Detectada actividade cerebral inexplicável 10 minutos depois da morte

Médicos canadianos depararam-se com um caso muito estranho. Quando os aparelhos de suporte de vida de um paciente foram desligados, o indivíduo apresentou atividade cerebral persistente mesmo depois de ser declarado clinicamente morto.

Durante mais de dez minutos os médicos confirmaram a morte com várias observações, incluindo a ausência de pulsação e pupilas não responsivas. Mesmo assim, o paciente tinha as mesmas ondas cerebrais do sono.

“No paciente, as ondas delta persistiram depois de não haver qualquer ritmo cardíaco e pressão sanguínea”, informaram os médicos da Universidade de Western Ontario.

Os especialistas também descobriram que a morte pode ser uma experiência única para cada indivíduo. Outros três pacientes terminais que também tiveram os aparelhos desligados no mesmo hospital foram acompanhados, e os médicos observaram que as suas atividades cerebrais eram diferentes, tanto antes como depois da morte clínica.

“Havia uma diferença significativa na amplitude da eletroencefalografia entre 30 minutos antes e 5 minutos depois de ser declarada a morte”, explica Loretta Norton, líder da equipe de médicos que registou o fenómeno.

Os médicos dizem que ainda é muito cedo para saber o que é que este acontecimento significa para a experiência da pós-morte. Na ausência de qualquer explicação biológica sobre o que fez o cérebro continuar ativo durante tanto tempo depois da ausência de batimentos cardíacos, os especialistas dizem que a observação pode estar incorreta.

Mas os equipamentos utilizados não mostram defeito ou sinal de funcionamento incorreto.  Os exames realizados aos quatro pacientes mostram o momento da morte no 0, e quando o coração parou de bater alguns minutos depois dos aparelhos terem sido desligados.

Atividade cerebral inexplicável é identificada 10 minutos depois da morteA atividade cerebral desaparece alguns minutos antes do coração parar de bater nos pacientes 1, 2 e 3. No entanto, no paciente 4 a atividade cerebral continua durante 10 minutos e 38 segundos, depois da morte clínica.

As observações foram publicadas na revista The Canadian Journal of Neurological Sciences.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sporting vs Boavista | Leão ruge pela margem mínima

Sporting não vacilou na luta pelos primeiros lugares da Liga NOS e venceu o Boavista em casa por 1-0. Num jogo nem sempre bem disputado, mas de praticamente sentido único, faltou algum poder de fogo aos …

Tribunal reacende polémica da selfie do macaco Naruto

Um Tribunal de Apelação, nos Estados Unidos, acaba de reacender a polémica do processo da selfie do macaco Naruto. O órgão garante que ainda irá julgar uma decisão final sobre o assunto, mesmo que já tenha havido …

A pessoa mais velha do mundo morreu aos 117 anos

A mulher mais velha do mundo morreu este sábado à noite, no Sul do Japão, com 117 anos de idade. De acordo com a Associated Press (AP), Nabi Tajima, aquela que era considerada a pessoa mais …

Correntes oceânicas intensas podem ser criadas por insetos ridiculamente pequenos

Uma investigação recente concluiu que pequenos organismos marinhos podem desempenhar um papel significativo nas correntes oceânicas. Cientistas demonstraram agora que algumas das menores criaturas do oceano podem ter um impacto descomunal nas ondas do oceano, com …

Antibiótico para a artrite manchou os olhos de um norte-americano de azul

Um norte-americanos, de 70 anos, viu os seus olhos ficarem completamente manchados de azul, graças a um antibiótico para a artrite inflamatória. Olhos azuis são muito comuns, mas a parte branca dos nossos olhos - a …

Atrizes de "Smallville" envolvidas em seita de tráfico sexual. "Chloe" detida

Allison Mack, conhecida pelo seu papel na série televisiva "Smallville", foi detida e acusada de tráfico sexual pela sua alegada ligação à seita Nxivm. Allison Mack, de 35 anos, atriz da série "Smallville", deverá comparecer em …

Naturopata tratou criança de 4 anos com saliva de cão raivoso

Uma naturopata canadiana tratou um criança hiperativa de 4 anos com saliva de um cão raivoso. O anúncio surpreendeu a comunidade médica internacional, que reagiu de forma negativa. Uma naturopata canadiana assumiu no seu blogue pessoal …

Ilha troca de país a cada seis meses

No meio do rio Bidasoa, entre França e Espanha, há uma ilha que vai alternando de nacionalidade de seis em seis meses. A ilha mede apenas 38 metros de largura e 215 de comprimento, medidas que lhe …

Cientistas criam implante vaginal que promete proteger as mulheres do VIH

O novo dispositivo desenvolvido por cientistas na Universidade de Waterloo, no Canadá, faz com que o número de células do VIH que se fixam no trato genital feminino diminua. Já há um implante que protege as …

Mais de 20 mortos em protestos na Nicarágua

Mais de duas de dezenas de pessoas, entre as quais um jornalista, morreram durante os protestos na Nicarágua contra a reforma da segurança social do Governo de Daniel Ortega. A Associated Press (AP) relata que num …