Ban Ki-Moon recusa pedidos para extensão de mandato de Guterres

UN Geneva / Flickr

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O secretário-geral das Nações Unidas rejeitou o pedido de vários países para prolongar por mais um ano o mandato de António Guterres à frente do Alto Comissariado para os Refugiados (ACNUR).

De acordo com a agência Reuters, não se conhecem, para já, os motivos que levaram Ban Ki-Moon a rejeitar este pedido.

Os vários países queriam que António Guterres ficasse à frente do cargo por mais um ano devido ao agravamento da crise dos refugiados.

Segundo uma fonte ligada ao ACNUR, o secretário-geral da ONU quis resistir à pressão e quer optar por um processo eletivo normal, garantindo a hipótese de escolher um novo comissário.

São vários os membros que dizem que este comportamento é pouco habitual mas que Ban Ki-Moon está no seu direito.

O ex-Primeiro-Ministro português foi eleito para liderar o ACNUR em 2005, sendo reeleito em 2010. No início deste ano, a Assembleia-Geral decidiu prolongar, excecionalmente, o seu mandato até 31 de dezembro.

A saída de Guterres da ACNUR foi conhecida no início de setembro, tendo sido o seu nome apontado como um possível candidato para substituir Ban Ki-Moon.

Até agora, o comissário não anunciou qualquer tipo de decisão, no entanto, quando questionado sobre essa hipótese, não fechou a porta a uma possível candidatura.

Entrevistado pela Renascença, Guterres afirmou estar focado “nesta fase dramática” de crise migratória na Europa e empenhado em ser “capaz de fazer o melhor possível”, dizendo que “a seu tempo se verá” se se candidata, ou não, a secretário-geral da ONU.

Ban Ki-Moon chegou a dizer que prefere ser substituído por uma mulher, nomeadamente por uma pessoa proveniente dos países da Europa de Leste, tendo sido já apontado o nome de Irina Bokova, antiga Ministra dos Negócios Estrangeiros da Bulgária e atual diretora-geral da UNESCO.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …