Assessor especial de Temer detido por esquema de corrupção

Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente interino do Brasil, Michel Temer

O presidente do Brasil, Michel Temer

A polícia federal brasileira prendeu o assessor especial da Presidência da República, Tadeu Filippelli, e os ex-governadores do Distrito Federal José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz, cumprindo mandados de prisão temporária.

A operação policial é baseada na delação premiada (cedência de informações comprometedoras sobre terceiros em troca de uma redução de pena) de executivos da construtora Andrade Gutierrez sobre um esquema de corrupção nas obras do estádio de futebol Mané Garrincha, em Brasília, para o Mundial de Futebol de 2014.

Além dos políticos, a operação tem como alvo agentes públicos, construtoras e pessoas que intermediaram subornos na altura da remodelação do estádio.

A PF diz que a remodelação do estádio pode ter sido sobrefaturada em cerca de 900 milhões de reais (245 milhões de euros), visto que estava orçada em 600 milhões de reais (164 milhões de euros) mas custou 1,5 mil milhões de reais (430 milhões de euros).

Na operação de hoje, de acordo com o portal de notícias G1, cerca de 80 polícias foram divididos em 16 equipas e devem ser cumpridos dez mandados de prisão temporária, três de detenção coerciva e 15 mandados de busca e apreensão.

As medidas judiciais partiram da 10ª Vara da Justiça do Distrito Federal e as ações ocorrem em Brasília, adiantou a mesma fonte.

De acordo com o portal de notícias G1, do Grupo Globo, Tadeu Filippelli também já foi vice-governador do Distrito Federal, entre 2011 e 2014, no mandato de Agnelo Queiroz.

O Mané Garrincha não recebeu financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), mas da Terracap, empresa do Governo do Distrito Federal que não tinha este tipo de operação prevista entre as suas atividades.

Agnelo Queiroz, que foi governador do DF de 2011 a 2014, já foi condenado a ficar afastado da vida política (inelegível) por oito anos em 2016, por utilizar meios públicos em campanha política.

O advogado de José Roberto Arruda (governador entre 2007 a 2010), Paulo Emílio, afirmou ao portal G1 que ainda está “a tomar conhecimento das circunstâncias”, mas que vai tentar revogar o mandado de prisão.

O G1 tentou entrar em contacto com o advogado do ex-governador Agnelo Queiroz, mas não obteve respostas. A defesa do ex-vice governador Tadeu Filippelli, afirmou que “preferia não se pronunciar por enquanto”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …