Bolsonaro diz que brasileiros devem comprar armas para não serem escravizados

Joedson Alves / EPA

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a estimular hoje que a população brasileira compre armas para não serem escravizados, reiterando o seu discurso pró-armas enquanto aumenta críticas ao poderes judiciário e legislativo do país.

“Tem que todo mundo comprar fuzil [espingarda] (…) Povo armado jamais será escravizado”, afirmou o Presidente brasileiro, enquanto falava com apoiantes em Brasília.

De seguida, o mandatário ainda ironizou as críticas à subida da inflação, dizendo saber que este tipo de arma tem um preço elevado.

“Sei que [um fuzil] custa caro. Tem um idiota: ‘Ah, tem que comprar é feijão’. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar”, afirmou.

O chefe de Estado brasileiro disse ainda que não quer interferir no poder judiciário nem no legislativo, mas afirmou que é “difícil governar desta maneira”.

“Tem ferramentas lá dentro [da Constituição] para ganhar a guerra. Tem gente que está do lado de fora. Difícil governar um país desta maneira”, disse Bolsonaro.

“O único dos poderes que é vigiado o tempo todo e cobrado sou eu”, acrescentou, em alusão ao seu cargo de Presidente e, portanto, chefe do poder executivo durante o período do seu mandato, que termina em 2022.

“O que acontece para o lado de lá não tem problema nenhum. Eu não quero interferir para o lado de lá, nem vou. Agora, tem que deixar a gente trabalhar para o lado de cá”, concluiu.

  // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. 3 comentários sem fundamento algum…e ainda querem escrever algum comentário só porque há oportunidade para o fazer…bem…falam do Brasil e do seu presidente como se conhecessem a realidade de lá e o que alguns pretendem lá fazer….

  2. Devem é “comprar” cultura e educação para não continuarem a ser estupidificados por “líder” com um QI claramente abaixo de qualquer animal que habita o vasto eco sistema daquele enorme país (que tem “apenas” o dobro do tamanho da UE)!

  3. Sou português e moro no Brasil há quase 10 anos. O que estas reportagens não cobrem é a perversa guerra que existe entre os poderes no Brasil. Os políticos do “centrão” e esquerda só querem é voltar ao poleiro para continuar a saquear o Brasil. A pesar de ser pessoalmente contra armamento, fico descansado em saber que se o presidente entende que a população tem o direito de estar armada, de certeza não tem pretensões ditatoriais, ao contrário de outras eminentes figuras no país, que querem o poder a todo custo.

    • E este pseudo tuga no Brasil, que duvido e muito que o seja, continua a defender o genocida!! Interessante o seu interesse do que se passa aqui no Brasil! Com preço dos alimentos a subir em flecha, famílias a passar fome e um presidente que está a beirar a demência… não estou mesmo a ver o teu interesse a não ser que nem sejas quem dizes ser… mas vens aqui comentar apenas para tentar mudar a opinião! Pareces um “bot” pago por sua excelência o demente… perdão… o presidente!

  4. No dia 7, Bolsonaro prepara um Golpe militar com a PM, evangélicos armados e milícias. O objetivo é acabar com o Tribunal Superior de Justiça e implementar o boletim de voto em papel para poder fraudar as eleições. Creio que só será travado quando o prenderem.

RESPONDER

A praia de Katoku, no Japão.

Praia intocada no Japão é uma das últimas do país. A sua pureza está a ser violada

A praia em Katoku, no Japão, é parte do Património Mundial da UNESCO. A construção de um paredão está a dividir a população local. Nesta praia cercada por montanhas em Katoku, no Japão, quase não há …

Estátuas usadas num jardim eram, afinal, relíquias egípcias com milhares de anos

Duas estátuas de pedra, usadas durante muito tempo como simples decoração de jardim, foram vendidas por cerca de 230 mil euros, depois de se ter chegado à conclusão que eram, afinal, relíquias egípcias com milhares …

Pandora Papers são "embaraço também para Portugal". Caso vai ser analisado pelo Fisco

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais garantiu que, tal como já aconteceu noutros casos deste género, os Pandora Papers vão ser analisados pela Autoridade Tributária. No início de outubro, uma nova investigação do Consórcio Internacional …

Gonçalo Esteves, Sporting

"Gonçalo Esteves é o futuro do Sporting". Adeptos rendidos ao ex-portista de 17 anos

O lateral-direito Gonçalo Esteves, de apenas 17 anos, estreou-se na equipa principal do Sporting, no jogo da Taça de Portugal contra o Belenenses, e o treinador Ruben Amorim diz que é "o futuro" do clube. …

Portugal regista mais 10 mortes e 612 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 10 mortes e 612 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 612 novos …

Toda a herança de Rendeiro foi para o "rei dos táxis". MP investiga presidente da ANTRAL e o filho motorista

O Ministério Público está a investigar o ex-motorista de João Rendeiro e o seu pai, o presidente da ANTRAL, a maior associação de táxis portuguesa. Em causa estão suspeitas de lavagem de dinheiro quando se …

Depois do polémico golo de Mbappé, UEFA pondera mudar regra do fora de jogo

A UEFA defendeu uma reformulação da regra do fora de jogo, depois do polémico golo de Kylian Mbappé que, no último domingo, deu a vitória a França na final da Liga das Nações. Apesar da polémica, …

Nova deputada do PSD condenada por falsificação de documento

A nova deputada do PSD, que toma posse na Assembleia da República na próxima terça-feira, já foi condenada por falsificação de documento há dois anos. Segundo avança o Jornal de Notícias, Eugénia Duarte vai substituir Carla …

Presidente avisou partidos sobre cenário de eleições antecipadas: "Se tiver de ser, é"

Em caso de chumbo do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), o Presidente da República prefere não perder tempo e "matar o mal pela raiz". Findas as audiências com os partidos no Palácio de Belém, a …

"A maior descida de sempre". Galamba sublinha redução dos preços da luz para empresas e famílias

As tarifas de electricidade propostas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) para 2022 representam uma descida nos preços da ordem dos 3,4%. O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, fala de …