Assaltantes roubam milhões em jóias no hotel Ritz de Paris

Edouard Margain / Twitter

Aparato policial junto ao Ritz.

Esta quarta-feira, cinco homens armados com machados roubaram mais de quatro milhões de euros em jóias no hotel Ritz, em Paris. Três assaltantes foram detidos no local.

Um grupo de cinco assaltantes armados com machados roubou, esta quarta-feira, um conjunto de jóias do hotel Ritz de Paris, com um valor estimado de 4,5 milhões de euros. Os assaltantes quebraram as vitrines com machados tendo o assalto sido reportado pelas 18h30 locais (17h30 em Lisboa).

“Ouvimos um grande estrondo e muito barulho na rua”, contou um funcionário do hotel Ritz à AFP. Várias pessoas esconderam-se no interior do hotel quando se aperceberam do assalto.

Segundo o Público, três indivíduos acabaram por ser detidos ainda no local. Os outros dois acabaram por fugir. Uma fonte policial disse à Reuters que a perda “é muito grande” e, apesar de “continuar a ser avaliada”, estima-se que ultrapasse os quatro milhões de euros. As autoridades francesas estão à procura dos dois fugitivos.

Gérard Collomb, ministro da Administração Interna francês elogiou a ação das autoridades, numa mensagem publicada no Twitter.

Nos últimos anos, várias joelharias de luxo em Paris foram alvo de assaltos. A norte-americana Kim Kardashian perdeu, em 2016, nove milhões de dólares em jóias durante um roubo armado ao quatro de hotel onde estava alojada, também em Paris.

O hotel Ritz de Paris é um hotel de cinco estrelas, localizado na Place Vendôme, ao lado do ministério da Justiça francês. O hotel é um dos mais históricos da capital e possui um pequeno centro comercial, onde fica a joalharia assaltada.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A longo prazo, o distanciamento social pode até ser melhor para a economia

O isolamento social durante uma pandemia, como é o caso da covid-19, que já fez mais de 48.000 vítimas mortais por tudo o mundo, pode revelar-se melhor para a economia a longo prazo, revelou uma …

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …