Universidade de Aveiro abre inquérito a professor por publicações racistas e homofóbicas

Jeedrek / Wikimedia

Universidade de Aveiro

O docente terá feito comentários depreciativos com teor racista, homofóbico e contra as medidas decretadas pelo Governo para combater a pandemia provocada pela covid-19.

O reitor da Universidade de Aveiro ordenou a abertura de inquérito processo a um professor do Departamento de Física por este ter publicado nas suas redes sociais mensagens de teor “discriminatório”.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Paulo Jorge Ferreira indicou que a instituição “não pactua” com este tipo de situações.

A decisão teve por base uma denúncia da organização Quarentena Académica de que o docente Paulo Lopes “assume um discurso de ódio contra vários sectores mais fragilizados da nossa sociedade nas suas redes sociais” e “ainda posições negacionistas sobre a pandemia de covid-19”.

De acordo com o JN, o perfil público do docente não tem mensagens desde 30 de dezembro sendo as que levaram à abertura do inquérito foram escritas até julho.

Segundo o jornal, o professor partilhou a 22 de janeiro uma notícia de uma mulher acusada de morder um polícia com o comentário “aquela preta julga que a cor da pele lhe dá o direito de ser agressiva e selvagem”.

A 29 de junho, no mês do orgulho da LGBTI+, comentou numa evocação ao cantor António Variações: “orgulho em ser-se doente e pervertido???”.

Já a 21 de abril, interrogou numa publicação se seria “o único à face da Terra a perceber que as quarentenas e isolamentos sociais servem… de RIGOROSAMENTE NADA???”.

O reitor assume ao JN que irá “até ao fim” para apurar os factos, uma vez que a “Universidade de Aveiro rejeita categoricamente qualquer discurso discriminatório”.

No entanto, frisou que não recebeu qualquer queixa por parte dos alunos e que decidiu agir pela tração que o tema estava a ganhar nas redes sociais.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu não sei como a aluna estava vestida, provavelmente não estaria vestida para ir à escola, eu fui criada e educada a vestir-me de acordo com a ocasião, mas se não houver nos estatutos nada especificado e se podem ir aos estudos como quem está na praia, paciência.

RESPONDER

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …