Avião de carga russo cai na Síria e faz 32 mortos

aviamarkin / Flickr

Um avião de carga An-26

As autoridades russas anunciaram, esta terça-feira, a morte de 32 pessoas que seguiam a bordo de um avião de carga que se despenhou a 500 metros da pista de aterragem da base aérea da Rússia na Síria.

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, o An-26, com 26 passageiros a bordo e seis tripulantes, despenhou-se a 500 metros da pista de aterragem e descolagem da base aérea de Hmeimim.

A Rússia, país aliado do Presidente da Síria, Bashar Al-Assad, utiliza esta base militar no país, que se situa perto da cidade síria de Latakia e próximo da costa do Mediterrâneo.

Segundo as autoridades russas, citadas pela BBC, a aeronave não se incendiou e os dados preliminares indicam que se tenha tratado de um erro técnico.

Já foi aberta uma investigação para apurar as causas exatas do acidente.

Este incidente acontece uma semana depois de outras aeronaves russas terem ficado danificadas depois de um ataque dos rebeldes à base aérea, recorda a emissora britânica.

A Rússia é acusada de matar muitos civis inocentes com os seus bombardeamentos, mas o país nega sempre essas acusações, dizendo que só ataca apenas alvos de combatentes, cuja localização foi confirmada.

Esta terça-feira, a ONU responsabilizou, pela primeira vez, este país aliado de Assad pela morte de civis na Síria. Os investigadores disseram que um avião russo foi aparentemente responsável por um bombardeamento, em novembro, em Idlib, que matou 84 pessoas e deixou outras 150 feridas.

O relatório, publicado pela Comissão de Inquérito da ONU sobre a Síria, refere que aquele ataque em novembro à área densamente povoada, envolvendo armas não guiadas, “pode constituir um crime de guerra de lançamento de ataque indiscriminado que resultou na morte e ferimentos de civis”.

Num anexo ao relatório, os investigadores dão algumas informações sobre a ofensiva governamental em curso contra o enclave rebelde de Ghouta oriental, nos arredores de Damasco, lançada a 18 de fevereiro.

Indicam que o ataque à região tem sido marcado por prováveis crimes de guerra, que incluem “o uso de armas proibidas, o ataque contra civis, a fome como estratégia de guerra (…) e a habitual recusa de retirada de doentes”.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, 724 civis foram mortos na região de Ghouta oriental, entre os quais 170 crianças, desde 18 de fevereiro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dez funcionários agredidos no aeroporto de Lisboa em 3 meses

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) alertou, na quinta-feira, para as sucessivas agressões a trabalhadores da Groundforce nas portas de embarque do aeroporto de Lisboa, referindo "mais de uma dezena de episódios" …

Brasil vs Costa Rica | Triunfo arrancado a ferros

O Brasil deu um passo importante rumo aos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo, vencendo a Costa Rica por duas bolas a zero. Num jogo muito difícil do Grupo E ante uma Costa Rica muito fechada …

Europeus que quiserem continuar a viver no Reino Unido vão ter de pagar 74 euros

Se quiserem continuar a viver no Reino Unidos, os cidadãos europeus vão ter de pedir uma autorização de residência permanente. O Governo britânico prometeu um sistema fácil para quem quiser permanecer no país. Os cidadãos europeus …

Pode haver uma ligação entre o Alzheimer e vírus no cérebro

Cientistas sugerem a ligação entre a doença de Alzheimer, a forma mais comum de demência, e a presença de vírus no cérebro. O estudo identificou níveis elevados de dois tipos de herpesvírus humanos - 6A e …

Está provado: a teoria da gravidade de Einstein é válida noutras galáxias

Astrónomos provaram que a teoria da gravidade de Einstein é válida também em galáxias "vizinhas" da Via Láctea, ao realizarem pela primeira vez um teste preciso sobre a gravidade fora do Sistema Solar. Para fazer este …

"Mal-estar" no PSD. Deputados votaram à revelia de Rui Rio

A direcção do PSD considera "gravíssima" a decisão da bancada social-democrata de votar a favor do projecto do CDS-PP sobre combustíveis, notando que foi tomada "à revelia" de Rui Rio. Um dado que surge numa …

Fim das isenções para os Recibos Verdes na Segurança Social

O regime de contribuições para a Segurança Social dos chamados Recibos Verdes vai mudar em Janeiro de 2019. Uma das alterações mais significativas é o fim das isenções de pagamento para quem acumule o trabalho …

ERC "reprova veementemente" Porto Canal por divulgar e-mails do Benfica

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social decidiu "reprovar veementemente" o Porto Canal pela divulgação de e-mails do Benfica, após queixa das "águias". O operador televisivo anunciou que vai "impugnar judicialmente" a decisão. A decisão da …

Detido suspeito do homicídio do rapper XXXTentacion

Um homem suspeito de ter assassinado o rapper XXXTentacion foi detido na quarta-feira, dois dias depois do jovem de 20 anos ter sido baleado mortalmente, na Flórida, nos EUA. Segundo a agência Reuters, o suspeito, …

Constituição impede redução do preço dos combustíveis (pelo menos para já)

A esquerda e a direita juntaram-se contra o Governo e aprovaram a redução do imposto sobre os combustíveis, mas isso não significa que o preço final que os condutores portugueses pagam nas bombas de gasolina …