Bebés prematuros têm efeito positivo na relação dos pais

Marcello Casal Jr. / ABr

-

As uniões dos casais que tiveram bebés prematuros permanecem passados cinco anos após o nascimento dos filhos, o que sugere que a prematuridade tem efeito de coesão e não de rutura, conclui um estudo desenvolvido no norte de Portugal.

Dos casais estudados (20), todos do norte de Portugal, progenitores pela primeira vez e com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos, 65% continuavam casados ou em união de facto volvidos cinco anos, disse à Lusa Elisa Veiga, autora do estudo “A transição para a parentalidade – o caso da prematuridade” e professora da Universidade Católica no Porto.

A investigação demonstrou que as relações de homens e mulheres com filhos prematuros têm um “movimento contrário” às elevadas taxas de divórcio registadas em Portugal, “porque há uma situação que torna a relação mais forte e tem um efeito de coesão e não de rutura”, explica a psicóloga.

Apenas dois dos casais entrevistados, que foram pais de gémeos prematuros, revelavam “muita tensão e algum desencontro na relação, estando estas dificuldades relacionadas com a “ansiedade materna”, conta Elisa Veiga, sublinhando, todavia, que “nenhum dos casais estava em situação de rutura”.

No caso de gémeos prematuros, por representarem uma maior sobrecarga, os pais estão mais tensos, com as mães mais ansiosas e exaustas e os pais tendem a ser mais intolerantes com as mulheres, apesar de entenderem o desgaste delas face a uma rotina muito exigente, acrescenta a especialista.

“A experiência [de ter um bebé prematuro] é muito mobilizadora”, conta a investigadora e também professora de Psicologia na Universidade Católica do Porto, referindo, por exemplo, que o pai está muitíssimo presente na educação do filho e muito “apetrechado” para prestar cuidados às crianças em todas as tarefas diárias.

A maioria dos casais optou por não colocar o seu bebé em creches pelo menos até aos dois anos de idade, e as soluções passaram pelas mães deixarem de trabalhar para ficar a tomar conta do bebé, ou então deixá-los com avós ou amas “muito especiais”, que em ambos os casos se deslocam a casa do bebé.

Apesar de a maioria dos casais se manter unida, apenas um casal estudado avançou para um segundo filho.

Prematuridade está a aumentar

O estudo foi realizado em três momentos cronológicos diferentes da vida dos casais que receberam nos braços um, ou dois, bebé(s) prematuro(s).

A primeira entrevista foi realizada aos casais durante o internamento hospitalar do bebé, uma segunda entrevista realizou-se dois meses depois da alta hospitalar na casa do casal. Por fim, cinco anos depois, numa altura em que os prematuros estão prestes a entrar para o 1.º ano de escolaridade.

Passados os cinco anos do nascimento do prematuro, as progenitoras estão “muito exigentes” com os seus filhos por causa da entrada para a escola. Essa exigência traduz a ansiedade das mães que querem que os filhos sejam bons alunos, valorizando, por exemplo, a opinião e orientações das educadoras de infância ou comprando fichas de trabalho para estimular os seus filhos.

Em Portugal nascem, por ano, cerca de mil bebés prematuros.

A prematuridade está a aumentar em Portugal na ordem dos 20 a 30%, e o crescente número de prematuros pode estar relacionado com fatores como “infeções intrauterinas, hábitos da vida moderna, mães fumadoras e stresse”, explicou à Lusa Hercília Guimarães, diretora do Serviço de Neonatologia do Hospital de São João (Porto).

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PJ faz buscas na Madeira e em Lisboa por fraude na obtenção de fundos europeus

Cerca de duas dezenas de buscas foram efetuadas, esta terça-feira, na Madeira e na Grande Lisboa no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (MP) que investiga crimes de fraude na obtenção de fundos …

França em choque com ação da polícia em acampamento de migrantes

A atuação da polícia durante o desmantelamento de um acampamento improvisado de migrantes no centro de Paris, na noite de segunda-feira, está a gerar críticas e indignação. Na noite desta segunda-feira, a polícia francesa dispersou algumas …

Centro Europeu de Controlo de Doenças alerta: países que retirem medidas para o Natal terão aumento de internamentos

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na …

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …

Vereador da Educação de Lisboa ameaça autarca com “um par de murros”

O vereador da Educação da Câmara de Lisboa afirmou, num comentário no Facebook, em resposta a uma publicação de um vogal da Junta de Freguesia do Areeiro, estar disponível para lhe dar "um par de …

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …