Atraso de deputados do PS chumba relatório final do inquérito à CGD

Tiago Petinga / Lusa

O deputado do Partido Socialista (PS), João Galamba.

A parte mais relevante do relatório final da comissão de inquérito aos créditos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) foi chumbada no Parlamento, devido à ausência de dois deputados do PS que chegaram atrasados aos trabalhos.

No momento em que a globalidade do texto do relator Carlos Pereira (PS) ia ser votado, encontravam-se na sala cinco deputados do PS (de um total de sete efectivos), um do Bloco de Esquerda (BE) e um do PCP, que viabilizariam o relatório, mas os seis deputados do PSD e o elemento do CDS-PP presentes empataram a votação – e no caso de empate, o regulamento determinou que o texto fosse chumbado.

Os deputados do PS ausentes foram João Galamba e Susana Amador que chegaram, mais tarde, após “a confusão levantada e os muitos telefonemas feitos”, só a tempo da segunda parte da votação, conforme relata o Observador.

A TSF fala também de uma “reunião atribulada”, realçando que os “trabalhos chegaram a ser interrompidos durante largos minutos, com muita agitação nos corredores parlamentares”.

O Observador conta que ainda se esgrimiram argumentos, com o PS a alegar que a votação era feita “por grupo parlamentar” e com os deputados de PSD e CDS a acenarem com o artigo 20º do Regime Jurídico dos Inquéritos Parlamentares, apontando que “conta o voto de cada membro da comissão presente no momento da votação”.

No final de contas, venceu a posição dos partidos de direita e a primeira parte do relatório final foi chumbada. De notar que PSD e CDS tinham criticado fortemente algumas das conclusões aí inscritas.

O atraso de Susana Amador terá sido motivado por estar retida na comissão do Ensino Superior, enquanto João Galamba “estava fora do Parlamento” por “motivos pessoais”, conforme apurou o Observador.

PSD diz que com o chumbo “fez-se justiça”

Com o chumbo ao corpo global do relatório final da comissão de inquérito, passaram apenas algumas recomendações do texto do relator Carlos Pereira.

“Não podíamos pactuar com aquilo que já anunciámos como sendo um dos maiores branqueamentos que o Parlamento já fez“, disse o deputado coordenador do PSD, Hugo Soares, considerando que “ao chumbar-se o relatório final fez-se justiça de mostrar ao país que não houve uma comissão parlamentar de inquérito séria”.

Os grupos parlamentares “assumem as responsabilidades pelas presenças e ausências na sala”, disse depois o comunista Miguel Tiago, que não deixou de criticar o PSD por votar contra recomendações para que a CGD fosse 100% detida pelo Estado.

O presidente da comissão de inquérito, Emídio Guerreiro, sublinhou no final dos trabalhos ser “cada vez mais premente” ser revisto o enquadramento das comissões parlamentares de inquérito para que estas no futuro consigam ir “mais longe” e superar “obstáculos”.

A comissão de inquérito debruçou-se sobre a gestão do banco público desde o ano 2000, culminando no processo de recapitalização de cerca de 5.000 milhões de euros aprovado entre o Governo português e a Comissão Europeia, depois de a CGD ter apresentado um prejuízo histórico de 1.859 milhões de euros em 2016.

Ao mesmo tempo, decorre no parlamento uma segunda comissão de inquérito sobre o banco público, esta focada na gestão de António Domingues e na actuação do Governo na nomeação e saída do gestor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Que esse Galamba era um atrasado do piorio já eu tinha topado há muito ….

    Agora que fosse tão irresponsável para desertar numa votação tão importante para o PS porque iria tentar branquear a culpa dos seus Boys (Varas e outras bostas associadas) é que eu não esperava …. deve ter ido mudar o óleo ao brinco …

  2. Pois é : são a porcaria dos políticos que temos e a responsabilidade que demonstram no exercício das suas funções, infelizmente é esta gente que nos governa e que têm o ordenadinho, (Ordenadão) sempre a tempo e horas e todas as mordomias.
    Não há ninguém que acabe com esta seita de incompetentes, é tudo farinha do mesmo saco e não há volta a dar, deram-lhes o poder para tudo, agora temos de aguentar

  3. Eh, eh, eh. Quem não viu que vá ver as imagens, dá vontade de rir.
    Essa escumalha da geringonça queria mesmo aprovar o texto, mesmo contra a lei, e não foi à primeira que deram o braço a torcer à força da razão, era vê-los a tentar justificar o injustificável. Cambada de parasitas e incompetentes agarrados à mama do poder.

  4. Isto só pode mesmo ser para rir. Isto é total irresponsabilidade. E anda o país entregue a pessoas destas. Se chego atrasada ao emprego , sou repreendida. Se repito vou para o olho da rua. E estes senhores?

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …