Para “fazer renascer o CDS”. Assunção Cristas ao lado de Nuno Melo

3

António Pedro Santos / EPA

Na véspera do Congresso do CDS-PP, que irá eleger o sucessor de Francisco Rodrigues dos Santos, Assunção Cristas declara apoio a Nuno Melo.

A ex-presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, declarou esta sexta-feira o seu apoio ao eurodeputado Nuno Melo que concorre à liderança do partido, na véspera do Congresso que irá eleger o sucessor de Francisco Rodrigues dos Santos.

Foi numa publicação no Facebook que Cristas salientou que, “num momento tão difícil para o partido”, Nuno Melo “é quem está em melhores condições para ajudar a fazer renascer o CDS”.

“É com sentido de gratidão que vejo o Nuno Melo avançar para a liderança do CDS. Contei com o Nuno como meu vice-presidente e conheço a sua combatividade e qualidades humanas e políticas”, escreveu.

“Que o congresso corra muito bem e seja um momento de união e afirmação é o meu profundo desejo”, acrescentou ainda.

O 29.º Congresso do CDS-PP decorre este fim de semana, dias 2 e 3 de abril, em Guimarães, no distrito de Braga.

Na reunião magna vai ser eleito o sucessor de Francisco Rodrigues dos Santos, que se demitiu da presidência do partido e não se recandidata, na sequência dos resultados eleitorais nas legislativas de 30 de janeiro.

Além de Nuno Melo, concorrem à liderança centrista Miguel Mattos Chaves, ex-líder da concelhia da Figueira da Foz e vogal da Comissão Política Nacional; Nuno Correia da Silva, antigo vereador da Câmara de Lisboa e vogal da Comissão Política; e Bruno Filipe Costa, antigo membro da concelhia de Lisboa.

Os estatutos do partido permitem o surgimento de outras candidaturas durante o congresso, pelo que pode aparecer um quarto candidato-surpresa.

  Liliana Malainho, ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.