiro, principalmente no caso de jovens com maridos mais velhos e controladores.

O relatório também aponta que a presença “ativa e positiva” dos pais diminui a incidência de violência sexual e de atividade sexual precoce indesejada, além de contribuir para uma maior autoestima e propensão à escolha de parceiros com comportamentos mais “equitativos em termos de género”.

“O casamento infantil prejudica a capacidade das meninas de concretizar suas aspirações e realizar escolhas plenas sobre seu futuro, comprometendo seu bem-estar e desenvolvimento, mesmo quando casam por vontade própria, com o consentimento dos pais ou por problemas financeiros”, diz o estudo.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pedofilia “encoberta”?
    E depois… É o estado galinheiro a servir de poleiro de galos…Tanta riqueza e cotados financeiramente como “lixo”!

RESPONDER

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …

Estado de emergência. Maioria dos portugueses concorda com novas medidas de restrição

Uma sondagem da Intercampus para o Correio da Manhã revela que a maioria dos portugueses concorda com o regresso ao estado de emergência e com as restrições impostas pelo Governo. De acordo com o Correio da …

Taarabt é o terceiro jogador do Benfica infetado com covid-19

O internacional marroquino também testou positivo à covid-19, dois dias antes de o Benfica, que já tinha previstas oito baixas no plantel, defrontar o Rangers para a Liga Europa.  Depois de Darwin Nuñez e Julian Weigl …

Oposição israelita pedirá dissolução do parlamento e novas eleições

O líder da oposição israelita, Yair Lapid, anunciou na segunda-feira que apresentará na próxima semana uma iniciativa para dissolver o Knesset (parlamento) e convocar eleições, num contexto de tensão na coligação governamental, noticiou a agência …

PSD de Castelo Branco pede demissão da deputada do PS Hortense Martins

O PSD de Castelo Branco pediu esta segunda-feira a demissão da deputada socialista Hortense Martins, alegando que não tem condições para representar o distrito, depois de condenada a pagar o arquivamento de um processo onde …

Bruxelas anuncia sexto contrato para vacinas, desta vez com a Moderna

A presidente da Comissão Europeia anunciou, esta terça-feira, um novo contrato para assegurar vacinas contra a covid-19, desta feita com a norte-americana Moderna, que fornecerá até 160 milhões de doses. "Estou feliz por anunciar que aprovámos …

Shinzo Abe investigado por alegado uso ilegal de fundos para financiar eventos privados

Procuradores no Japão estão a investigar o gabinete pessoal do antigo primeiro-ministro Shinzo Abe pela alegada utilização ilegal de fundos para financiar eventos privados, para os quais foram convidados apoiantes do líder japonês entre 2013 …

Rússia anuncia eficácia de 95% da vacina Sputnik V

A Rússia anunciou, esta terça-feira, que sua vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, tem uma eficácia de 95%, segundo resultados preliminares. Em comunicado no site oficial da vacina russa, o Centro …