Asteroide surpresa acabou de passar muito perto da Terra

JPL / CalTech / NASA

-

Na manhã desta segunda-feira, um asteroide do tamanho de um prédio de dez andares quase atingiu a Terra. O objeto, chamado 2017 AG13 foi identificado apenas no último sábado pelo Catalina Sky Survey da Universidade do Arizona.

O asteroide tem entre 15 e 34 metros de largura e passou pela Terra a 16 km/s, a metade da distância entre a Terra e a Lua.

“Moveu-se muito rapidamente e muito perto de nós”, disse Eric Feldman, astrónomo da Slooh, uma empresa que divulga imagens ao vivo do espaço.

“O asteroide passou pela órbita de dois planetas, Vénus e Terra”, sublinhou Feldman.

Mas, o que teria acontecido se o asteroide tivesse atingido a Terra?

Cientistas da Universidade de Purdue, nos EUA, criaram um simulador chamado “Impact Earth!” que examinou esta possibilidade, e os resultados sugerem que provavelmente não teria sido tão mau como pensávamos.

Se um corpo rochoso de 34 metros de largura tivesse atingido a Terra com um ângulo de 45 graus, teria sido transformado em pó ao atravessar a atmosfera.

O impacto seria suficiente para libertar 700 quilotons de energia, dezenas de vezes mais do que a bomba atómica de Hiroshima.

Mas, como isso aconteceria a uma altura de 16 quilómetros, o som ouvido pelos seres humanos seria o equivalente a uma estrada com muito trânsito. Segundo os cientistas, impactos como este acontecem a cada 150 anos, mais ou menos.

No entanto, os especialistas do observatório do Slooh discordam, apontando que o 2017 AG13 tem um tamanho semelhante ao asteroide que atingiu a Rússia em 2013 e assustou muita gente com a explosão de luz e com milhares de janelas partidas, em Chelyabinsk.

Mark Sykes, diretor do Instituto de Ciência Planetária nos EUA, afirma que os “quase-impactos” entre asteroides e a Terra não são raros.

“Não é um evento assim tão raro, e esse é um dos motivos que o torna tão interessantes”, destacou Sykes.

Apenas no mês de janeiro, são esperadas pelo menos 38 aproximações com a Terra de asteroides parecidos com o 2017 AG13, de acordo com a NASA.

Enquanto que o 2017 AG13 pode ter passado despercebido pelo NEOCam – o telescópio infravermelho responsável por detetar objetos espaciais com cerca de 140 metros de largura – a missão espera conseguir descobrir 10 vezes mais objetos perto da Terra.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …