As girafas estão a desaparecer “silenciosamente”

diana_robinson via Foter.com / CC BY-NC-ND

O número de girafas selvagens caiu 40% nas últimas três décadas e a espécie está “vulnerável” à extinção.

A União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) salienta que, em 2015, o número de exemplares daquele que é o mais alto mamífero terrestre do mundo estava abaixo dos 100 mil, especialmente devido à redução do habitat e à caça ilegal.

“Estes majestosos animais estão a sofrer uma extinção silenciosa“, diz Julian Fennessy, vice-presidente do grupo especializado em girafas do UICN, citado num comunicado.

As girafas eram classificadas até agora como um grupo menos preocupante na Lista Vermelha do organismo, que acompanha o estado de conservação da fauna e da flora e que termina com a categoria “extinto”.

As girafas estão espalhadas pelo sul e leste de África, com pequenas bolsas na África ocidental e central. Segundo o relatório, das nove subespécies quatro aumentaram, mas as quatro maiores sofreram um decréscimo acentuado e uma manteve-se estável.

Segundo o UICN, nos últimos 30 anos, a quantidade de girafas no mundo desceu de 157 mil para 97.500.

O documento culpa o aumento do número de pessoas, que levou à invasão do habitat natural da girafa e à caça furtiva.

“Como um dos animais mais emblemáticos do mundo, está na hora de colocarmos o nosso pescoço no cepo pela girafa, antes que seja tarde de mais”, diz Fennessy.

O relatório sobre a girafa faz parte de uma atualização da Lista Vermelha do UICN divulgada numa reunião em Cancun, no México, sobre diversidade biológica.

“Evento de extinção em massa”

O UICN acrescentou ao inventário das espécies globais 742 aves recém-descobertas, mas disse que 11% já estavam em risco de extinção e que 13 espécies anteriormente conhecidas também já tinham desaparecido.

A avaliação global abrange 85.604 espécies de plantas e animais, dos quais 24.307 estão ameaçadas de extinção. Segundo o responsável, há muitas espécies que estão a desaparecer antes mesmo de poderem ser descritas.

O planeta entrou num “evento de extinção em massa”, no qual as espécies estão a desaparecer mil a 10 mil vezes mais rápido do que há um ou dois séculos, segundo cientistas, que admitem que no último meio milhão de anos houve seis eventos idênticos, alguns deles levando ao desaparecimento de 95% de todas as formas de vida.

A Lista Vermelha foi criada em 1963.

/ Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois, é provável que desaparecem silenciosamente, e é triste. Por outro lado, desconheço alguma espécie animal que esteja a desaparecer ruidosamente!

RESPONDER

Luis Enrique volta a assumir o comando da seleção espanhola

O treinador vai reassumir as funções de selecionador de futebol de Espanha, que deixou para acompanhar a doença da filha, que faleceu em agosto com um cancro ósseo. Luis Enrique, de 49 anos, regressa aos comandos …

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …

Estádio para os Jogos Olímpicos concluído antes da data prevista

O estádio Nacional Japonês, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020, está concluído, a um mês da estreia oficial, informou esta terça-feira o organismo proprietário do complexo. De acordo com o Conselho de …

Suécia deixa cair investigação de violação contra Julian Assange

O Ministério Público sueco deixou cair a investigação de um caso de violação alegadamente cometido por Julian Assange, fundador do WikiLeaks, em 2010. "O Diretor Adjunto do Ministério Público, Eva-Marie Persson, decidiu hoje [terça-feira] descontinuar a …

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …