Brasil anuncia cortes nas universidades (e usou chocolates para explicar porquê)

Tânia Rêgo / Agência Brasil

O Governo brasileiro anunciou cortes orçamentais para as universidades federais. O ministro da Educação, acompanhado por Bolsonaro, usou chocolates para explicar os cortes no ensino superior.

Em conferência de imprensa, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou chocolates para explicar os cortes orçamentais nas universidades federais brasileiras. “Esses três chocolatinhos e meio não estão cortados. Deixamos para comer depois de Setembro. É só isso que a gente está pedindo”, disse o ministro, acompanhado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Esta explicação foi dada após o Governo brasileiro anunciar o congelamento de 30% do financiamento público de todas as universidades federais. Alunos de algumas destas universidades têm sido responsáveis por vários protestos contra o Governo.

Segundo o Público, as universidades foram apanhadas de surpresa, já que o anúncio surge após os orçamentos anuais já estarem fechados e foram feitos tendo em conta um financiamento superior ao que agora é previsto.

Esta medida tem consequências drásticas em algumas destas universidades. Evandro Silva, vice-reitor da Universidade Federal do Mato Grosso, alega que a sua universidade só consegue garantir o funcionamento regular até ao mês de agosto.

“Não sabemos o que vamos fazer daqui em diante, uma vez que não haverá recursos para pagar a segurança, limpeza e outros serviços essenciais”, disse Evandro em declarações ao mesmo jornal. O orçamento inicial era de 110 milhões de reais, mas agora, depois dos cortes, ficou fixado nos 74 milhões.

Além disso, algumas universidades explicaram que poderão deixar de conseguir pagar água e energia, o restaurante universitário ficará sem recursos e alguns programas de apoio a estudantes poderão também estar ameaçados.

“Não há eficiência administrativa que supere um corte deste tamanho, principalmente diante das sucessivas restrições orçamentais dos últimos anos”, afirmou a reitora da Universidade Federal de Minas Gerais, Sandra Regina Goulart Almeida, num comunicado, citado pelo El País.

Cortes em bolsas

Consequentemente, será suspensa a atribuição de novas bolsas de pós-graduação pela Coordenação de pessoal de Nível Superior (Capes), que conta com 92 mil bolsas atribuídas e que perdeu 800 milhões de reais com estes cortes.

“A Capes esclarece que a economia racional de recursos, a melhoria do sistema de pós-graduação e a parceria com o setor empresarial são as diretrizes adotadas para superar os desafios apresentados pela necessidade de contingenciamento de recursos na administração pública federal”, informou o órgão em comunicado, citado pela BBC.

De acordo com a Capes, as bolsas de pós-graduação que já estão ativas não serão afetadas. A Capes tem ainda 107 mil bolsas ativas para a formação de professores do ensino básico que também não serão afetadas.

“Este é um problema que o país tem que enfrentar, mas não vai conseguir com cortes horizontais no orçamento das universidades e nas bolsas de pós-graduação e pós-doutoramento”, escreveu a Universidade Estadual de Campinas, considerando esta uma medida insensata por parte do Governo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É o esperado. Da perspetiva do Bolsonaro não faz sentido continuar a subsidiar a produção de conhecimento, pois o conhecimento é a antítese da maioria das coisas que defende. Deviam ter-se lembrado disso antes de votar nele.

  2. Brasileiros deveriam realmente pensar antes de dar seu voto a uma criatura que conseguiu ludibriar muitos ignorantes com a novela da facada, e aos mais esclarecidos foram derrubados óbvio, com atuações quase perfeitas toda dramaticidade conseguiu convencer os menos capazes.

RESPONDER

Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo. Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. …

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …