Astrónomos observam “anel de neve” de explosão estrelar pela primeira vez

NRAO/AUI/NSF

O anel de neve se formou a uma distância maior do que o normal, o que possibilitou a observação

O anel de neve se formou a uma distância maior do que o normal, o que possibilitou a observação

O supertelescópio ALMA, no Deserto do Atacama, observou pela primeira vez a formação de um anel de neve após a explosão de uma estrela.

O telescópio Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) fica a cinco mil metros de altitude e mostrou com detalhes o surgimento da camada de neve na estrela V883 Orionis.

Segundo os cientistas responsáveis pelo telescópio, o anel de neve formou-se dentro do chamado disco protoplanetário – material denso formado de gás e poeira que circunda estrelas novas e é responsável pela formação de planetas.

A descoberta, publicada esta quinta-feira na Nature, pode ajudar nas pesquisas sobre a formação e evolução dos planetas.

Os cientistas acreditam que essas explosões sejam um estágio da evolução da maioria dos sistemas planetários, ou seja, esse pode ser apenas o primeiro registo de um fenómeno relativamente comum.

Temperatura

O anel de neve marca o local do disco onde ocorreu uma grande queda de temperatura.

Com o aumento na luminosidade da estrela, a parte interna do disco aqueceu, empurrando esse anel gelado para uma distância dez vezes maior do que o normal para uma estrela em formação, o que teria possibilitado a observação do fenómeno pela primeira vez.

O resultado é que dentro dos discos há vapor de água, que na parte externa dos anéis congela sob a forma de neve.

Estas linhas são importantes porque definem a estrutura e arquitetura básica de sistemas planetários como o nosso. Elas normalmente estão localizadas a uma distância de três unidades astronómicas da estrela – cada unidade astronómica corresponde a 150 milhões de quilómetros.

No entanto, na observação feita pelo ALMA à V883 Orionis, o anel de neve está localizado a mais de 40 unidades astronómicas da estrela central, o que terá facilitado a identificação do fenómeno.

Como se trata de uma estrela em estágio de formação, as explosões provocam temperaturas altíssimas e muita luminosidade devido à transferência de material do disco para a parte interna do astro.

Esta temperatura alta teria aquecido o disco, o que afastou o anel de neve a uma distância maior do que o normal.

ALMA

Explosão da estrela V883 Orionis levou ao fenómeno

Explosão da estrela V883 Orionis levou ao fenómeno

“Os registos do ALMA vieram como uma surpresa para nós. As nossas observações foram feitas para identificar fragmentos dos discos que poderiam ajudar-nos nas pesquisas sobre a formação dos planetas. Não vimos nada disso, mas em contrapartida encontramos o que pode ser um anel a 40 unidades astronómicas”, afirma Lucas Cieza, cientista responsável pelo estudo.

Na estrela solar – que deu origem ao nosso sistema Solar -, esse disco protoplanetário estava entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Isto explica porque é que os planetas mais rochosos – como Mercúrio, Vénus, Terra e Marte – se formaram dentro do disco, enquanto os planetas mais gasosos – como Saturno, Urânio e Neptuno – se formaram do lado de fora.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …