Arqueólogos encontraram provas da história da Bíblia sobre destruição de Jerusalém

Geagea / Wikimedia

“Cerco e destruição de Jerusalém”, óleo em tela (1850) de David Roberts David Roberts (1796–1864)

Uma equipa de arqueólogos que investiga a Cidade de David, em Jerusalém, encontrou provas históricas de que uma passagem da Bíblia, sobre a destruição levada a cabo pelos Babilónios, aconteceu mesmo.

Está em causa o grande incêndio que terá sido ateado pelos Babilónios, sob o comando do rei Nabucodonosor, e que destruiu Jerusalém, por volta de 587 antes de Cristo. Os arqueólogos encontraram artefactos queimados, datados de há 2.600 anos, que confirmam a história descrita na Bíblia.

Estes vestígios, que incluem “cerâmica queimada, madeira, sementes de uva e ossos cobertos por camadas de cinzas”, além de “pontas de seta da Babilónia”, conforme refere o site Iflscience.com, foram encontradas no Parque Nacional das Muralhas de Jerusalém.

Os arqueólogos da Autoridade das Antiguidades de Israel (AAI) acreditam que são provas do relato que é feito no Livro de Jeremias que refere que os Babilónios “queimaram todas as casas de Jerusalém“.

Os objectos foram encontrados por baixo de múltiplas camadas de pedra na Cidade de David, entre dezenas de recipientes de cerâmica que foram usados para armazenar grãos e líquidos. Foram as alças estampadas e os selos de roseta destes jarros que permitiram concluir que os artefactos têm 2.600 anos.

“Estes selos são característicos do fim do período do Primeiro Templo. Foram usados pelo sistema administrativo que se desenvolveu no final da dinastia da Judeia”, explica o arqueólogo que lidera as escavações, Joe Uziel, num vídeo divulgado pela AAI.

“Mas parece que nem todos os edifícios foram destruídos num evento único. Parece que alguns foram destruídos e outros foram abandonados“, acrescenta Joe Uziel.

Os indícios encontrados apontam nesse sentido e os investigadores acreditam que nem toda a cidade foi destruída pelo grande incêndio, como sugere a Bíblia.

De qualquer modo, os arqueólogos sustentam que, além de uma história bíblica, o grande incêndio de Jerusalém foi também um acontecimento histórico real.

ZAP //

3 COMENTÁRIOS

  1. Um bem haja a todos os estudiosos que se dedicam a trabalhar para que possamos ter respostas para muitos inigmas que surgem nos relatos, quer bíblicos, quer de histórias antigas com os nossos antepassados, muito obrigado pelo vosso esforço, continuem a enriquecer a nossa história, parabéns.

  2. No video – como é óbvio tratando-se de uma abordagem científica – não há qualquer referência à bíblia!

    E porque haveria já que, para além de algures referir o que é referido também em outros escritos da antiguidade – quase nada! Enquanto escritura central de umas quantas religiões – absolutamente nada!

    Mas não deixa de ser irónico escutar um judeu a – por razões técnicas – ser forçado a usar a expressão BC!

RESPONDER

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …

Costa pediu finalmente desculpas (contrariado e só como cidadão)

"Se me quer ouvir pedir desculpas, eu peço desculpas". Eis como António Costa fez um mea culpa contrariado pelos trágicos incêndios que mataram mais de 100 pessoas, nos últimos meses, num debate parlamentar onde confessou …

Material de Tancos abre guerra entre o Ministério Público e militares

A Polícia Judiciária Militar não informou o Ministério Público nem os procuradores da Unidade Nacional de Contraterrorismo da PJ de que tinha encontrado o material de guerra roubado, em junho passado, em Tancos. Segundo o Diário …

Sócrates "usou" ministros em benefício próprio

A actual ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e os antigos ministros Mário Lino, António Mendonça e Carlos Fonseca foram "instrumentalizados" por José Sócrates para favorecerem os seus interesses e os Grupos Lena e Espírito …

Benfica alvo de buscas por suspeitas de corrupção passiva e ativa

Elementos da Polícia Judiciária (PJ) estão a fazer buscas em instalações do Benfica, no âmbito do caso dos emails, numa investigação que se centra em suspeitas de corrupção passiva e activa. Fonte oficial do Benfica confirmou …

Ex-Comandante Nacional desviou meios do grande incêndio de Mação

A fita do tempo veio confirmar as suspeitas que o presidente da câmara de Mação, Vasco Estrela, que falava num desvio de meios e equipas no primeiro incêndio que tomou conta do concelho. No início de …