BE e PAN pedem demissão do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente

Paulo Cunha / Lusa

Um manto de espuma cobre a água do Rio Tejo, junto ao açude de Abrantes.

Esta quinta-feira, durante uma audiência na comissão parlamentar de Ambiente, o Bloco de Esquerda e o PAN pediram a demissão do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Nuno Lacasta.

“O senhor diretor falhou redondamente e deve demitir-se”, exigiu Carlos Matias, deputado do Bloco de Esquerda, dirigindo-se ao presidente da Agência Portuguesa do Ambiente. O Bloco acusa Nuno Lacasta de ter falhado em alterar, em 2016, a licença da Celtejo, permitindo um aumento das descargas da empresa no rio Tejo.

A licença passada pela APA permitiu à Celtejo, segundo o Expresso, mais que duplicar o parâmetro CBO5 de descarga — de 0,9 kg/tSA (tonelada de celulose seca ao ar) para 2,5 kg/tSA – valor que levou o deputado André Silva, do PAN, a acusar Nuno Lacasta de ter emitido “uma licença à medida da indústria, dando cobertura a um crime“.

O presidente ainda não se pronunciou em relação ao pedido de demissão, mas defendeu-se afirmando que a revisão da licença de 2016 à Celtejo teve como objetivo a redução das descargas poluentes. O presidente da APA explicou ainda que o ajustamento aos limites de emissões permitidos à empresa, em 2016, foi feito dentro do quadro legal.

Além disso, segundo o Observador, Lacasta afirmou que a nova licença não contribuiu para o aumento da carga orgânica, já que em 2017 a carga orgânica do rio Tejo foi diminuindo. No entanto, realçou, esta diminuição “é uma matemática distinta” da acumulação de carga orgânica que resulta de um período longo de descargas.

André Silva citou o ministro do Ambiente, dizendo que “o incumprimento das celuloses é uma evidência”, para sustentar que o ministro João Matos Fernandes atribuíra a responsabilidade por esta licença à APA e não ao Governo. “O ministro manifestara falta de confiança no mandato do presidente da APA”, afirmou.

A responsabilidade pelo foco de poluição registado no rio Tejo a 24 de janeiro foi atribuída, pelo ministro do Ambiente, à acumulação da carga orgânica depositada nas albufeiras do Fratel e de Belver devido a anos de descargas da indústria de celulose.

De acordo com o Expresso, a APA assumiu que as análises a amostras de água revelavam valores de celulose cinco mil vezes acima do normal e que a empresa Celtejo é “responsável por 90% das descargas” para o rio na zona de Vila Velha de Ródão.

“Não fechamos as empresas que nos apetece”

Na comissão parlamentar do Ambiente foi ainda ouvido Nuno Banza, Inspetor-Geral do IGAMAOT (Inspeção-Geral da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território), que explicou o fenómeno que impediu os três inspetores de recolherem as amostras da água junto à Celtejo.

“Os inspetores não são anjinhos, já fazem isto há muitos anos e têm a experiência para perceber as dinâmicas que se instalam de facilitação ou de dificuldade”, disse Nuno Banza, garantindo que a situação “não altera em nada os resultados que se vierem a obter”.

O Inspetor-Geral remeteu para o Ministério Público o papel de decidir que dados podem ao não ser divulgados, ao abrigo do segredo de justiça, e afastou a acusação de incompetência aos seus inspetores, explicando que as recolhas e inspeções exigem 24 horas junto às instalações da empresa.

André Silva questionou Nuno Banza acerca do porquê de não mandarem fechar a Celtejo perante os incumprimentos passados, pergunta à qual o Inspetor-Geral respondeu afirmando que “não fechamos as empresas que nos apetece”.

O IGAMAOT faz o seu papel ao abrir processos de contraordenação, mas não controla o resultado dos tribunais, sublinha Nuno Banza. Na próxima quarta-feira, a comissão parlamentar do Ambiente vai ouvir o ministro João Matos Fernandes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …

"Ficamos chocados." Cientistas redescobrem abelha azul que pensavam estar extinta

Um tipo de abelha azul reapareceu recentemente na Florida, nos Estados Unidos, depois de ter sido vista pela última vez em 2016. Além de azul, a espécie é nova e extremamente rara. Os cientistas estavam convencidos …

Missão da Space X acoplou com sucesso. Astronautas da NASA já chegaram à EEI

A cápsula Dragon que transporta os astronautas da agência espacial norte-americana (NASA) já acoplou à Estação Espacial Internacional, após terem partido no primeiro voo privado rumo ao espaço, neste sábado. Foi às 15:17 (hora de Lisboa) …

Venezuela vai aliviar quarentena com método próprio

Nicolás Maduro anunciou que, a partir de segunda-feira, a Venezuela vai aplicar um modelo próprio de quarentena preventiva da covid-19, que combina cinco dias de flexibilização disciplinada com dez de confinamento obrigatório. “É o modelo cinco …

Uma escultura gigante de uma ave está a espalhar gargalhadas numa cidade da Austrália

Um escultor australiano aproveitou o tempo de quarentena devido à pandemia de covid-19 para construir uma kookaburra eletrónica com quase quatro metros de altura, que até faz os mesmos movimentos e barulhos que o famoso …

Termina o prazo para limpar terrenos. Fiscalização arranca segunda-feira

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina este domingo, após prorrogação, por duas vezes, devido à pandemia da covid-19. Em caso de incumprimento, os proprietários ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e …