Bebés alimentados por biberões ingerem milhões de micro plásticos por dia, sugere estudo

Um novo estudo vem agora alertar para os perigos da puericultura moderna. De acordo com a pesquisa, os bebés que são alimentados com biberões engolem milhões de partículas de micro plástico por dia.

Normalmente os biberões que são usados para alimentar as crianças, são garrafas de polipropileno que representam 82% dos produtos neste mercado. O polipropileno é um dos plásticos mais usados, ​​e os testes feitos pelos cientistas descobriram que os recipientes usados para preparar alimentos produzem milhões de micro plásticos por litro.

John Boland, do Trinity College Dublin, disse que a equipa ficou “absolutamente pasma” com o número de micro plásticos produzidos pelos biberões pois “os nossos valores situam-se na ordem de um milhão ou milhões”.

“Já me livrei de todos os recipientes de comida que costumava usar e, se tivesse filhos pequenos, modificaria a forma como é feita a preparação do leite em pó”, referiu Boland, acrescentando que “a mensagem é o início da precaução”.

Philipp Schwabl, da Universidade de Medicina de Viena, afirma que “estas descobertas representam um marco importante. “A escala de exposição micro plástica apresentada aqui pode parecer alarmante, mas os efeitos do mundo real sobre a saúde infantil requerem mais investigação”, disse o professor.

Oliver Jones, professor na RMIT University em Melbourne, alertou que os níveis de exposição dos bebés eram apenas estimativas. “Não devemos fazer os pais sentirem-se mal por usarem biberões. No entanto, este estudo ilustra que o problema dos micro plásticos é provavelmente muito maior do que pensamos e é algo que deve estar entre as nossas preocupações”, rematou.

Porém, já era de conhecimento científico que a maior parte das pessoas consumiam micro plásticos através da comida e da água. Por exemplo, o chá em saquinhos e a água potável vendida em garrafas de plástico contém este tipo de produto. Os cientistas estão também preocupados que estes materiais possam transportar patogénios ou produtos químicos tóxicos para o corpo.

Neste sentido, Liwen Xiao, do Trinity College, referiu que o estudo é importante porque  “indica que os produtos plásticos que usamos no dia a dia são uma fonte importante de micro plásticos, o que significa que as rotas de exposição estão muito mais próximas de nós do que se pensava”.

O estudo publicado na revista Nature Food em outubro, começou com uma descoberta acidental quando um investigador que estava a desenvolver filtros descobriu que estes ficavam entupidos com micro plásticos.

Para perceber melhor a presença de micro plásticos, a equipa seguiu as diretrizes internacionais de esterilização para elaborar refeições infantis em 10 biberões diferentes. Este processo envolveu a esterilização dos biberões com água a 95º e, em seguida, agitar o leite em pó com água a 70º. As etapas de esterilização e agitação produziram milhões de micro plásticos.

Desta forma, a equipa de cientistas estima que os bebés são expostos a cerca de 2 milhões de partículas micro plásticas por dia durante o primeiro ano de vida, ou seja, quando são essencialmente alimentados por biberões de plástico, explica o The Guardian.

Assim, os cientistas dizem que há uma “necessidade urgente” de avaliar o problema, principalmente por causa das crianças. Assim, a equipa elaborou novas diretrizes de esterilização para reduzir a exposição aos micro plásticos.

Os cientistas sugerem que uma etapa extra de lavagem pode cortar os micro plásticos produzidos durante a preparação do leite. Água fervida num recipiente não plástico e depois arrefecida deve ser usada para enxaguar o recipiente três vezes após a esterilização. O leite também deve ser feito num recipiente que não deverá ser de plástico.

Este método sugerido pela equipa deve “reduzir drasticamente o número de micro plásticos”, disse Boland. “A última coisa que queremos é alarmar indevidamente os pais, principalmente quando não temos informações suficientes sobre as possíveis consequências. No entanto, pedidos aos formuladores de políticas que façam uma avaliação sobre as diretrizes atuais para a preparação de leite em biberões”.

Outras das soluções passa pelo o uso de biberões de vidro, embora estes sejam mais pesados e facilmente quebráveis.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …