Associação alerta para falhas de segurança em discotecas temporárias

ddxxx / Flickr

A associação de discotecas algarvias alertou hoje para a abertura de espaços de diversão nocturna temporários na região sem condições de segurança, apontando responsabilidades a autarquias, Protecção Civil e Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Em comunicado, a Associação de Discotecas do Sul e Algarve (ADSA) dá como exemplo os anúncios de abertura nas próximas semanas de um espaço no centro de congressos de um hotel em Vilamoura e de outro em Vale do Lobo, ambos em Loulé, apesar de este último ter sido embargado pelo município.

À Lusa, o presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, assegurou que a autarquia tem respeitado a legislação vigente, licenciando o que é possível à luz da lei dos recintos improvisados e da lei do ruído e indeferindo os que não são passíveis de serem licenciados.

Em Vilamoura estão licenciados um espaço junto à marina, que já abriu ao público, e outro que funciona no antigo hipódromo local e cuja abertura está prevista para sábado.

Também em Vilamoura, outros dois – um ainda sem data de abertura anunciada e outro que vai funcionar de 25 de Julho a 23 de Agosto – estão em processo de licenciamento.

O espaço em Vale do Lobo foi embargado pela Câmara de Loulé por estar localizado numa zona de reserva agrícola, acrescentou o autarca.

Segundo a ADSA, de acordo com um parecer de um técnico de protecção civil, existem falhas de segurança na discoteca no centro de congressos de um hotel em Vilamoura, com capacidade para 1.320 pessoas, mas cuja lotação ultrapassa esse número quando funciona como discoteca sazonal.

“Esta associação denunciou estes factos à Câmara Municipal de Loulé, à ASAE e à Protecção Civil Regional e Nacional responsabilizando estas entidades pelo que possa acontecer”, lê-se no comunicado.

O presidente da Câmara de Loulé disse à Lusa perceber a actuação dos empresários de discotecas da região como uma manifestação de angústia legítima.

“São empresas da região que trabalham ao longo de todo o ano e que quando chega a época alta, em que poderiam recuperar algum prejuízo da época baixa turística, se deparam com a concorrência destes espaços temporários”, comentou.

O porta-voz da ADSA lamentou que a câmara dê os licenciamentos como inevitáveis à luz da lei, lembrando que em Outubro de 2013 a Assembleia da República aprovou uma resolução sobre a convivência das discotecas e os espaços temporários.

A resolução recomenda ao Governo a criação de regras que impeçam que licenças de espaços temporários coloquem em causa a sustentabilidade de empresas que trabalham regularmente e que se empenhe para que as regras de funcionamento sejam mais justas.

A mesma fonte da Associação de Discotecas garante que, apesar de este tipo de espaços de animação nocturna estarem muito concentrados no concelho de Loulé e no centro algarvio, existem mais situações, tanto a sotavento como a barlavento.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …

Antes da invasão ao Capitólio, Bannon ajudou a planear estratégia para "matar a presidência de Biden no berço"

O estrategista-chefe da campanha de Donald Trump, Steve Bannon, revelou que falou com o ex-Presidente antes da invasão ao Capitólio, a 06 de janeiro, discutindo as condições para "matar a presidência de [Joe] Biden no …

Costa prepara novo alívio de restrições para vigorar a partir de 1 de outubro

António Costa prepara-se para anunciar, na quinta-feira, o levantamento de um conjunto de restrições que vigoraram por causa da covid-19. O primeiro-ministro, António Costa, prepara-se para anunciar na quinta-feira o levantamento de um conjunto de restrições …

IPO Porto. Cirurgias fora do horário suspensas desde julho

As intervenções cirúrgicas feitas fora do horário normal estão suspensas no bloco central do IPO do Porto desde o dia 1 de julho. Os profissionais de saúde do IPO do Porto estão indisponíveis para realizar intervenções …