Centenas protestam no Quirguistão contra assassínio de mulher sequestrada para casar

Vyacheslav Oseledko / AFP

Protesto em Bishkek, capital do Quirguistão, após o assassínio de Aïzada Kanatbekova, uma mulher sequestrada para um casamento forçado

Centenas de pessoas protestaram esta quinta-feira em Bishkek, capital do Quirguistão, após o assassínio de uma mulher sequestrada para um casamento forçado, uma tradição deste país da Ásia Central condenada pela ONU e pelos defensores dos direitos humanos.

Aïzada Kanatbekova, de 27 anos, foi encontrada morta na quarta-feira pela polícia, dois dias depois de ter sido sequestrada por três homens que a colocaram num carro e a amarraram.

O sequestro foi filmado por câmaras de vigilância e amplamente partilhado nas redes sociais.

O sequestrador da vítima, seu alegado assassino, também foi encontrado morto, segundo a polícia, que acrescentou tratar-se aparentemente de um suicídio.

Um dos outros dois sequestradores foi detido pela polícia, informou esta quinta-feira a televisão estatal.

A tradição de sequestro para casamentos forçados é muito antiga no Quirguistão e já existia antes de o país se tornar uma república soviética, na década de 1920, tendo resistido às tentativas das autoridades soviéticas de erradicá-lo e registando mesmo um novo ‘boom’ após a queda da URSS, em 1991.

É impossível ficar parado a observar a violência que as nossas mulheres, privadas de todos os direitos, têm de suportar”, disse o jornalista quirguiz Makhinur Niïazova, que divulgou, no Twitter, um apelo para a realização de um protesto perto das instalações do Ministério do Interior.

A manifestação reuniu 500 pessoas, que exibiam cartazes com inscrições como “Quem vai responder pelo assassinato de Aïzada?” ou “Acabem com os feminicídios!”.

Os manifestantes exigiram a demissão do ministro do Interior e do chefe da polícia de Bishkek, acusando as autoridades de inércia face a este sequestro.

Por seu lado, o primeiro-ministro do Quirguistão, Ulugbek Maripov, pediu aos manifestantes para “terem paciência”, prometendo que todos os responsáveis pelo assassínio serão levados à Justiça.

O Presidente do Quirguistão, Sadyr Japarov, escreveu, no Facebook, que o incidente constitui “o mais recente sequestro da história” para levar uma mulher a estar presente num casamento forçado.

Em 2018, o assassínio de uma estudante de medicina, Bouroulaï Tourdaaly Kyzy, de 20 anos, morta pelo seu sequestrador numa esquadra quando estava prestes a apresentar queixa contra o homem, já tinha provocado manifestações de milhares de pessoas no Quirguistão.

De acordo com a missão da ONU-Mulheres em Bishkek, um em cada cinco casamentos neste país pobre da Ásia Central – onde vivem 6,5 milhões de pessoas – acontece depois de um sequestro.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …

EUA "golearam" Europa mas a Europa "humilhou" o Mundo

Vitória clara dos americanos no golfe, mas vitória ainda mais "gorda" dos europeus no ténis. Quem é europeu e gosta de várias modalidades desportivas, teve muito para ver neste fim-de-semana. E terminou com emoções completamente distintas: …