Autoeuropa avança unilateralmente com novos horários de trabalho

Dave Pinter / Flickr

Apesar de esta ser uma proposta unilateral, a administração da Autoeuropa vai satisfazer uma das reivindicações dos trabalhadores: o pagamento dos sábados a 100%.

A administração da Autoeuropa comunicou hoje aos trabalhadores a intenção de avançar unilateralmente, em janeiro, com um novo horário de produção de 17 turnos semanais, face à rejeição de dois pré-acordos negociados previamente com a Comissão de Trabalhadores.

Embora se trate de um acordo imposto unilateralmente, a administração da Autoeuropa promete pagar os sábados a 100%, equivalente ao pagamento como trabalho extraordinário, que era umas principais reivindicações dos trabalhadores.

Este pagamento dos sábados a 100% poderá ainda ser acrescido de mais 25%, caso sejam cumpridos os objetivos de produção trimestrais.

“Em finais de janeiro vamos iniciar o modelo de trabalho de 17 turnos semanais, que cumpre com a lei e garante a produção aos sábados a dois turnos”, refere um comunicado da empresa distribuído hoje de manhã aos trabalhadores.

“Claramente que vamos refletir no feedback que nos foi dado com o resultado do referendo. Embora tenham sido expressas muitas opiniões diferentes nas várias reuniões, entendemos que a maioria dos colaboradores está comprometida com o cumprimento do programa de produção do próximo ano”, acrescenta o comunicado.

No documento, a administração da Autoeuropa defende a necessidade de avançar com “um modelo de trabalho que seja legal” e refere que “as condições do pré-acordo rejeitado seriam possíveis apenas com uma autorização do Conselho de Administração da marca Volkswagen para o aumento dos custos de produção da fábrica, pelo que sem um acordo, não é possível manter essas condições”.

O novo horário, que entrará em vigor em finais de janeiro, deverá vigorar até ao mês de agosto de 2018. A Autoeuropa promete discutir o período após agosto com a Comissão de Trabalhadores.

Os novos horários de laboração contínua preveem quatro fins-de-semana completos e mais um período de dois dias consecutivos de folga em cada dois meses para cada trabalhador.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. … e é bom que os trabalhadores aceitem, ou procurem outro emprego, porque a paciência da empresa esgotou e já têm escolhida uma cidade alternativa para a deslocalização. Nesse caso, os trabalhadores ficarão com os sábados livres… e também com os restantes dias da semana.

    • É… pode ser que um dia a tua empresa também encontre algum desgraçado do Nepal (etc), que faça o teu trabalho por 100 ou 200€/mês e depois tu também vais ficar com o dias da semana livres!…

      • Carlos,
        é isso mesmo…
        Os sindicalistas que vão é para a linha trabalhar, em vez de andarem a fazer estão a defender os direitos dos trabalhadores! Há malandros que trabalham na Autoeuriopa que nunca aparafusaram um parafuso. Dizem que estão a trabalhar nos pelos direitos dos trabalhadores! LOL. Se fossem era trabalhar, os outros efectivamente tinham mais direitos…

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …

Deputados chumbam divulgação imediata e integral da auditoria ao Novo Banco

Os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) rejeitaram, esta quarta-feira, o requerimento do Bloco de Esquerda (BE) para divulgação pública imediata e integral do relatório de auditoria especial ao Novo Banco enviado pelo …

Bélgica recoloca Lisboa e região Centro no "vermelho"

As autoridades belgas aliviaram ligeiramente as medidas restritivas no quadro da pandemia da covid-19, apesar do aumento do número de casos, esta quarta-feira, e recolocaram a área metropolitana de Lisboa e a região centro de …

"É bastante provável que já se esteja a formar a covid-21"

Tudo "o que não sabemos" sobre o coronavírus - e é muita coisa! - é o que mais preocupa o especialista de Saúde Global do Conselho de Relações Externas dos EUA, Yanzhong Huang, que alerta …

Bruxelas propõe novo pacto para as migrações e pede compromisso a todos os Estados-membros

A Comissão Europeia propôs, esta quarta-feira, um novo Pacto para as Migrações e Asilo, à luz do qual "todos os Estados-membros, sem exceção", devem assumir as suas responsabilidades. Assumindo que "o sistema atual não funciona" e …