Benfica SAD sobe empréstimo obrigacionista para 50 milhões de euros

José Coelho / EPA

A Benfica SAD decidiu aumentar o montante envolvido na atual operação de emissão de obrigações de 35 milhões de euros para 50 milhões de euros.

No dia 20 de junho, o clube da Luz tinha anunciado uma oferta de subscrição de até sete milhões de obrigações, com um valor unitário de cinco euros, pretendendo arrecadar até 35 milhões de euros, que agora é aumentado para 50 milhões de euros.

As águias já tinham avisado, no prospeto que, tal como esta quarta-feira, foi então publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que o montante poderia ser aumentado, por opção do emitente, numa emissão que oferece uma taxa de juro fixa bruta de 4% e uma maturidade de três anos.

Ao Jornal de Negócios, o CEO do Grupo Benfica, Domingos Soares de Oliveira, disse que a emissão “visa garantir que, qualquer que seja o cenário de retoma das competições, a Benfica SAD terá uma robustez de tesouraria suficientemente forte e conseguirá fazer face a todos os compromissos, tanto internos como externos”.

Além disso, sublinhou, com esta emissão, a SAD pode “encarar um eventual enfraquecimento do mercado de transferências com uma relativa tranquilidade”.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.