Arqueólogos encontram fábrica de cerveja com 4,5 mil anos no Egito

(dr) Ancient Egypt Research Associates

Encontradas duas casas antigas perto das pirâmides de Gizé, no Egito

Um grupo de arqueólogos descobriu duas casas antigas perto das pirâmides de Gizé, no Egito. As estruturas podem ter ser sido utilizadas para a produção de alimentos e cerveja há mais de 4.500 anos.

Sábios e pioneiros em tanta coisa, os antigos egípcios eram grandes engenheiros e sabiam o que era preciso para realizar as suas impressionantes construções – sabiam, inclusive, o que era necessário para manter bem e produtivos os milhares de trabalhadores que as colocavam de pé.

Para levantar as pirâmides, os trabalhadores precisavam também, além de alimentos e mantimentos em geral, de cerveja. Na construção da pirâmide de Miquerinos – uma das três pirâmides de Gizé em homenagem ao faraó Menkaure -, havia entre as instalações da obra uma fábrica de cerveja.

Entre a estruturas, que datam de 2490 a.C a 2472 a.C, foi descoberta uma instalação que funcionava como uma espécie de sede, onde sacerdotes e altos funcionários do governo coordenavam a fabricação de pães e cerveja, na mesma época da construção da pirâmide.

A descoberta foi confirmada através das ferramentas encontradas no local. As instalações fazem parte de um grande complexo que servia como um porto, localizado ao pé do rio Nilo, por onde chegavam os mantimentos.

Na segunda casa descoberta funcionava uma sala destinada especialmente para a contenção e o abate de animais. Para alimentar os trabalhadores e manter a monumental construção em funcionamento, era fundamental a existência de um porto.

A cerveja, no entanto, era fabricada no próprio local, sendo oferecida como parte fundamental do cardápio dos trabalhadores, na sua maioria escravizados, que colocaram as pirâmides de pé.

“Porto nacional do seu tempo”

Ambas as casas encontradas estão localizadas no que Mark Lehner, diretor Associação de Pesquisa do Egito Antigo, acredita ser “basicamente o porto nacional de seu tempo“, onde mercadorias e materiais chegavam provenientes de todo o Egito e do leste do Mediterrâneo.

Segundo o investigador, estas estruturas faziam parte das chamadas “galerias“, que podem ter alojado uma força paramilitar em Gizé. Lehner disse que estes espaços podiam abrigar cerca de mil pessoas e, qualquer alimento produzido perto das duas casas, era provavelmente destinado aos moradores das galerias. Podendo, no entanto, parte dele ser também destinado aos trabalhadores.

Os arqueólogos já tinham encontrado outras residências junto a este porto, incluindo uma casa com 21 cómodos, que era utilizada por escribas que trabalhavam lá.

Associação de Pesquisa do Egito Antigo liderou e coordenou as descobertas na área. As escavações serão novamente retomadas em 2019.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a Sousa Cancelar resposta

Ex-diretora e delatora do caso Cambridge Analytica vai à Web Summit

Brittany Kaiser, ex-diretora e denunciante do caso Cambridge Analytica, vai participar nas conferências da Web Summit, que se realiza entre 4 e 7 de novembro, no Parque das Nações, em Lisboa. A estrela do documentário “Nada …

Comprar casa à distancia de um clique. Nova app já é uma das mais descarregadas

Uma nova aplicação para smartphone permite a procura, compra ou venda de imóveis de uma forma mais prática, facilitando o agendamento de visita às casas. A Century21 anunciou recentemente o lançamento de uma nova aplicação para …

Prédio de sete andares desaba no Brasil. Há um morto e várias vítimas nos destroços

Um edifício residencial de sete andares desabou, esta terça-feira de manhã, em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, provocando pelo menos um morto e vários feridos, segundo os bombeiros. Segundo fonte dos …

Já chegaram 138 mil votos dos emigrantes portugueses (mas nenhum da África do Sul)

Já chegaram 138 mil envelopes com votos dos emigrantes portugueses espalhados pelo mundo. Foram enviadas 1.464.709 cartas com um boletim de voto para 186 países nos primeiros dias de setembro. Porém, destes 138 mil boletins, nenhum …

"Portugal tem margem" para ter défice em caso de crise

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, diz que Portugal pode deixar o défice subir em caso de crise, mas avisa que é preciso cuidado para que a despesa não se torne permanente. Numa entrevista …

Rui Rio continua "em ponderação" e não anunciará qualquer decisão na quarta-feira

A Comissão Política Nacional do PSD vai reunir-se na próxima quarta-feira, mas o presidente do partido não falará ainda publicamente sobre o seu futuro político e continua “em ponderação”, disse à Lusa fonte oficial social-democrata. Segundo …

Ministério nega "situação anómala" de alunos ainda sem professores

Milhares de alunos continuam sem professores um mês depois de as aulas terem começado e o Ministério da Educação diz não ter sido informado de qualquer “situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes”. Ainda …

Gage Skidmore

John Bolton denunciou pressão sobre a Ucrânia dois meses antes de sair da Casa Branca

John Bolton, o antigo conselheiro de Segurança Nacional norte-americano que saiu do cargo em setembro em confronto com Donald Trump, fez saber aos advogados da Casa Branca, em julho, que estava em curso uma campanha …

Homem que violava e trancava mulher sem comida tinha sido absolvido do mesmo crime

Um homem de 38 anos que ficou em prisão preventiva por suspeitas de crimes de violência doméstica agravada, violação e sequestro agravado contra a companheira, já tinha sido absolvido antes pela prática do mesmo crime …

Portugal é dos países da UE que mais progrediram na igualdade de género

Portugal está a progredir para uma plena igualdade de género mais rapidamente do que a média da União Europeia, revela o Instituto Europeu para a Igualdade de Género, que coloca o país em 16.º posição, …