Benfica – Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

Manuel de Almeida / Lusa

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0.

O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem grande margem de erro, que pecou por escasso, dado o domínio, volume ofensivo e quantidade de ocasiões claras de golo.

Destaque para João Félix, titular pela primeira vez, marcador de um golo e azarado da noite, ao sair lesionado no arranque do segundo tempo, e para Jonas, que estreou-se esta época em jogos oficiais. Franco Cervi fez o segundo tento.

O Jogo explicado em Números

  • Entrada enérgica do Benfica na partida, com impressionantes 83% de posse de bola nos primeiros dez minutos, uma grande intensidade ofensiva, embora apenas um remate, desenquadrado. Destaque para João Félix, que se estreou a titular, a par de Gabriel, e mostrou excelentes pormenores nesta fase inicial – completou nada menos que três dribles em cinco tentativas.
  • Aos poucos o Aves foi acalmando o jogo, ainda assim mal se conseguindo libertar da grande pressão benfiquista, com Pizzi e Gabriel a caírem em cima dos adversários em zonas adiantadas do terreno. Aos 20 minutos, os “encarnados” registavam já cinco remates, mas apenas um enquadrado, e 76% de posse de bola. O Aves tentara um remate (com boa direcção), mas apresentava uma eficácia de passe fraca, de somente 52%.
  • Aos 24 minutos, uma combinação entre Salvio e Pizzi só não deu golo porque Quentin Beunardeau saiu da baliza e, com o pé, interceptou o desvio do argentino. Certo é que à meia-hora, as “águias” registavam já dez remates, três enquadrados, mas metade dos disparos foram realizados de fora da área, devido ao posicionamento muito recuado do Aves.
  • Até que, aos 34 minutos, o golo acabou mesmo por surgir. Grande trabalho de Pizzi, a flectir da esquerda para o meio e a assistir João Félix. O “puto”, isolado, não desperdiçou e fez o 1-0, ao terceiro remate que realizou, 12º da equipa. E aos 36 quase o 2-0, com Salvio a rematar colocado de pé esquerdo ao ferro.
  • Vantagem do Benfica ao descanso por 1-0 que se pode considerar curta face ao domínio, futebol ofensivo produzido e diversas ocasiões de golo.
  • Os “encarnados” foram dono da bola em 72% do tempo e realizaram 17 remates da primeira parte, sendo a pecha o facto de terem enquadrado somente cinco. Ao todo criaram três ocasiões flagrantes de golo.
  • O Aves pouco conseguiu atacar, terminando esta fase com apenas 57% de eficácia de passe, três remates, dois enquadrados. O melhor em campo até ao intervalo foi Pizzi. O médio fez a assistência para o golo de João Félix, criou três ocasiões flagrantes em cinco passes para finalização e recuperou seus vezes a posse de bola – arrancou um GoalPoint Rating de 7.6.
  • João Félix, uma das principais figuras da primeira parte, teve um reatamento infeliz, pois lesionou-se no tornozelo esquerdo e teve de sair logo aos 50 minutos, como segundo melhor em campo (ver análise individual no final do artigo, com os principais números).
  • Grande oportunidade para o Aves aos 58 minutos. Mama Baldé fugiu em grande velocidade pela direita, isolou-se, mas perante Odysseas Vlachodimos, atirou às malhas laterais, quando tinha tudo para facturar.
  • Quem não marca arrisca-se a sofrer, como se costuma dizer, e foi isso que aconteceu. Aos 62 minutos, André Almeida fugiu pela direita, cruzou para a grande área onde estava Franco Cervi (entrado para o lugar de João Félix). O argentino rematou, a bola desviou num contrário e só parou no fundo da baliza do Aves. Um tento ao 20 remate do Benfica no jogo, sexto enquadrado, numa altura em que registava 77% de posse de bola.
  • O Aves, ao invés de cair, parece ter animado e começou a surgir com perigo junto da baliza benfiquista, chegando aos sete remates no segundo tempo por volta dos 70 minutos. Porém só enquadrou um desses disparos e não tinha mais do que 21% de posse de bola.
  • Mas o jogo estava controlado por parte do Benfica, que voltou a terminar por cima da partida, a atacar e à procura de mais golos. No total, 26 remates para os homens da casa, 12 para o Aves, que tentou acertar na baliza nove vezes no segundo tempo, 7-4 em enquadrados, mas uma grande diferença em termos de posse de bola (74%-26%).

O Homem do Jogo

Já começa a ser hábito. Em 2018/19, Pizzi tem sido o “dono da bola” para os lados da Luz e, mais uma vez, o médio foi o melhor em campo frente ao Aves. O GoalPoint Rating de 8.4 surge sem que o jogador tenha sequer marcado um golo, o que destaca ainda mais a nota. Mas no final os números não deixam dúvidas: uma assistência, três ocasiões flagrantes criadas, sete passes para finalização, 88% de eficácia de passe, 12 passes longos certos em 14, 12 recuperações de posse e 109 acções com bola.

Jogadores em foco

  • João Félix 7.0 – O “miúdo” de 18 anos fez um grande jogo, na estreia a titular. Aos dez minutos já levava três dribles completos em cinco tentativas, número que manteve até sair lesionado, aos 50. Mas acabou por abrir o activo, num dos três remates que realizou.
  • Issam El Adoua 7.2 – O segundo melhor em campo foi o médio-defensivo do Aves. Com muito trabalho pela frente, o marroquino ganhou dois de três duelos aéreos defensivos, recuperou 11 vezes a posse de bola e somou 17 acções defensivas, das quais sete foram intercepções.
  • Jardel 7.2 – O novo capitão do Benfica esteve novamente imperial. Para além de dois remates, um deles à barra, o brasileiro ganhou oito de nove duelos aéreos defensivos e registou dez acções defensivas.
  • O. Vlachodimos 7.1 – O guarda-redes do Benfica teve muito mais trabalho no segundo tempo e, no total, somou quatro defesas. Mas o grau de dificuldade das mesmas fica expresso no excelente rating que conseguiu.
  • Gabriel 6.6 – O brasileiro estreou-se a titular na Liga NOS e esteve em bom plano, revelando bom entendimento com os colegas na intermediária. Para além da qualidade na circulação de bola, Gabriel fez três remates, todos de fora da área, e ajudou defensivamente com sete recuperações e seis desarmes.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

PCP teme maioria absoluta de Costa. Se o PS tiver "mãos livres", há risco de retrocesso

O secretário-geral do PCP afirmou este sábado que se o PS tiver “as mãos completamente livres”, o país corre o risco de retroceder nas conquistas dos direitos alcançados e as imposições de Bruxelas serão sempre …

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …