Assessor do ministro da Educação usa meios do Estado em negócios privados

Tiago Petinga / Lusa

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O assessor Lino Teixeira, que integra o gabinete do ministro da Educação, recorre ao telemóvel do Ministério para exercer a actividade profissional de gerente de uma empresa de comunicação, segundo apurou o jornal i.

De acordo com o jornal i, Lino Teixeira presta “serviços de consultoria e de assessoria de comunicação a várias entidades”, incluindo algumas que recebem fundos públicos, enquanto trabalha no Ministério da Educação.

O jornal frisa que o assessor do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, “usa o telemóvel do Ministério da Educação“, que é pago pelo Estado, “para estabelecer os contactos”.

Lino Teixeira é proprietário e gerente de uma empresa de assessoria e consultoria de comunicação no Porto, a “Há Festa no Largo”, que presta serviços a várias entidades que recebem financiamento do Estado – são os casos da Câmara de Braga, do Theatro Circo, na mesma cidade, e dos Encontros da Imagem, um festival de fotografia bracarense.

Contactado pelo i, o gabinete de Tiago Brandão Rodrigues não fala em concreto do caso, mas sublinha que “não existe qualquer razão que justifique que o técnico especialista cesse as respectivas funções”.

A mesma fonte frisa que o Ministério irá solicitar um “novo número de serviço” para que o assessor possa continuar a usar, na sua actividade profissional privada, “o número de telefone que já era o que usava há vários anos, muito antes de iniciar funções no gabinete”.

Quanto à despesa paga pelo Ministério, que incluirá as chamadas da actividade privada de Lino Teixeira, o gabinete de Tiago Brandão Rodrigues realça que este pagará “qualquer eventual facturação adicional de comunicações”.

Lino Teixeira começou por ser nomeado adjunto pelo ministro da Educação, mas esse estatuto obrigaria a que tivesse que assumir a função em regime de exclusividade.

Assim, Tiago Brandão Rodrigues acabou por indicá-lo como técnico especialista, cargo que lhe permite conciliar o trabalho no Ministério com a actividade privada, recebendo “80% do vencimento de um adjunto, o que representa 1.400 euros líquidos”, refere o i.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente, nada de anormal naquilo que é a “gestão” (leia-se roubo) do que é de todos nós.
    O que me espanta é a crescente normalidade com que as entidades responsáveis encaram estes casos, quando devia ser exactamente ao contrário.
    Será que o roubo e saque estão instituídos na função e gestão públicas???

RESPONDER

Cientistas revertem casos de Diabetes tipo 2

Num novo estudo, cientistas bloquearam a proteína VDAC1 nas células que produzem insulina e conseguiram reverter casos de Diabetes tipo 2. Os investigadores também conseguiram mostrar que é possível prevenir o surgimento da doença. O estudo, …

Brexit. May diz que acordo “ainda é possível”, mas divergência que resta é “frustrante”

A primeira-ministra britânica, Theresa May, admitiu esta segunda-feira que "ainda é possível" um acordo que permita uma saída ordeira do Reino Unido da União Europeia, mas a divergência que resta com Bruxelas é "frustrante. Numa declaração …

Abrandamento económico pode dificultar consolidação orçamental em Portugal

A agência de notação financeira Fitch reconhece a "trajetória firme de descida" da dívida pública portuguesa, mas adverte que o abrandamento da economia e as pressões sobre o investimento poderão dificultar a consolidação orçamental nos …

Cinco detidos na Turquia após morte de 22 migrantes em acidente de viação

Cinco pessoas foram esta segunda-feira detidas na província de Izmir, no sudoeste da Turquia, após um acidente de viação que matou no domingo 22 imigrantes, incluindo crianças, informou a agência turca estatal Anadolu. Entre os detidos …

Celebridade chinesa da internet detida por "desrespeitar" hino da China

A lei do Hino, aprovada no ano passado, prevê detenções até 15 dias ou prisão até três anos para quem cantar a Marcha dos Voluntários de forma "distorcida ou desrespeitosa", em público. Uma celebridade da internet …

Ex-presidente do BPP condenado a cinco anos de prisão

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi esta segunda-feira condenado a cinco anos de prisão por falsidade informática e falsificação de documentos. O fundador do banco poderá ver a pena ser suspensa …

Seis aviões comerciais avistam OVNIs no Chile

Pelo menos seis aviões comerciais — cinco deles da Latam Chile e um da Copa Airlines — comunicaram ao Comité de Estudos de Fenómenos Aéreos Anómalos (CEFAA) o avistamento de objetos voadores não identificados no …

Príncipe Harry e Meghan Markle vão ser pais

O príncipe Harry e a duquesa de Sussex, Megan Markle, estão à espera do primeiro filho. O bebé deverá nascer na primavera, anunciou esta sgeunda-feira o Palácio de Kensington, em comunicado. Megan Markle, a duquesa de …

Carros autónomos chegam hoje às estradas portuguesas

Esta segunda-feira vão começar os primeiros testes a carros autónomos nas estradas portuguesas. A A9/CREL - Circular Regional Externa de Lisboa -, em Lisboa, servirá de teste para as fabricantes. Em parceria com a Brisa e …

Portugueses querem a mesma hora durante o ano inteiro

O resultado de uma sondagem recente revela que a maioria dos portugueses prefere ter a mesma hora durante o ano inteiro, um resultado que vai ao encontro dos resultados do inquérito da Comissão Europeia. O resultado …