Benfica marca sempre dois golos por jogo

3

Mário Cruz / Lusa

Pelo menos, até agora. Em seis jogos, 12 golos, sempre com um bis em cada partida. Resultado mais habitual é 2-0.

Será apenas uma coincidência mas é uma curiosidade interessante: o Benfica realizou até agora seis jogos oficiais, entre campeonato e Liga dos Campeões, e marcou sempre dois golos em cada um.

A estreia na temporada 2021/22 aconteceu na Rússia, onde Rafa e Gilberto marcaram na segunda parte e definiram a vitória por 2-0 contra o Spartak Moscovo.

Lucas Veríssimo e Luca Waldschmidt foram os autores dos golos no triunfo por 2-1 diante do Moreirense.

No reencontro com o Spartak, novo sucesso por 2-0, desta vez com golos de João Mário e de Samuel Gigot, na própria baliza.

Seis golos, seis jogadores a marcar. Até que, no quarto compromisso, o primeiro futebolista do Benfica a bisar nesta época foi… Luca Waldschmidt, que entretanto já saiu da Luz. Roman Yaremchuk fechou o triunfo por 2-0 frente ao Arouca.

No regresso à Liga dos Campeões, vitória por 2-1 contra o PSV, com golos de Rafa e de Julian Weigl.

Neste sábado, em Barcelos, parecia que a média ia ser quebrada. Mas, já nos últimos sete minutos, dois golos de dois defesas: Lucas Veríssimo e Grimaldo marcaram e o Benfica derrotou o Gil Vicente por 2-0.

Waldschmidt, Rafa e Lucas Veríssimo são os melhores marcadores, com dois golos cada.

Há outra curiosidade: dos 12 golos apontados até agora, seis surgiram na primeira parte e seis na segunda parte.

E, dos 12 golos, também seis foram marcados na reta final de uma das partes: ou nos últimos sete minutos do primeiro tempo, ou nos últimos sete minutos da segunda parte.

Como seis dos golos foram conseguidos no campeonato, o Benfica situa-se como o segundo melhor ataque da prova, superado apenas pelo Sporting, que já marcou sete vezes. Benfica e Sporting são precisamente os líderes da Liga, as duas únicas equipas que venceram sempre nas três jornadas disputadas até agora.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

  Nuno Teixeira, ZAP //

3 Comments

  1. Finalmente nem foi necessário jogar o triplo, apenas com dez em campo o Benfica deu conta do recado perante uma equipa que foi uma desilusão completa perante a fama com que estavam anunciados, lentos e trapalhões a jogar, jogaram pior do que em Lisboa!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.