Estudantes exigem apoio para alojamento baseado no valor das rendas das cidades

Bobo Boom / Flickr

Os estudantes queixam-se da falta de quartos a preços acessíveis e defendem que os apoios para alojamento deviam ter em conta o rendimento das famílias e o valor das rendas da cidade onde estudam.

O alojamento estudantil voltou a ser um dos assuntos analisados por estudantes de instituições de ensino superior de todo o país que este fim-de-semana estiveram reunidos em sede de Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA), contou à Lusa Marcos Teixeira, tesoureiro da Federação Académica do Porto.

“O alojamento estudantil é um problema com que nos debatemos há muito tempo e a medida apresentada pelo Governo foi uma resposta pouco pensada e insuficiente”, criticou Marcos Teixeira, referindo-se ao Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior Estudantil que disponibilizou este mês mais 600 camas e tem como objetivo duplicar a oferta na próxima década, ou seja, ter 30 mil camas a preços regulados até 2030.

O Governo anunciou também um aumento do complemento de alojamento de 130 para 174 euros, mas Marcos Teixeira diz que esta subida não é real porque o preço das rendas também aumentou.

Para os estudantes, o complemento de alojamento deveria “ter em conta o rendimento das famílias e o valor das rendas da cidade em que estão a estudar, uma vez que o preço de um quarto no Porto é muito diferente de um quarto em Viseu”, lembrou.

O financiamento das instituições de ensino superior, os diferentes valores das propinas e os apoios de ação social foram outros dos assuntos abordados pelo Movimento Associativo Nacional.

As propinas foram outro dos assuntos em cima da mesa. Marcos Teixeira explicou que é preciso acautelar o valor cobrado a estudantes que se encontrem em regime parcial, salvaguardando que este obedeça a um critério de proporcionalidade e que tenha um teto máximo 50% do valor da propina cobrada a estudantes inscritos em regime integral.

Os estudantes defendem ainda que o financiamento das instituições deve ser definido com base numa nova fórmula que parte de três pontos essenciais: as despesas base das instituições; indicadores de desempenho e qualidade e, finalmente, uma verba que contemplasse planos de médio e longo prazo.

No decorrer do Encontro Nacional, os estudantes alertaram ainda para o facto de atualmente haver uma dependência extrema nos fundos comunitários europeus, nomeadamente no que toca aos apoios para a Ação Social.

A saúde mental foi outro dos temas debatidos no encontro em que os estudantes voltaram a chamar a atenção para a necessidade da existência de Gabinetes de Apoio Psicológico e de políticas de educação das comunidades.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …