Arqueólogo descobre data de nascimento de Buda

Petr Ruzicka / Wikimedia

foto: Petr Ruzicka / Wikimedia

foto: Petr Ruzicka / Wikimedia

Vestígios de uma estrutura encontrados no local de nascimento de Buda, no Nepal, vão permitir datar, pela primeira vez, cientificamente a sua vida e a emergência do budismo no século VI antes de Cristo, anunciaram arqueólogos.

Escavações efetuadas no templo Maya Devi, em Lumbini, permitiram encontrar vestígios de uma estrutura em madeira, até aqui desconhecida, que data do século VI a.C., declarou o arqueólogo Robin Coningham, da universidade de Durham, no Reino Unido.

“É uma descoberta maior“, acrescentou o responsável das escavações, dirigidas em conjunto com o nepalês Kosh Prasad Acharya, durante uma conferência de imprensa telefónica, organizada pela National Geographic Society a partir de Washington.

“Temos a prova do mais antigo santuário budista do mundo, e a prova de que este santuário estava consagrado em redor de uma árvore“, afirmou o arqueólogo.

A tradição budista diz que Siddharta Gautama, posteriormente Buda, nasceu em Lumbini, quando a mãe viajava para casa dos pais. Durante o parto, ela terá agarrado os ramos de uma árvore.

Os arqueólogos perceberam, numa escavação sob um templo em tijolo, que esta estrutura escondia outra.

Furos para postes foram encontrados a delimitar um espaço “que foi sempre aberto aos elementos e nunca foi fechado por um teto”, disse Coningham.

A descoberta e análise de “raizes de árvores petrificadas mostram que este espaço era aberto porque na sua origem estava uma árvore“, acrescentou.

A mais antiga estrutura relativa ao budismo em Lumbini datava do século III a.C., indicaram investigadores.

Lumbini, inscrito na lista do Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), é um dos locais de peregrinação mais importantes do budismo, visitado por um milhão de pessoas todos os anos.

A religião budista conta perto de 500 milhões de fiéis em todo o mundo.

As escavações, cujos resultados são publicados na edição de dezembro da revista trimestral Antiquity, foram financiadas pelos governos japonês e nepalês e dirigidas pelas universidades de Durham e Stirling (Reino Unido), em parceria com a National Geographic Society.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paulo Gonçalves. Seguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo para Portugal

Paulo Gonçalves faleceu no domingo, aos 40 anos, na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar. Exigências das seguradoras quanto a despistes toxicológicos ao corpo de Paulo …

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …