Bale na China? “Não acreditem em tudo o que ouvem”

Emilio Naranjo / EPA

O jogador galês, que esta semana admitiu nem sequer saber quem é o primeiro-ministro britânico, continua envolvido em polémica no Real Madrid e fala-se de uma possível mudança para a China já em janeiro.

O agente de Gareth Bale, Jonathan Barnett, falou, esta terça-feira, sobre a polémica gerada em torno da recente viagem do jogador a Londres.

“Bale está eufórico, é jogador do Real Madrid. Não acreditem em tudo o que ouvem”, disse Barnett, citado pelo jornal A Bola, comentando os rumores que apontam uma possível saída para a China.

Segundo a edição desta terça-feira do jornal Marca, o avançado solicitou ao empresário uma saída do Real Madrid já em janeiro, durante a abertura do mercado de inverno.A eventual mudança para a China já tinha estado de pé durante o verão, quando o Shanghai Shenhua tentou o futebolista galês com um salário anual de 25 milhões de euros.

Questionado sobre esta possibilidade, durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo desta quarta-feira com o Leganés, o treinador do Real, Zinédine Zidane, afirmou que Bale tem “uma boa valorização”.

Temos uma boa valorização dele. É um jogador que está aqui, que se esforça e que quando não está é só porque se passa alguma coisa com ele e ponto. Se está aqui é porque tem alegria de estar aqui. O importante é que quando está a 100% sabemos o jogador que é e ele está concentrado em jogar bem para a equipa”, cita o Observador.

Bale tem estado no centro das atenções pela entrevista polémica ao The Telegraph, na qual admitiu que “vive numa bolha”, dizendo, por exemplo, que não sabe quem é o atual primeiro-ministro britânico.

“Só olho para o Brexit em termos económicos e do ponto de vista financeiro, se me afeta de certa maneira pelo dinheiro ou investimentos, mas não leio o resto das tontarias. Na verdade, não conheço 99% do que se passa no Brexit. Aliás, nem sequer sei quem é o primeiro-ministro britânico. Não posso dizer nada sobre isso, não estou interessado. Só sigo o golfe. Aí posso dizer quem é o número um do mundo”, afirmou, relembrando uma das suas maiores paixões, para além do futebol.

Na chegada ao aeroporto de Madrid, depois da deslocação à capital britânica, Bale também foi o centro das atenções por alegadamente ter ignorado uma criança que lhe pediu um autógrafo.

De acordo com A Bola, o companheiro de equipa, Luka Modric, já saiu em sua defesa, pedindo respeito pelo colega. “Bale e eu somos muito parecidos. Somos tímidos e não falamos muito. Bale fala e percebe espanhol. Existe bom ambiente no balneário e tem uma boa relação com os companheiros. Ele está satisfeito em Madrid e no maior clube do mundo. Agora, cada pessoa tem a sua maneira de ser e é preciso que o respeitem”, afirmou o croata, em declarações ao Club del Deportista.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.