Atriz de Caça-Fantasmas abandona Twitter após ataque racista massivo

Frank Ockenfels / CTMG

A atriz Leslie Jones, que interpreta a personagem Patty no remake do filme Ghostbusters

A atriz Leslie Jones, que interpreta a personagem Patty no remake do filme Ghostbusters

Esta segunda-feira, a atriz Leslie Jones, uma das protagonistas do filme Caça-Fantasmas, começou a divulgar no Twitter alguns dos ataques que estava a sofrer nas redes sociais por ser mulher e negra.

Leslie Jones, conhecida por fazer parte do elenco do Saturday Night Live, afirma ter abandonado o Twitter a chorar devido ao ódio recebido apenas por ter feito um filme. Mais do que isso, que as críticas não eram pelo filme em si, mas pelo fato de ser negra.

Depois de expor os agressores, Leslie Jones fez um apelo público para que o Twitter interviesse na questão.

Em nota ao site BuzzFeed, um porta-voz do Twitter afirmou que esse tipo de comportamento racista não é tolerado e que já tomaram as devidas providências contra várias das contas que foram denunciadas pela atriz e pelos fãs.

Esta quarta-feira, finalmente, o Twitter baniu permanentemente a conta de Milo Yiannopoulos, um utilizador com 338 mil seguidores online que terá liderado as mensagens racistas contra a atriz.

O editor de tecnologia do site Breitbart, que tinha publicado uma crítica mordaz ao filme, começou por responder com sarcasmo às queixas da atriz: “Se não atingires o sucesso à primeira (porque o teu trabalho é um lixo), faz o papel de vítima”.

Milo Yiannopoulos, que se autoproclamava “o maior supervilão da internet”, já fez declarações polémicas como comparar a cultura da violação às histórias do Harry Potter (“são ambos fantasia”), referir-se a Donald Trump carinhosamente como “papá” e afirmar-se como porta-voz do movimento Gamergate, conhecido por atacar mulheres que trabalham na indústria de videojogos.

Antes de ser banido, Yiannopoulos afirmou ao site inglês Heat Street que “evidentemente” não se arrependia do seu comportamento em relação à atriz, mas as feministas, por outro lado, deviam arrepender-se de ensinar às mulheres fortes que elas são vítimas e de atacarem pessoas por possuírem opiniões diferentes das delas.

Ataques racistas

Contrariando todas as expectativas dos pessimistas, a nova versão de “Ghostbusters” tem arrancado vários elogios da crítica e do público.

No entanto, a atriz Leslie Jones, que interpreta a personagem Patty no novo filme, acabou por se tornar o principal alvo dos comentários maliciosos contra o filme, a grande maioria de cunho racista.

Entre os insultos que recebeu nas redes sociais, Leslie Jones denunciou ter sido chamada de “macaca” diversas vezes, além de ter recebido fotos de traseiros, pénis e até uma foto sua com esperma sobre o rosto.

A atriz começou por reagir partilhando as mensagens, expondo os agressores na esperança que as pessoas fossem atrás deles da mesma maneira com que esses utilizadores foram até ela.

No entanto, a própria classe artística tratou de defender Jones da loucura que se tornou o Twitter.

O diretor do novo Caça-Fantasmas, Paul Feig, comentou o caso afirmando que a atriz é uma das melhores pessoas que já conheceu e que qualquer ataque contra ela é um ataque contra todos.

A atriz Katie Dippold, que também participa do filme, foi outra que comentou o caso, ainda que de maneira mais discreta, ressaltando o brilhantismo da sua colega de trabalho.

Os utilizadores também reagiram em defesa de Jones. Utilizando a hashtag #LoveForLeslieJ, começaram a enviar mensagens destacando tudo aquilo que ela já fez de bom, inspirando raparigas negras com as suas personagens ou e elogiando as suas participações no programa Saturday Night Live.

Ainda assim, a atriz afirmou que o episódio serviu para que deixasse de ser ingénua a ponto de acreditar que o racismo não existe mais, e que “este é um mundo em que precisamos dizer mesmo que as vidas negras importam, sim“.

Canal Tech

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Deve ser tão verdade como o grupo de adolescentes africanas que chamaram a policia porque estavam alegadamente a ser atacadas por um grupo de 20 brancos, quando as filmagens mostraram elas as agressoras de um grupo de nerds pacíficos

    Ou do policia africano que escreveu para si próprio e a esquadra uma carta falsa de um KKK a chama-los de nojentos e a invocar White power.

    Ou a africana que foi para as noticias dizer que o policia gritou com ela e lhe apontou uma arma, quando a o sistema de vigilância do carro policia mostra os 2 a falar calmamente.

    Hoje em dia, se não existe racismo, inventa-se.. é sempre noticia, convém relembrar e reforçar que o branco é sempre o diabo e o africano a vitima.

  2. Acho que podiam ver as coisas como deve ser … ela foi racista perante uma pessoa primeiro … e muitas pessoas responderam a isso … já para não falar que a pessoa em questão, Milo Yiannopoulos, não foi racista para a atriz aqui em questão e viu a sua conta a ser banida do Twitter …

    Enfim mais uma noticia nos “media” com uma agenda ou a procura de click baits … sem passarem o que realmente se passou, enfim.

    E para acabar, já não é a primeira vez, e nem a ultima infelizmente, que se vê uma pessoa de cor “preta” a ser racista no twitter e a não lhe acontecer nada, como foi o caso desta atriz …

  3. Tipica noticia/jornalismo “Mainstream”, o filme com o trailer com mais “dislikes” da história do Youtube, porque demostra que o original ainda consegue ter melhores efeitos especiais e melhor história que este, e tentaram tornar uma questão de racismo/sexismo dizem que tem recebido boas criticas. Segundo foi a Leslie que insultou e pediu aos seus seguidores para insultar outras pessoas (Milo Incluido) que é contra as regras do Twitter e Milo só porque lhe respondeu que ela se estava a fazer de vitima e noutro post dela com erros disse que era o sistema de ensino funcionava bem. Como ele afirma deve ter sido banido por ser um “Faggot” conservador e por causa da Censura mascarada de “safe spaces /Hate Speech” .

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …