/

Cientistas encontraram “armadilhas para sapos” feitas por aranhas

Biólogos encontraram em Ambodiala, na ilha de Madagáscar, aquilo que parecem ser armadilhas para sapos feitas por aranhas do género Damastes.

De acordo com o site Science Alert, as chamadas armadilhas, da responsabilidade de aranhas do género Damastes, foram feitas com duas folhas costuradas com seda nas pontas, oferecendo um lugar com sombra onde os anfíbios podiam descansar.

Num caso em particular, os cientistas observaram mesmo um anfíbio, da espécie Heterixalus andrakata, que acabou por ficar lá preso e serviu de refeição a uma das aranhas.

Apesar de terem em mente que pode ter sido apenas uma coincidência, os investigadores suspeitam, mesmo assim, que se trata de uma estratégia destinada a atrair estes pequenos anfíbios.

“Quando a temperatura aumenta, os sapos procuram sombra e cobertura longe do solo, que as aranhas fornecem através destes abrigos. E assim os anfíbios pensam estar num local aparentemente protegido de outros predadores como, por exemplo, pássaros”, escreveu a equipa no estudo publicado, em dezembro, na revista científica Ecology and Evolution.

“Especulamos que os anfíbios podem não ser apenas uma presa oportunista, indiscriminada ou acidental, mas sim uma fonte alimentar sistematicamente explorada pelas aranhas”, lê-se ainda.

  ZAP //

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.