ASAE apreendeu o livro “As Gémeas Marotas” em Biblioteca municipal

DR

As Gémeas Marotas de Brick Duna

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu, nesta terça-feira, o livro “As Gémeas Marotas” na biblioteca municipal dos Olivais, em Lisboa. O caso foi denunciado nas redes sociais e já confirmado pela ASAE que não avança explicações quanto ao motivo da apreensão.

“As Gémeas Marotas” é um livro ilustrado controverso, dados o seu conteúdo sexual e as imagens infantis, que foi lançado em Portugal em 1970, e reeditado em 2012.

A obra é uma paródia erótica da história infantil da personagem Miffy, uma pequena coelha branca que foi criada pelo autor holandês Dick Bruna que morreu em 2017, aos 89 anos de idade.

Assinada pelo pseudónimo Brick Duna, num jogo de palavras evidente com o autor original de Miffy, a obra “não consta do catálogo de nenhuma editora nacional” e só estará disponível em Portugal, segundo apurou o Expresso. Presume-se, assim, que seja de um autor português.

A obra de conteúdo sexual e erótico faz parte do catálogo de livros das Bibliotecas de Lisboa e estava localizada na secção “Ficção Adultos”. O Expresso nota que a Biblioteca dos Olivais era a única que tinha o livro que foi apreendido pela ASAE na terça-feira, segundo a denúncia que surgiu nas redes sociais.

A apreensão foi confirmada ao Expresso pela ASAE que não avança, contudo, justificações para a medida. Há rumores de que pode ter sido motivada por uma denúncia da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) devido a questões relacionadas com os direitos de autor.

Contactada pelo Expresso, a editora responsável pela publicação dos livros da Miffy em Portugal, a ASA, assegura que não apresentou qualquer queixa, realçando que “nem tinha conhecimento da existência” do livro.

Entretanto, pelas redes sociais há várias críticas à obra por se considerar que incentiva crianças a iniciarem a vida sexual e que faz a “apologia da pedofilia”.

“As Garotas Marotas” já estiveram envolvidas numa polémica no Brasil, no âmbito da Bienal do Rio de Janeiro, depois de terem surgido rumores de que o livro estaria a ser vendido a crianças. Veio depois a descobrir-se que as imagens que tinham sido divulgadas nas redes sociais para ilustrar essa alegada venda eram de uma feira do livro em Portugal. A obra nunca terá estado à venda no Brasil.

O livro também deu que falar noutros países, nomeadamente em Itália, com as imagens divulgadas a serem da edição portuguesa do livro. Presume-se que a obra seja de autor português, só não se sabe quem ele é.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Se a ASAE apreendeu o livro por uma questão de censura, fez muito bem. Como é que as editoras conseguem publicar este tipo de coisas?
    Tem de se proteger e respeitar os direitos das crianças, e não deixá-las à mercê das mentes perversas de alguns adultos.

  2. É curioso!
    Um livro com ilustração e grafia infantil estava na secção “Ficção Adultos”. Será um livro para dar ânimo à imaginação dos adultos ou será uma história para os crescidos contarem aos pequenitos?

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …