O aumento do nível da água do mar está a acelerar (e pode triplicar até 2100)

Mark Garten / UN Photo

Icebergs em Ilulissat Icefjord, Gronelândia

De ano para ano, o nível da água do mar aumenta. Um novo estudo, baseado em 25 anos de dados de satélite, sustenta o ritmo crescente da acelerada elevação do nível dos oceanos.

O aumento global do nível das águas do mar não está a avançar a um ritmo constante. Em vez disso, a cada ano, o aumento do nível dos oceanos acelera.

A taxa anual de crescimento do nível das águas do mar – cerca de três milímetros por ano – poderia triplicar, mais de 10 milímetros por ano até 2100. Esta é a conclusão de um estudo, que tem por base a análise de 25 anos de dados de satélite, publicado recentemente na Proceedings of the National Academy of Sciences.

O estudo determina também que, caso o ritmo atual se mantenha, os oceanos podem estar, em média, 66 centímetros mais elevados até ao final do século dentro das estimativas da União Europeia, podendo causar sérias complicações para as cidades costeiras.

“Esta aceleração, impulsionada em grande parte pelo degelo acelerado da Gronelândia e na Antártida, tem o potencial de duplicar a subida do nível da água do mar em 2100, em comparação com as projeções que supõem uma taxa constante: para mais de 60 centímetros, em vez de 30”, disse Steve Nerem, autor principal do estudo.

Baseado em 25 anos de dados de satélites, os resultados do estudo foram “de acordo com as projeções do 5º Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas”.

O aumento do nível dos oceanos é causado tanto por fenómenos naturais, que aumentam ou diminuem o nível da água de ano para ano, como por tendências de longo prazo relacionadas com as mudanças climáticas provocadas pelo Homem.

De acordo com o DW, as mudanças climáticas influenciam o aumento do nível da água do mar de duas formas distintas. Primeiro, as maiores concentrações de gases do efeito estufa na atmosfera aumentam a temperatura da água. Por sua vez, a água depois de aquecida, expande-se.

Essa “expansão térmica” dos oceanos já contribuiu para cerca de metade dos sete centímetros de aumento médio global dos oceanos dos últimos 25 anos, explicou Nerem, professor de Engenharia Aeroespacial na Universidade do Colorado Boulder.

Em segundo lugar, o derretimento acelerado de gelo nos polos também contribui para o aumento do nível das águas do mar, tendo sido esse o fator que mais contribuiu para impulsionar este ritmo de aceleração.

“Esse estudo destaca o papel importante que os registos de satélites podem ter para validar projeções do modelo climático”, disse o coautor John Fasullo, cientista climático do Centro Nacional para Pesquisa Atmosférica.

Foi no século XX que o nível das águas do mar começou a aumentar, tendo o ritmo acelerado devido ao aquecimento global causado pelas emissões de gases de efeito estufa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Comic Con Portugal troca Matosinhos por Oeiras

A edição de 2018 da Comic Con Portugal vai realizar-se no concelho de Oeiras, e não em Matosinhos como nos últimos anos, de acordo com um comunicado divulgado esta terça-feira pela autarquia presidida por Isaltino …

A 24 de março, estudantes americanos vão marchar pelas suas vidas em Washington

Um grupo de estudantes que sobreviveu ao tiroteio da semana passada, numa escola de Parkland, na Flórida, está a preparar uma marcha em Washington para exigir mudanças na política de armamento dos Estados Unidos. Os sobreviventes do …

Oxfam: mais 26 casos denunciados e cada vez menos financiamento

A Oxfam revelou que recebeu 26 novas denúncias de má conduta sexual por parte de funcionários. A confirmação foi dada esta terça-feira por Mark Goldring, presidente executivo da organização, no parlamento britânico. Desde que o escândalo …

Exército alemão sem equipamentos básicos como coletes de protecção e abrigos de Inverno

A Alemanha, uma das principais economias da Europa, tem um dos exércitos mais mal equipados da NATO, de acordo com um documento confidencial do Ministério da Defesa alemão que foi divulgado por órgãos de informação. Segundo …

Vítor Constâncio deixa BCE com reforma milionária

Quando em Maio deixar o cargo de vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio vai ter direito a uma "reforma dourada" de 25 mil euros por mês. Os números correspondem à pensão do BCE …

Hugo Soares acusa direção do PSD de "desrespeito institucional grave"

O presidente do PSD não convocou o líder parlamentar, Hugo Soares, para a Comissão Permanente nem para Comissão Política Nacional. Estatutos dizem que presidente da bancada tem assento nos órgãos. O Observador avança que hoje, pelas …

Análises ao sangue e urina poderão detetar precocemente doenças do espectro do autismo

Análises inovadoras ao sangue e à urina poderão vir a detetar precocemente o autismo nas crianças, ligado a danos nas proteínas que estão no plasma sanguíneo. Uma equipa de cientistas baseada na universidade britânica de Warwick …

Torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa estão sem vigilância durante 14 horas por dia

As torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), onde no início de fevereiro houve desacatos com os reclusos, estão sem vigilância durante 14 horas por dia. O aviso é do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda …

Novos modelos fornecem informações do coração da Nebulosa Roseta

Uma nova investigação, liderada pela Universidade de Leeds, fornece uma explicação para a discrepância entre o tamanho e idade da cavidade central da Nebulosa Roseta e o tamanho e idade das suas estrelas centrais. A Nebulosa …

Novo partido da direita francesa quer o Frexit

O ex-número dois de Marine Le Pen desfiliou-se da Frente Nacional em setembro do ano passado e assumiu no domingo a liderança do recém-criado partido: Os Patriotas. Nasceram oficialmente no domingo mas já contam com 6500 …