Batalha de curadores. Museus de todo o mundo estão à procura da “estátua com as melhores nádegas”

Os curadores de museus de todo o mundo foram convidados pelo Museu de Yorkshire, no Reino Unido, a ajudar as “Melhores Nádegas de Museu”.

De acordo com o The Times, a competição para encontrar e estátua ou a obra de arte com as nádegas mais perfeitas possíveis é a edição mais recente a #CuratorBattle (Batalha de Curadores) iniciada pelo Museu de Yorkshire.

O projeto, que acontece através das redes sociais, foi lançado em abril, enquanto a maioria dos museus estava fechada devido à pandemia de covid-19. Desde então, o museu já realizou 18 “batalhas de curadores” semanais com temas como #ObjetoMaisAssustador e #MelhorOvo.

“Como museus em todo o mundo, estamos fechados desde meados de março, por isso tivemos de ser criativos para encontrar formas de nos envolver com o público”, disse Lucy Creighton, curadora de arqueologia do museu.

Desde junho, os seguidores da hashtag #BestMuseumBum têm visto várias publicações de instituições respeitadas, incluindo o Museu Ashmolean de Oxford, bem como galerias no Japão, Estados Unidos, Canadá e Lituânia.

Outras categorias nascidas fora do desafio incluem as mais “espetaculares tatuadas por trás” e as melhores “nádegas laterais angulares”.

Também foram exibidas obras de arte que descreviam animais e plantas que geralmente não estão associadas a ter nádegas, principalmente peixes e cogumelos. Museus sem coleções tradicionais de esculturas também participaram, enviando fotografias da parte de trás de nacios e outros veículos, como comboios.

Um porta-voz do Museu de Yorkshire disse, em declarações ao Express and Star, que a competição era “uma oportunidade para museus grandes e pequenos partilharem os seus objetos sob um determinado tema para criar o que essencialmente se tornam exposições online globais”. “É ótimo ver museus ao redor do mundo a partilhar os seus objetos mais atrevidos”.

Estas atividades nas redes sociais podem ajudar a diversificar e promover a inclusão nessas instituições. “Acho que os museus a divertir-se nas redes sociais talvez possam ajudar a quebrar algumas dessas barreiras percebidas ao acesso que os museus podem enfrentar”, disse Creighton.

Na terça-feira, o Museu de Yorkshire anunciou o fim da sua série semanal #CuratorBattles, mas prometeu mais desafios no futuro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …