Assédio sexual sem precedentes no Ano Novo também em Helsínquia

A polícia finlandesa anunciou esta quinta-feira ter havido um número anormalmente elevado de casos de assédio sexual em Helsínquia na noite da passagem de ano, e revelou que foi avisada sobre planos de grupos de requerentes de asilo para abusarem sexualmente de mulheres. 

“Não tem havido este tipo de abuso em passagens de ano anteriores, ou sequer noutras ocasiões… Este é um fenómeno completamente novo em Helsínquia”, afirmou o diretor-adjunto da polícia da capital da Finlândia, Ilkka Koskimaki.

Os seguranças contratados para patrulhar a cidade na noite da passagem de ano disseram à polícia que tinha havido “abuso sexual generalizado” numa praça central onde cerca de 20 mil pessoas se concentraram para o réveillon.

Três casos de agressão sexual ocorreram alegadamente na noite de 31 de dezembro, na estação ferroviária central de Helsínquia, onde se reuniram cerca de mil refugiados iraquianos.

“A polícia recebeu informação de três casos de agressão sexual, dos quais foram apresentados duas queixas”, apontou a polícia de Helsínqua em comunicado.

“Os suspeitos eram requerentes de asilo. Os três foram detidos no local e colocados sob custódia”, disse o diretor-adjunto da polícia da capital finlandesa, explicando que as autoridades tinham aumentado o nível de alerta “para um nível excecional” na cidade, naquela noite, depois de ter sido alertada para eventuais problemas.

Na cidade alemã de Colónia registaram-se mais de uma centena de abusos sexuais de mulheres, aparentemente coordenados, na noite da passagem de ano, incluindo duas queixas por violação.

A polícia de Colónia indicou ter recebido até hoje 120 queixas criminais e citou testemunhas, segundo as quais grupos de entre 20 e 30 homens jovens “que pareciam ser de origem árabe” tinham cercado as vítimas, abusado sexualmente delas e, em vários casos, tinham-nas também roubado.

Na cidade suíça de Zurique, foram também denunciados casos de agressão sexual de mulheres na última noite de 2015, e a polícia mencionou as semelhanças com os incidentes ocorridos em Colónia e noutras cidades alemãs.

Autoridades suíças registaram casos de agressões sexuais durante a noite de passagem de ano em menor número mas com semelhanças aos casos de aconteceram na Alemanha.

Várias mulheres denunciaram ter sido vítimas de agressões sexuais durante a noite de passagem do ano em Zurique, divulgou a polícia daquela cidade suíça, mencionando as semelhanças com os incidentes ocorridos em várias cidades alemãs.

“Várias queixas por roubos e agressões sexuais foram apresentadas”, indicaram as forças policiais de Zurique, num comunicado.

Cerca de 25 furtos foram relatados durante a noite de 31 de dezembro. Os festejos da passagem do ano reuniram cerca de 120 mil pessoas junto ao lago da cidade.

Durante a investigação relacionada com os roubos, a polícia descobriu que várias vítimas também tinham sido alvo de agressões e violência sexuais. Cerca de seis mulheres relataram que tinham sido cercadas e tocadas por “vários homens de pele escura”, que estavam entre a multidão de foliões.

“É um cenário quase idêntico” ao que se passou em Colónia e em outras cidades alemãs, referiu, em declarações à agência francesa AFP, o porta-voz da polícia, Margo Cortesi.

O representante da polícia de Zurique sublinhou, no entanto, que o número de vítimas não é comparável com as dezenas de mulheres em Colónia que alegam ter sido agredidas por migrantes.

A polícia de Zurique, que abriu um inquérito sobre os incidentes, pediu a colaboração de potenciais testemunhas, bem como apelou a outras possíveis vítimas para denunciarem as agressões.

As forças policiais indicaram que a maioria das queixas foi apresentada nas últimas 24 horas.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

RESPONDER

Mais do que um robô de duas rodas. A mota Da Vinci DC100 equilibra-se sozinha

A empresa chinesa Da Vinci Dynamics revelou recentemente a DC100, uma mota elétrica com um amplo alcance, muitos recursos e a impressionante capacidade de se auto-equilibrar. O New Atlas escreve que a Da Vinci DC100 é …

Spartak 0 - 2 Benfica | Gaiola russa pequena demais para águia

O Benfica deu um passo importante, mas não decisivo, para chegar ao “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. No duelo de treinadores portugueses (Rui Vitória e Jorge Jesus), a formação “encarnada” foi …

Em Lisboa, há portas a mais de um metro do chão (e já foram motivo de picardia entre Medina e Rio)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse a Rui Rio para prosseguir com a "silly season" — época da parvoíce, em tradução livre. Em causa está uma publicação do líder do PSD sobre …

Crianças "raramente" são afetadas por sintomas prolongados da Covid-19

Apenas 4.4% das crianças que integraram o estudo manifestavam sintomas da doença quatro semanas após o diagnóstico. Investigadores encontraram uma relação entre os sintomas prolongados e a idade das crianças, já que a duração dos …

Incêndio em Loulé tem duas frentes ativas e levou 53 pessoas a sair de casa

O incêndio que deflagrou esta quarta-feira no concelho de Loulé está com duas frentes ativas em zona de mato e vegetação e já levou 53 pessoas de 30 habitações a sair de casa "por precaução", …

Desportivismo? O skate voltou a mostrar como se faz

Final da competição de parque teve mais um momento que justifica entrar nos melhores destes Jogos Olímpicos. A grande maioria dos seguidores dos Jogos Olímpicos pode estar a ver skate pela primeira vez. Nos Jogos Olímpicos …

Jovens saudáveis dos 12 aos 15 anos têm que esperar por task force para vacinação

Os adolescentes saudáveis com idades entre os 12 e os 15 anos têm de esperar pela calendarização da task force para serem vacinados contra a covid-19, não se podendo vacinar nesta fase, segundo a Direção-Geral …

Tribunal decretou insolvência da Groundforce

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa decretou esta quarta-feira a insolvência da SPdH (Groundforce), anunciou a TAP, que tinha feito um requerimento nesse sentido, no dia 10 de maio, de acordo com um comunicado. O …

"É uma questão pontual". Urgência de obstetrícia do Hospital de Setúbal encerrada por falta de médicos

A urgência de obstetrícia do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, está encerrada desde as 09h00 desta quarta-feira, situação que se irá prolongar por 24 horas, devido à falta de médicos desta especialidade, informou à …

Mulheres checas esterilizadas ilegalmente serão indemnizadas pelo Governo

Mulheres esterilizadas sem o seu consentimento receberão uma compensação por parte do governo da República Checa, medida que deverá ser aplicada após o Presidente Milos Zeman aprovar esta semana um projeto de lei. Segundo avançou esta …