Boko Haram atravessa fronteiras e sequestra 80 pessoas nos Camarões

Depois de assumir o controlo de diversas cidades no norte da Nigéria, o Boko Haram começa a ameaçar nações vizinhas. Dezenas de pessoas foram mortas ou sequestradas durante novos ataques do grupo radical islâmico Boko Haram a cidades e aldeias de Camarões e da Nigéria, este domingo. 

Segundo as autoridades camaronesas, o ataque aconteceu numa vila na fronteira entre os dois países. Quatro moradores morreram ao tentar resistir aos militantes, afirmou à BBC uma fonte das forças de segurança. Uma fonte disse à BBC que as vilas de Maki e Mada, no distrito de Tourou, no norte do país, foram atacadas, a 6km da fronteira.

Os números ainda são incertos: enquanto alguns veículos informam que pelo menos 60 camaroneses estarão em poder dos extremistas, outros noticiam que o número de sequestrados ultrapassa 80. Entretanto, cerca de 20 pessoas raptadas este domingo já foram libertadas.

Segundo a polícia, mulheres e crianças formam a maioria dos camaroneses sequestrados durante o ataque a duas aldeias perto da cidade de Mokolo. Além disso, várias pessoas foram mortas e moradias, incendiadas.

Já na Nigéria, as primeiras notícias dão conta de que pelo menos quatro pessoas foram mortas e 50 ficaram feridas devido a um atentado suicida em Postikum, no estado de Yobe, na Região Nordeste do país. De acordo com os jornais locais, um homem-bomba lançou o carro que dirigia contra outros veículos e, na sequência, houve a explosão. O suposto atentado ocorreu perto de uma estação rodoviária.

Vários feridos foram levados para hospitais próximos em estado grave. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque, mas, segundo a imprensa local, a suspeita recaiu imediatamente sobre o Boko Haram, já que o grupo está sediado na região.

No início do mês, os jihadistas raptaram 40 jovens de uma aldeia em Malari, no estado de Borno, também no Nordeste. A maioria dos sequestrados era crianças e jovens do sexo masculino, com idade entre 10 e 23 anos. O temor dos sobreviventes do ataque e das autoridades nigerianas é que os jovens tenham sido levados para ser recrutados como soldados.

O grupo Boko Haram, que luta pela instauração de um Estado islâmico na Nigéria e cujo nome significa “A educação não islâmica é pecado”, tem levado a cabo uma campanha violenta no país.

De acordo com a Agência Nacional de Gestão de Emergência (NEMA), até o dia 15 deste mês, mais de 868 mil nigerianos tiveram que abandonar seus lares e pertences na Região Nordeste e fugir para outras localidades em busca de proteção, comida e medicamentos. Milhares desses refugiados estão reunidos em um dos 20 acampamentos sob os cuidados das autoridades nigerianas.

ZAP / ABr / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido aos insultos racistas a Moussa Marega. O avançado do FC Porto recusou-se …

Pinto da Costa confirma fim da carreira de Casillas. E diz que episódio com Marega é um caso de polícia

O presidente do FC Porto confirmou, esta terça-feira, o fim da carreira do guarda-redes espanhol, que anunciou a intenção de se candidatar à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). O dirigente portista falou aos …

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …

Governo ficou perto da promessa de contratar 5000 doutorados

A anterior legislatura ficou a apenas 49 contratos de cumprir a meta estabelecida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Educação Superior. De acordo com o jornal Público, a promessa do ministro da Ciência, Manuel Heitor, de …

Fundador da Amazon investe nove mil milhões de euros para combater alterações climáticas

O fundador da empresa tecnológica norte-americana Amazon, Jeff Bezos, revelou na segunda-feira que vai investir dez mil milhões de dólares (mais de nove mil milhões de euros) da fortuna pessoal para encontrar soluções para combater …

Conselho de Ética desfavorável a projetos de lei sobre eutanásia

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) deu "parecer ético desfavorável" a quatro projetos de lei para a despenalização da morte medicamente assistida, que vão ser debatidos no Parlamento esta quinta-feira. Os …

Portugal considera "inamistosa e injustificada" a decisão da Venezuela sobre a TAP

O ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva já reagiu às acusações de Caracas sobre o alegado transporte de explosivos feito pela transportadora portuguesa. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera “inamistosa” e “injustificada” …

Presidente do Afeganistão reeleito para segundo mandato

O Presidente do Afeganistão foi reeleito para um segundo mandato com 50,64% dos votos, anunciou a comissão eleitoral independente afegã, esta terça-feira, ao divulgar os resultados definitivos das eleições realizadas em setembro passado. "A comissão eleitoral …

Mário Ferreira torna-se o segundo maior acionista da Cofina

O empresário português vai investir 20 milhões de euros no aumento de capital da Cofina, o suficiente para tornar-se o segundo maior acionista da empresa. De acordo com o semanário Expresso, o empresário Mário Ferreira deverá …

Índia dá às mulheres direitos iguais aos dos homens em cargos militares

O Supremo Tribunal indiano decidiu que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens para assumir funções de liderança no exército da Índia e criticou os argumentos do Governo que considera perpetuarem "estereótipos de …