Benfica, FC Porto e Sporting: três épocas, três campeões. Não acontecia há 40 anos

António Cotrim / Lusa

Benfica, FC Porto e Sporting conquistaram um campeonato cada nas últimas três edições da prova. Pedroto, Manuel Fernandes e Humberto Coelho eram protagonistas na última vez em que isto aconteceu.

A última jornada da I Liga de futebol arranca nesta terça-feira e, com a confirmação antecipada de que o Sporting é o novo campeão, o cenário dos últimos 19 anos alterou-se, no que diz respeito à melhor equipa portuguesa.

Depois de uma hegemonia do Benfica, uma luta a dois entre Benfica e FC Porto e agora o Sporting a intrometer-se. O troféu de campeão nacional tem andado de um lado para o outro nos últimos anos e esta conquista do Sporting originou uma curiosidade que não se verificava há quatro décadas.



Como o FC Porto foi campeão na temporada passada e o Benfica tinha sido campeão há duas épocas, os três denominados “grandes” do nosso futebol conseguiram assim, nos últimos três campeonatos, um título cada.

Na última vez em que esta divisão aconteceu, José Maria Pedroto era o treinador do FC Porto (bi)campeão em 1979, Humberto Coelho comandava em campo o Benfica campeão em 1980 e Manuel Fernandes era a Figura do Sporting campeão em 1981.

Passaram 40 anos e esta curiosidade entre os três rivais não se repetiu por dois motivos: os “jejuns” prolongados de Sporting e Benfica. O clube de Alvalade esteve 18 anos e depois 19 anos sem ser campeão; e, quando voltou ao topo na viragem do milénio, foi o Boavista (e não o Benfica) a ser incluído na lista de campeões, a seguir a FC Porto e Sporting. O Benfica não pegou na taça durante 11 anos consecutivos.

Entretanto, se dois dos “grandes” ficaram tanto tempo sem ganhar, é porque o outro “grande” ganhou muitas vezes: até 1981 o FC Porto tinha sido campeão nacional sete vezes; agora tem 29 troféus. O clube das Antas foi campeão 22 vezes durante este período.

Voltando à diversidade, os anos 50 começaram com o único tetracampeonato do Sporting. Mas depois houve muita diversidade até ao final da década. Entre 1954 e 1960 a sequência de campeões nacionais foi a seguinte: Sporting, Benfica, FC Porto, Benfica, Sporting, FC Porto e Benfica. Foi a década mais repartida de sempre entre os três “grandes”, seguida por um domínio evidente do Benfica de Eusébio (e não só) até 1977.

Um pouco mais atrás, entre 1940 e 1942, registou-se a primeira divisão de títulos entre os três: FC Porto campeão em 1940, no ano seguinte Sporting e depois o Benfica.

O Benfica é o clube com mais campeonatos ganhos: são 37, mais do que os 29 do FC Porto e do que os 19 do Sporting.

Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Já aconteceu haver “três épocas, três campeões”: 98/99 Porto, 99/00 Sporting, 00/01 Boavista. Mas o que interessa nos títulos é só falar dos 3 grandes. O resto é absolutamente paisagem. Vá lá que ao menos ainda referiram a palavra “Boavista” no texto. Vá lá. Mas “3 épocas, 3 campeões” só interessa referir se for os 3 grandes. É a tristeza deste campeonato. Toda a comunicação social contribui para que só se fale destes 3 eucaliptos. Mais valia fazerem uma verdadeira “SUPER LIGA” de Portugal, onde só jogavam estes 3 clubes entre eles.

RESPONDER

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …