O aumento do nível da água do mar está a acelerar (e pode triplicar até 2100)

Mark Garten / UN Photo

Icebergs em Ilulissat Icefjord, Gronelândia

De ano para ano, o nível da água do mar aumenta. Um novo estudo, baseado em 25 anos de dados de satélite, sustenta o ritmo crescente da acelerada elevação do nível dos oceanos.

O aumento global do nível das águas do mar não está a avançar a um ritmo constante. Em vez disso, a cada ano, o aumento do nível dos oceanos acelera.

A taxa anual de crescimento do nível das águas do mar – cerca de três milímetros por ano – poderia triplicar, mais de 10 milímetros por ano até 2100. Esta é a conclusão de um estudo, que tem por base a análise de 25 anos de dados de satélite, publicado recentemente na Proceedings of the National Academy of Sciences.

O estudo determina também que, caso o ritmo atual se mantenha, os oceanos podem estar, em média, 66 centímetros mais elevados até ao final do século dentro das estimativas da União Europeia, podendo causar sérias complicações para as cidades costeiras.

“Esta aceleração, impulsionada em grande parte pelo degelo acelerado da Gronelândia e na Antártida, tem o potencial de duplicar a subida do nível da água do mar em 2100, em comparação com as projeções que supõem uma taxa constante: para mais de 60 centímetros, em vez de 30”, disse Steve Nerem, autor principal do estudo.

Baseado em 25 anos de dados de satélites, os resultados do estudo foram “de acordo com as projeções do 5º Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas”.

O aumento do nível dos oceanos é causado tanto por fenómenos naturais, que aumentam ou diminuem o nível da água de ano para ano, como por tendências de longo prazo relacionadas com as mudanças climáticas provocadas pelo Homem.

De acordo com o DW, as mudanças climáticas influenciam o aumento do nível da água do mar de duas formas distintas. Primeiro, as maiores concentrações de gases do efeito estufa na atmosfera aumentam a temperatura da água. Por sua vez, a água depois de aquecida, expande-se.

Essa “expansão térmica” dos oceanos já contribuiu para cerca de metade dos sete centímetros de aumento médio global dos oceanos dos últimos 25 anos, explicou Nerem, professor de Engenharia Aeroespacial na Universidade do Colorado Boulder.

Em segundo lugar, o derretimento acelerado de gelo nos polos também contribui para o aumento do nível das águas do mar, tendo sido esse o fator que mais contribuiu para impulsionar este ritmo de aceleração.

“Esse estudo destaca o papel importante que os registos de satélites podem ter para validar projeções do modelo climático”, disse o coautor John Fasullo, cientista climático do Centro Nacional para Pesquisa Atmosférica.

Foi no século XX que o nível das águas do mar começou a aumentar, tendo o ritmo acelerado devido ao aquecimento global causado pelas emissões de gases de efeito estufa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Investir em peças de Lego é mais rentável que comprar ações

Hoje em dia qualquer coisa pode ser construída com Legos. Segundo um estudo de uma professora da Escola Superior de Economia da Rússia, há empresários que preferem investir nas famosas peças da Lego do que …

Sporting vs Moreirense | Bom arranque vale triunfo ao leão

O Sporting não quis deixar fugir os seus adversários directos na luta pelo título e também venceu nesta primeira jornada da segunda volta. Os “leões” receberam e bateram o Moreirense por 2-1, num jogo em …

Alemã tricotou o "cachecol dos atrasos do comboio" e agora vendeu-o por sete mil euros no eBay

A passageira alemã Claudia Weber vendeu no eBay o cachecol que tricotou durante um ano e que representa o longo tempo de espera pelo comboio que a levava ao trabalho, todos os dias. A peça é …

Duas irmãs fingiram ser homens para salvar a barbearia da família

Jyoti e Neha, irmãs de 18 e 16 anos, respetivamente, fingiram ser homens para salvar a barbearia da família, localizada no estado de Uttar Pradesh, Índia, depois de o pai adoecer em 2014 "Eu estava a …

Tesla anuncia novos despedimentos (e são mais de três mil)

O presidente executivo da Tesla afirmou que a empresa vai suprimir cerca de três mil empregos e alertou para o "caminho muito difícil que tem pela frente" para produzir carros elétricos do Modelo 3 acessíveis …

InSight da NASA prepara-se para ouvir a "pulsação" de Marte

A NASA publicou esta semana imagens do sismómetro da sonda espacial InSight, que se prepara para ouvir a "pulsação" do solo marciano.  A agência espacial norte-americana descreve regularmente através da sua conta no Twitter como …

"Africa", dos Toto, vai tocar para sempre no deserto da Namíbia

"Africa", a canção dos "Toto", hit desde que foi lançada, em 1982, está a tocar para sempre no meio de um deserto na Namíbia, no continente que lhe dá nome. A instalação artística, da autoria de …

Liv deixou a escola por causa do bullying. Hoje, aos 20 anos, tem um negócio milionário

A empresária Liv Conlon abandonou os estudos aos 16 anos porque sofria bullying, montou um negócio imobiliário e agora a sua empresa fatura mais de um milhão de libras por ano. Hoje, ajovem de Bothwell, na …

Há um avião abandonado no aeroporto de Madrid (e ninguém sabe quem é o dono)

O avião, um Mc Donnell Douglas MD87, é o único naquelas condições em Barajas. Procura-se o dono da aeronave que está em “evidente estado de abandono”, de acordo com o aeroporto. Há um avião esquecido no …

Trump cancela viagens de democrata Nancy Pelosi. "Apanhe um voo comercial"

Donald Trump obrigou a presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, a desmarcar as viagens que tinha agendadas a Bruxelas e ao Afeganistão. Donald Trump usou o argumento do shutdown, a paralisação dos gastos …