As girafas estão a desaparecer “silenciosamente”

diana_robinson via Foter.com / CC BY-NC-ND

O número de girafas selvagens caiu 40% nas últimas três décadas e a espécie está “vulnerável” à extinção.

A União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) salienta que, em 2015, o número de exemplares daquele que é o mais alto mamífero terrestre do mundo estava abaixo dos 100 mil, especialmente devido à redução do habitat e à caça ilegal.

“Estes majestosos animais estão a sofrer uma extinção silenciosa“, diz Julian Fennessy, vice-presidente do grupo especializado em girafas do UICN, citado num comunicado.

As girafas eram classificadas até agora como um grupo menos preocupante na Lista Vermelha do organismo, que acompanha o estado de conservação da fauna e da flora e que termina com a categoria “extinto”.

As girafas estão espalhadas pelo sul e leste de África, com pequenas bolsas na África ocidental e central. Segundo o relatório, das nove subespécies quatro aumentaram, mas as quatro maiores sofreram um decréscimo acentuado e uma manteve-se estável.

Segundo o UICN, nos últimos 30 anos, a quantidade de girafas no mundo desceu de 157 mil para 97.500.

O documento culpa o aumento do número de pessoas, que levou à invasão do habitat natural da girafa e à caça furtiva.

“Como um dos animais mais emblemáticos do mundo, está na hora de colocarmos o nosso pescoço no cepo pela girafa, antes que seja tarde de mais”, diz Fennessy.

O relatório sobre a girafa faz parte de uma atualização da Lista Vermelha do UICN divulgada numa reunião em Cancun, no México, sobre diversidade biológica.

“Evento de extinção em massa”

O UICN acrescentou ao inventário das espécies globais 742 aves recém-descobertas, mas disse que 11% já estavam em risco de extinção e que 13 espécies anteriormente conhecidas também já tinham desaparecido.

A avaliação global abrange 85.604 espécies de plantas e animais, dos quais 24.307 estão ameaçadas de extinção. Segundo o responsável, há muitas espécies que estão a desaparecer antes mesmo de poderem ser descritas.

O planeta entrou num “evento de extinção em massa”, no qual as espécies estão a desaparecer mil a 10 mil vezes mais rápido do que há um ou dois séculos, segundo cientistas, que admitem que no último meio milhão de anos houve seis eventos idênticos, alguns deles levando ao desaparecimento de 95% de todas as formas de vida.

A Lista Vermelha foi criada em 1963.

/ Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, é provável que desaparecem silenciosamente, e é triste. Por outro lado, desconheço alguma espécie animal que esteja a desaparecer ruidosamente!

RESPONDER

Role play ao serviço da Ciência. Investigadores fingem ser Neandertais para estudar caça a aves

Uma equipa de investigadores espanhóis decidiu adotar a "dramatização" científica para reconstruir um novo elemento do comportamento Neandertal: a cooperação com os membros do grupo enquanto usa fogo e ferramentas para caçar gralhas no interior …

Estoril 0-1 Sporting | Figueira deu o fruto que saciou o leão

Foi preciso surgir um erro crasso do guarda-redes estorilista (até então a fazer uma belíssima exibição) para o campeão nacional poder respirar de alívio e festejar a quarta vitória na Liga, esquecendo por agora a …

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …