Astrónomos intrigados com misteriosa nebulosa incandescente

Universidade da Califórnia em Santa Cruz

O mapa de cor mostra o brilho da superfície da nebulosa MAMMOTH-1 e as seta vermelha mostra a sua extensão espacial

Um grupo de astrónomos descobriu uma gigante e incandescente bolha de gás no Universo, mas não conseguem descobrir como é que a nebulosa está a ser iluminada.

Este objeto está localizado no centro de um enorme aglomerado de galáxias antigas a cerca de 10 mil milhões de anos-luz da Terra, e é o objeto cósmico mais brilhante do seu tipo já encontrado, e um dos maiores. No entanto, não há nenhuma fonte óbvia do seu poder.

O objeto, chamado de “Nebulosa Lyman-alfa” (ELAN), é uma enorme nuvem de hidrogénio, uma enorme concentração de gás, do tamanho de várias galáxias, ou seja, um tamanho de várias centenas de milhares anos-luz.

Enquanto que as outras ELANs descobertas até hoje parecem ser alimentadas pela radiação intensa emitida por quasares, formações de estrelas, ou supernovas, nenhum destes eventos foi encontrado perto deste último exemplo, apelidado de nebulosa MAMMOTH-1.

De acordo com o estudo publicado no Astrophysical Journal, a luz observada pelos cientistas tem o mesmo comprimento de onda que é absorvido e emitido por átomos de hidrogénio enquanto arrefecem – uma descarga conhecida como radiação Lyman-alpha.

Um objeto semelhante foi descoberto em 2000, conhecido como o Lyman-alfa blob 1, localizado na constelação sul de Aquarius, a cerca de 11,5 mil milhões de anos-luz da Terra.

Com um tamanho três vezes maior do que nossa galáxia, a nebulosa descoberta há 17 anos é enorme e extremamente verde, mas até hoje ninguém soube dizer o que está a iluminá-la.

Os cientistas afirmam que os buracos negros supermassivos que engoliam a matéria em galáxias dentro da região central dessa nebulosa poderiam ser responsáveis pela sua incandescência. Agora, a equipa por trás da nova descoberta suspeita que pode estar a acontecer a mesma coisa com a nebulosa MAMMOTH-1.

Vários especialistas apresentaram teorias sobre o motivo do brilho da nebulosa MAMMOTH-1, mas as mais prováveis giram em torno de radiação ou de descargas provenientes de um núcleo galáctico ativo (AGN).

O núcleo galáctico ativo é uma região compacta no centro de galáxias que têm uma luminosidade muito maior do que é normal. A equipa de cientistas explica que os AGNs são alimentados por um buraco negro supermassivo que se alimenta ativamente de gás no centro de uma galáxia e são conhecidos por serem fontes de luz.

A radiação intensa emitida por AGNs ioniza o hidrogénio no espaço e isso pode fazer com que as ELANs emitiam uma radiação Lyman-alfa muito brilhante.

Os quasares – os objetos mais brilhantes do Universo – são conhecidos por serem os AGNs mais luminosos, mas, segundo os cientistas, a nebulosa MAMMOTH-1 não está associada a nenhum quasar.

“Ele tem todas as características de um AGN, mas ainda não observamos nada nas nossas imagens óticas. Acho que há um quasar por perto que está tão escurecido pela poeira que a maior parte de sua luz está escondida”, afirmou Xavier Prochaska, da Universidade da Califórnia em Santa Cruz.

A equipa está a trabalhar para detetar um quasar a cerca de 10 bilhões de anos-luz da Terra mas, até lá, a mais brilhante nebulosa conhecida continuará a ser um mistério cósmico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …