O anonimato teve um custo. Banksy perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

Josh Levinger / Flickr

The Flower Thrower

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra “The Flower Thrower”, contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações.

Banksy, o misterioso artista que, apesar das suspeitas de que seja Robert Naja, mantém a sua identidade desconhecida, espalhou street art de crítica social e política um pouco por todo o mundo. Agora, o anonimato que sempre cultivou pode virar-se contra si.

Em 2014, os seus representantes conseguiram que a imagem “The Flower Thrower” – que mostra um homem com o rosto parcialmente tapado a atirar um ramo de flores como forma de protesto e foi pintada pela primeira vez num muro de Jerusalém, em 2005 – fosse considerada uma marca registada.

Segundo a BBC, a empresa Full Colour Black usou a imagem em produtos que comercializa, argumentando que a obra era anónima e que a lei obriga a que produtos da marca sejam vendidos nos cinco anos seguintes ao seu registo, o que não terá acontecido neste caso.

Após dois anos de disputa, o Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia (EUIPO) deu razão à empresa gráfica, alegando que para uma marca registada ser válida, o seu proprietário não pode manter o anonimato e tem de vender materiais em que a marca seja usada.

Em 2019, a Full Colour Black deu início ao processo judicial e o artista de Bristol abriu uma loja em Londres. O EUIPO considera que a sua intenção de vender produtos com a marca registada se devia apenas ao facto de não querer perder os direitos sobre “The Flower Thrower”.

“A sua intenção não era a de usar a marca registada para comercializar bens, mas sim de contornar a lei“, disseram os representantes do instituto. Essas ações são inconsistentes com as práticas honestas”, acrescentaram.

Aaron Wood, advogado da Full Colour Black, disse que Banksy teria de sair do anonimato para poder reclamar os direitos autorais da sua obra. “Para isso, ele perderia a capa de anonimato. E ele não o faria.”

A empresa contestou as marcas registadas de outras obras de Banksy e deve, agora, contestar mais. “Na melhor das hipóteses, toda a obra registada do portfólio de Banksy está em risco”, disse o advogado.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Aproveitamento à descarada de uma situação excepcional em que um artista prefere usar o anonimato ao invés de vender a sua imagem pública. Vergonhoso

  2. Vamos ser realistas: se a ideia era ficar anónimo, este processo nem faz sentido. Diria até que deveria suportar todos os custos do processo judicial.
    Se a ideia era promover a sua obra (usando a técnica do anonimato até despertar o interesse das massas) – objetivo atingido! Agora é esquecer o que está para trás e começar a faturar. É o risco desta técnica.
    De qualquer forma, continuo a achar que os custos lhe deveriam ser imputados. Então, tanto anonimato, tanto anonimato, e agora já quer assumir a autoria?

RESPONDER

Orçamento não reflete "trabalho notável" dos profissionais de saúde, diz bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 não corresponde às "expectativas dos profissionais de saúde e dos portugueses" nem investe no Serviço Nacional …

Trump tem uma conta bancária na China (e andou uma década a tentar investir no país)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é detentor de uma conta num banco chinês, e há vários anos que tenta implementar negócios no país. Donald Trump passou uma década a tentar investir na China, onde …

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …

Grupo Luz Saúde foi o que mais faturou com a pandemia

O Grupo Luz Saúde faturou quase 40 milhões de euros com a venda de material à Direção-Geral da Saúde (DGS), a hospitais e até a autarquias. A GLSMed Trade, do grupo Luz Saúde, foi a empresa …

Pinto da Costa: "Varandas fará um grande serviço quando se dedicar à medicina"

Manchester City, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas foram alguns dos temas abordados por Pinto da Costa numa recente entrevista ao Porto Canal. Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa fez a antevisão ao encontro …

Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas "muito difíceis"

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado …

Algarve pode consagrar Lewis Hamilton como piloto mais vitorioso de sempre

O Autódromo Internacional do Algarve está a caminho de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Depois …

Antigo túmulo siberiano contém casal de guerreiros (e um enorme stock de armas)

Uma equipa de arqueólogos desenterrou um túmulo com 2.500 anos que continha os restos mortais de quatro pessoas da antiga cultura Tagar. Arqueólogos da Universidade Estadual de Novosibirsk, na Rússia, desterraram um túmulo com 2.500 anos …

OE2021. Governo perde fé nas negociações com o Bloco, mas conta com PAN e talvez PCP

As negociações com o Bloco para garantir a aprovação do Orçamento do Estado para 2021 não estão bem encaminhadas. O Governo espera contar com o PAN e talvez com o PCP. Um possível entendimento entre o …