Bailinho da Madeira: parlamento recebeu competição de dança

Pela primeira vez um evento de dança decorreu no salão nobre da Assembleia Legislativa da Madeira.

Provavelmente Max ficaria satisfeito ao saber que o salão nobre da Assembleia Legislativa da “sua” Madeira foi palco de um evento de dança.

Aconteceu neste domingo a final do DANÇARTE – Competição Regional de Dança. E o palco foi mesmo o Parlamento madeirense.

A competição decorreu ao longo deste fim-de-semana, sempre no salão nobre da Assembleia Legislativa da Madeira, contando com jovens bailarinos do projecto da Ballerina’s Academy (Academia de Dança), numa coprodução com o Teatral – Grupo Teatral de S. Gonçalo.

“Esta é a casa da democracia, é a casa da Autonomia, mas deve ser também uma casa da cultura“, justificou o presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, acrescentando que o Parlamento recebeu esta prova “com muito orgulho”.

José Manuel Rodrigues disse ainda, ao portal oficial da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, que “não há verdadeiramente autonomia se por detrás dessa autonomia não houver uma identidade cultural muito forte, e essa identidade cultural é feita pelas diversas artes onde se inclui, também, a dança”.

“Estarmos neste espaço dá dignidade a este evento, o que é realmente louvável”, afirmou João Rodrigues, Director Regional da Juventude.

Já Dalila Teixeira, directora e coordenadora do Ballerina’s Academy, considerou que este evento “tornou o sonho realidade”, para muitos jovens bailarinos.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE